Análise

Linha do tempo: Veja o legado que o Anzuclub deixou à cena trance nacional

Anzu Trance
De Armin van Buuren a Paul Oakenfold e Markus Schulz, passando por Ferry Corsten e Above & Beyond; relembre os grandes nomes da cena trance mundial que passaram pelo Anzuclub.
Agradecimentos: Marlon Bastos Barbosa e Cristiano Henrique Prazeres
Fotos: Anzuclub / Gui Urban / Natali Hernandez / Babalu / Eder Leandro / Reprodução 

Depois de 20 anos de historia e milhões de espectadores, o Anzuclub encerrou suas atividades nesse último sábado, dia 07, em uma festa que trouxe o belga Lost Frequencies como headliner, acompanhado por uma reunião de todos os DJs que um dia já foram residentes da casa.

Se você não conheceu, certamente ouvirá muitas histórias sobre várias apresentações inesquecíveis de um dos clubes mais antigos do Brasil. Inaugurado em 2 de outubro de 1997, o Anzu foi palco de grandes eventos da música eletrônica em terras tupiniquins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
...

Tornando-se um club semanal, já trouxe aproximadamente três milhões de pessoas para dançar, cantar, alegrar e se emocionar ao som dos DJs mais renomados do mundo — além da constelação de artistas nacionais que puderam se apresentar na casa.

Com o ciclo tendo se encerrado no último fim de semana, deixamos aqui uma última homenagem, com um resgate histórico dos artistas da cena trance e progressive que marcaram presença na casa, ficando para sempre em nossas memorias.

+ Fim de um ciclo: Saiba por que o Anzuclub está fechando

2004 – Scott Project

Anzu Trance

No sábado, 17 de janeiro de 2004, o Anzuclub promoveu uma das maiores festas itinerantes europeias com um dos maiores DJs da atualidade: Gatecrasher, com o alemão Scott Project (trance/hard-trance). A balada contou ainda com os residentes Mora e Edgard Fontes.

2004 – Armin van Buuren

Anzu Trance

No dia 12 de junho daquele ano, o holandês foi até o Anzuclub para se apresentar pela primeira vez no Brasil. Naquele ano, Armin van Buuren era considerado o terceiro DJ mais popular do mundo, ficando atrás de Tiësto e Paul van Dyk.

2005 – Marco V

Anzu Trance

Já em 2005, no dia 12 de março o Anzuclub recebeu novamente a festa do selo Godskitchen, que contou com o convidado Marco V, além dos residentes Mora, Edgard Fontes e Paulinho Boghosian. Naquele ano, o holandês era considerado o 16° DJ mais popular do mundo.

2006 a 2007 – SOTs

Anzu Trance

Entre os anos de 2006 a 2007, os eventos SOT – State of Trance, do núcleo de trance brasileiro Energy BR, realizou aproximadamente dez edições no Anzuclub. Em parceria com o club, o projeto trouxe várias atrações internacionais além de lançar novos DJs nacionais em evidência no Brasil. O casting do núcleo contou com nomes como Jack, Fabio Stein, Danilo Ercole, Superti, o duo DTC (Dorph e Ted Corr), Everson K e Danny Oliveira.

2007 – Ali Wilson

Anzu Trance

Em 31 de março de 2007, uma nova edição da SOT recebeu Ali Wilson. O top DJ britânico estava em turnê pelo Brasil naquele ano para promover o pré-lançamento de seu primeiro álbum solo, de sua própria gravadora Tekelec Records. Além da atração principal, o line contou com os DJs JackFabio SteinFranky Homma, Fabio Hed e o VJ Léo.

2007 – Brian Cross

Anzu Trance

Ainda em 2007, o clube do interior paulista recebeu a festa Amnesia Ibiza World Tour, de um dos mais badalados clubs de Ibiza. Nessa primeira edição, que ocorreu vez em 7 de abril, o Anzu teve como atração principal o catalão Brian Cross, que naquele ano foi indicado em três categorias no prêmio Spanish DJ. Além de ser o residente das noites Armada, no Amnesia, Brian era a pessoa escolhida para fazer a tour mundial. O line contou ainda com os DJs Mora, Edgard Fontes e Netto.

2008 – Eddie Halliwell

Anzu Trance

Com seu estilo único, o britânico Eddie Halliwell também marcou presença em Itu. No dia 12 de janeiro, Eddie mostrou que misturando trance, techno, house e electro, a pista do Anzu iria ficar pequena. Para aqueles que estiveram nessa data fatídica, o canto do público está até hoje em suas memorias: “EDDIE! EDDIE! EDDIE!”.

2008 – deadmau5

Anzu Trance

Em 28 de junho, o Anzuclub recebia pela primeira vez no Brasil o canadense Joel Thomas Zimmerman, mais conhecido mundialmente como deadmau5. Naquele ano, Zimmerman ainda era pouco conhecido entre os brasileiros. Entretanto, não demorou muito tempo para que seu trabalho ganhasse o mundo.

2011 e 2012 – Ferry Corsten

Anzu Trance

Apresentando-se por dois anos seguidos no Brasil, Ferry Corsten trouxe para Itu as maiores e melhores sensações que o público do trance tem de lembrança. Nos dias 15 de setembro de 2011 e 24 de setembro de 2012, o holandês manteve a sua tradição de se apresentar por horas e não sair da cabine até o sol nascer — tanto que até hoje é um dos artistas mais queridos do público do Anzu.

2012 – Sander van Doorn

Anzu Trance

Em comemoração aos 15 anos do Anzuclub, no dia 13 de outubro outro DJ e produtor holandês, Sander van Doorn, foi a cereja do bolo. Com a ajuda de clássicos como “Grasshopper”, “Punk’d and Riff” e “Love is Darkness”, SVD levou o publico ao delírio. O lineup também contou com os residentes Viktor Mora e Ulisses Nunes.

2012 e 2013 – Paul van Dyk

Anzu Trance

Uma das maiores lendas da música eletrônica também marcou presença no Anzu em duas oportunidades. O alemão Paul van Dyk participou em 17 de novembro de 2012 da famosa White Party do Anzuclub. Seu live foi tão marcante que a casa o convidou novamente para a festa de aniversario de 16 anos, em 12 de outubro de 2013.

2013 – W&W

Anzu Trance

Seguindo a tradição de sempre realizar pre-parties, warmups e after-parties de festivais de Itu, o Anzuclub realizou em 15 de novembro o WarmupXXX17, evento que contou com a presença do duo holandês W&W.

Naquele ano, a dupla formada por Willem van Hanegem Jr. e Wardt van der Harst estava passando por um processo de transição do trance/progressive para o electro house, house e EDM.

Ainda assim, faixas como “Shotgun”, “Moscow”, “Ghost Town”, “Invasion”, “Alpha”, “Impact”, “Arena”, “Mustang” e “Mainstage” foram executadas para alegria do público do trance presente.

2013 e 2014 – Above & Beyond

Anzu Trance

Outros artistas que também são queridos na casa são o trio britânico Above & Beyond, que somam duas aparições inesquecíveis. No dia 7 de setembro de 2014, Paavo Siljamäki e Tony McGuinness se apresentavam pela primeira vez no Anzuclub, e em 8 de março de 2014 a casa realizou sua tão famosa edição do Carnanzu, que contou com o trio — entretanto, Jono Grant e Paavo Siljamäki foram os escolhidos para vir ao Brasil.

Esta edição reservou uma surpresa que ninguém esperava: um pedido de casamento no meio da pista de dança, e com ajuda de Above & Beyond como cumplices. Durante a execução da música “Thing Called Love”, os DJs escreveram no telão do clube uma mensagem enviada por Fabio von Zuben à sua amada Gilmara Meneses (confira como foi esse momento aqui).

2016 – Paul Oakenfold

Anzu Trance

Em 4 de junho do ano passado, o Anzuclub, em parceria com o projeto Trance In Brazil, teve o prazer de receber pela primeira vez uma das maiores lendas da história do trance mundial: Paul Oakenfold. Além da lenda britânica, o brasileiro Wrechiski completou o lineup da edição temática Just Back.

2017 – Markus Schulz

Anzu Trance

Celebrando quatro anos de existência, o projeto Trance in Brazil se emparceirou mais uma vez ao Anzu para trazer outro grande nome da cena global — o alemão Markus Schulz.

No dia 16 de setembro, naquela que foi a penúltima abertura de portas da casa, o trance dominou o Main Stage mais famoso do Brasil, já que o lineup contou também com dois grandes nomes do cenário nacional: Danilo Ercole e Wrechiski. Além do palco principal, Markus ainda se apresentou no Afterhours, que levou o público a dançar até as 8h da manhã, fechando com chave de ouro a última atração de trance da história dos 20 anos da casa.

* Fernando Matt é colaborador eventual da Phouse.

LEIA TAMBÉM:

Última festa do Anzuclub reúne todos os residentes históricos da casa

Uma viagem por 17 faixas: como Ferry Corsten faz ficção a partir do trance

Markus Schulz tem estúdio pilhado durante passagem do furacão Irma

Assista a 20 minutos dos highlights de “The Best of Armin Only”

Assista na íntegra à 250ª edição da Group Therapy, do Above & Beyond

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed