Connect with us

Notícia

Em busca de inovação, WeTransfer financiará demitidos do Soundcloud

Phouse Staff

Publicado há

O WeTransfer lançou a possibilidade de financiar projetos criativos para os funcionários que recentemente foram demitidos do Soundcloud. A iniciativa da empresa vai fornecer $10 mil àqueles que tiverem seus projetos aprovados.

A ideia surgiu na Tech Open Air Conference, em Berlim, quando o presidente do WeTransfer, Damian Bradfield, palestrousobre “Roubo de dados, desconfiança, e a síndrome de estocolmo digital”. Durante o evento, Damian assistiu a uma entrevista com Alex Ljung, CEO do Soundcloud, e inevitavelmente o tema do corte de funcionários e diminuição da empresa veio à tona. Enquanto ouvia os fatos e as explicações de Ljung, ele comentou com um jornalista ao seu lado sobre como seria interessante oferecer a cada um desses funcionários dispensados 10 mil dólares para que eles, em vez de dependerem de um novo emprego, criassem algo novo para a indústria da música. Duas semanas depois, a ideia esteva em pauta nas reuniões do WeTransfer, até se tornar realidade.

+ WeTransfer entra na batalha dos serviços de “streaming” de música

Para ter direito à quantia, basta aos ex-funcionários do Soundcloud, comprovando que foram dispensados no corte realizado em julho, apresentarem um projeto, através de uma inscrição por e-mail. As inscrições serão avaliadas e podem ser enviadas individualmente ou em grupo, e para cada projeto aprovado será fornecida a quantia. É necessária também a comprovação de que todo dinheiro será usado para o projeto em questão.

Com isso, o WeTransfer visa impulsionar ideias que talvez não saíssem do papel caso seus idealizadores estivessem com o tempo consumido por outro trabalho, e assim alcançar algum tipo de inovação, tão necessário no mercado digital da música.

+ Herói? Aparentemente, Chance The Rapper acaba de salvar o Soundcloud

Você pode conferir mais detalhes da notícia na FACT; ou conferir um texto postado no Medium pelo presidente do WeTransfer. Como um dos “frontmen” da empresa, Bradfield já participou e liderou projetos voltados para impulsionar a arte, novos artistas e expressões inovadoras, tendo trabalhado com artistas como FKA Twigs e Kamasi Washington. Artes gráficas são constantemente trocadas como plano de fundo da página do WeTransfer enquanto você seleciona o que e pra quem vai transferir, fazendo da empresa não só um serviço digital, mas um amplificador cultural.

Deixe um comentário

Notícia

KVSH e Flow remixam clássico do Jota Quest

Phouse Staff

Publicado há

Jota Quest
“Dias Melhores” ganha seu primeiro remix oficial em quase 20 anos

O produtor mineiro KVSH e o duo goiano Flow acabam de somar esforços no lançamento de um remix especial para “Dias Melhores” — clássico do Jota Quest.

A faixa original foi lançada em 2000 e também já teve uma versão acústica feita pela banda mineira, porém agora a vibe é eletrônica, em um deep house com bastante melodia e graves. Este é o primeiro remix oficial da canção.

Rogério Flausino, vocalista da banda homenageada, comemorou a releitura em um comunicado à imprensa: “Estamos felizes e satisfeitos com o resultado deste remix e por termos sido procurados por estes garotos. Acho de suma relevância e importância que este tipo de resgate esteja sendo feito, pois o rock nacional, com toda sua diversidade, foi o responsável por mudanças fundamentais na construção do intelecto de várias gerações. Ver a molecada nas pistas cantando um de nossos refrões, quase 20 anos depois, vai ser muito bacana”.

Esta versão também mostra o potencial do Flow, que, formado em 2017 pelos DJs Fabrício Assunção e Flávio Castro, deve ganhar mais notoriedade através dessa parceria com o já aclamado KVSH.

A produção segue a esteira de lançamentos recentes que — seja através de remixes ou de releituras — têm criado roupagens eletrônicas para clássicos da música brasileira, como “Pelados em Santos” (Alok), “Bete Balanço” (Vintage Culture) e “Não Quero Dinheiro” (Make U Sweat e Jetlag).

LEIA TAMBÉM:

Make U Sweat e Jetlag relançam um dos maiores clássicos da música brasileira

Joe Kinni, João Mar e 7AM relançam um dos maiores clássicos de Jorge Ben

Famoso edit de clássico de Chico Buarque ganha lançamento oficial

Confira o remix de Rakka e Make U Sweat para o hit “Tá Pra Nascer Que Não Gosta”

20 artistas do mainstream nacional para ficar de olho em 2018

Deixe um comentário

Continue Lendo

Notícia

SoFly lança seu primeiro single em português

Phouse Staff

Publicado há

SoFly
“Se a Gente Pode Sonhar” chega pela Sony Music Brasil

Depois de lançar com o VINNE o hit “So Bad” — que ganhou também versão acústica —, o duo SoFly começa 2018 com “Se a Gente Pode Sonhar”.

Publicado hoje (23) pela Sony Music Brasil, o novo single mostra mais um pouco da versatilidade sonora da dupla, misturando uma pegada pop com um drop cheio de graves. Aqui se juntam as guitarras de Américo Simões e a voz de Lenon Scarpa para compor uma faixa que promete agitar as pistas pelo Brasil.

+ Faixa de SoFly e VINNE ganha versão acústica com videoclipe

Neste quarto lançamento dos caras — o primeiro em português —, a letra fala sobre como você escreve sua própria história e como seus sonhos são construídos somente por você, independentemente do que o mundo te disser.

Escute:

Deixe um comentário

Continue Lendo

Phouse Tracks

RaFelps – This Way (Original Mix)

Phouse Staff

Publicado há

RaFelps

Hoje lançamos pela Phouse Tracks a música “This Way”, do DJ e produtor RaFelps. Trata-se de um trap com toques de dubstep e future bass, que, segundo o artista, tem como referência a energia forte e impactante dos grandes festivais de EDM.

“This Way” está agora disponível para free download no Artist Union, no nosso SoundCloud e no Spotify.

Rafael Pereira Pires é o nome por trás do projeto. Nascido na cidade de Santo Antônio de Pádua, interior do Rio de Janeiro, Rafael é estudante e cursa hoje o Ensino Médio. Sua vida sempre foi cercada de música; começou pela bateria e posteriormente passou por violão, teclado e guitarra, até se encontrar na música eletrônica. Em 2013, produziu seu primeiro som, e desde então tem se dedicado a cada dia para concretizar esse projeto.

Siga e ouça também a nossa playlist de bass, trap e dubstep, criada pelo E-Cologyk:

Deixe um comentário

Continue Lendo

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse