Spotify ultrapassa Youtube e já é o maior serviço de streaming do mundo

Já era mais do esperado. O sucesso meteórico do Spotify apontava para um futuro brilhante para a plataforma de streaming. Um design simples e extremamente funcional, com um conceito que mistura atributos de um serviço de música com uma rede social, criaram um serviço de ótima qualidade e que caiu no gosto do público em geral. Todas essas qualidades tornavam o êxito do Spotify bastante previsível. E agora temos a confirmação disso.

Os serviços de streaming on-demand superaram as plataformas de vídeo pela primeira vez na história. E isso é significativo. Parece que a simplicidade e extrema praticidade do Spotify venceram a batalha contra o lado visual do Youtube e seus semelhantes. Isso significa a consolidação de uma nova era de serviços também no mundo da música. Altamente customizável e simples: essa é a receita do sucesso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
...

É claro que o Spotify também tem seus problemas. Apesar de apresentar uma diversidade musical bastante considerável, o Spotify só trabalha com lançamentos de gravadoras. Nós do mundo da música eletrônica sabemos a abissal quantidade de música boa que se perde nessa divisão. A única sobrevida do Soundcloud até o momento é a “possibilidade” de postar sets, mixes, faixas gratuitas e remixes não-oficiais. Embora a plataforma intensifique cada vez seu combate a este tipo de conteúdo, ele é o único que ainda lhe mantém em pé a espera do golpe final, porque ainda não está no Spotify.

É provável que uma hora ou outra o Spotify e seus similares, como o Apple Music, se adaptem para receber este tipo de conteúdo. O Youtube está indo muito bem com outros tipos de conteúdo além da música, então provavelmente vai passar bem por este choque. O prejuízo vai ficar para o amigo/inimigo #1 dos DJs e produtores: o laranjinha Soundcloud.

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed