Lina Bôto conta um pouco sobre sua carreira e expectativas para o Vooar

Olá, pra quem ainda não me conhece eu sou o Fabio Nunes, hoje estarei entrevistando uma pessoa que curto muito o trabalho  e que vem crescendo muito na cena de Aracaju e rompendo fronteiras a Dj Lina Bôto. Vamos começar pelo início!Fabio Nunes – O interesse pela e-music, como surgiu?
Lina Bôto – Tenho alguns amigos DJ e ai foi por osmose mesmo curtindo a vibe, sempre tive uma ligação muito forte com a musica, porém como DJ mesmo foi em meados de 2009 que me joguei. Depois dai fui adquirindo o feeling das pistas e até hoje estou ai na evolução.Fabio Nunes – A sensação de tocar pela primeira vez para o público tem como descrever?

Lina Bôto – 
Foi uma sensação indescritível é algo pessoal, aquele friozinho na barriga.Fabio Nunes – Qual o ingrediente que não pode faltar na construção do seu set ?

Lina Bôto –  
Muito Groove. (risos)

Fabio Nunes – O que você costuma escutar e pesquisar para realizar os  futuros trabalhos?

LEIA TAMBÉM:  PHILIPS ANUNCIA MESA DE DJ PARA TABLETS E SMARTPHONES

Lina Bôto – Sons pesados com batidas retas e muito groove e o underground.

Fabio Nunes –  Como você analisa a cena e-music em Aracaju?
Aracaju tem uma cena que cresce aos pouco, mas a gente chega lá!

Fabio Nunes – Este ano você  vai  se apresentar mais uma vez em um dos grandes eventos de e-music de Aracaju o Vooar, e ai qual a expectativa?

Lina Bôto –  
Já acompanhava o evento a muito tempo do lado oposto, curtindo com os amigos e prestigiando os colegas de profissão, mas tocar no evento é algo inexplicável a ansiedade é animal. Agradar o publico é sempre o meu foco, ver a vibe das pessoas se divertindo é muito gratificante, quem faz o que ama, entende muito bem o que estou querendo dizer.
Então gostaria de agradecer de coração essa entrevista, e diz pra a galera que se prepara, vai rolar muito groove e underground Lina Bôto tá na área. Abraço Lina!

Por: Fabio Nunes

Deixe um comentário

-->