Notícia

Este clube alemão decidiu banir CDJs e decks de vinil

Liquid Sky Berlin

Na riquíssima cena clubber de Berlim, o Liquid Sky não é dos clubes mais famosos e desejados por turistas. Trata-se na verdade de uma galeria de arte audiovisual que também funciona como um pequeno clube experimental, que ganhou notoriedade nessa última semana por uma decisão um tanto quanto polêmica: banir o uso de CDJs e vinil para seus DJs.

Em comunicado feito no próprio blog, eles explicam que a casa “não representa a cultura DJ tradicional, o que significa que você não vai encontrar toca-discos ou CDJs”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
...

Ainda segundo o post, a medida não tem nada a ver com desrespeitar DJs, mas de se colocar em uma posição fora do convencional, estimulando formatos alternativos de DJ e live sets, como o uso de fitas-cassete, controles de videogame, iPads, sintetizadores modulares, computadores, rádios de ondas curtas, entre outras bugigangas vintage ou vanguardistas.

De fato, atualmente existem inúmeras maneiras de se controlar o áudio fazendo o uso de tecnologias novas ou antigas, e é esse tipo de exploração experimental que o Liquid Sky quer promover.

LEIA TAMBÉM:

Artistas criam perfume baseado no Berghain

Nova controladora MIDI do futuro? Conheça o OTO

Novo app permite controlar o Ableton Live em realidade virtual

Nova fábrica de discos de vinil abre em São Paulo

Lúdico, subversivo e impactante: conheça o universo de Carlos Capslock

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed