Notícia

Em busca de inovação, WeTransfer financiará demitidos do Soundcloud

O WeTransfer lançou a possibilidade de financiar projetos criativos para os funcionários que recentemente foram demitidos do Soundcloud. A iniciativa da empresa vai fornecer $10 mil àqueles que tiverem seus projetos aprovados.

A ideia surgiu na Tech Open Air Conference, em Berlim, quando o presidente do WeTransfer, Damian Bradfield, palestrousobre “Roubo de dados, desconfiança, e a síndrome de estocolmo digital”. Durante o evento, Damian assistiu a uma entrevista com Alex Ljung, CEO do Soundcloud, e inevitavelmente o tema do corte de funcionários e diminuição da empresa veio à tona. Enquanto ouvia os fatos e as explicações de Ljung, ele comentou com um jornalista ao seu lado sobre como seria interessante oferecer a cada um desses funcionários dispensados 10 mil dólares para que eles, em vez de dependerem de um novo emprego, criassem algo novo para a indústria da música. Duas semanas depois, a ideia esteva em pauta nas reuniões do WeTransfer, até se tornar realidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
...

+ WeTransfer entra na batalha dos serviços de “streaming” de música

Para ter direito à quantia, basta aos ex-funcionários do Soundcloud, comprovando que foram dispensados no corte realizado em julho, apresentarem um projeto, através de uma inscrição por e-mail. As inscrições serão avaliadas e podem ser enviadas individualmente ou em grupo, e para cada projeto aprovado será fornecida a quantia. É necessária também a comprovação de que todo dinheiro será usado para o projeto em questão.

Com isso, o WeTransfer visa impulsionar ideias que talvez não saíssem do papel caso seus idealizadores estivessem com o tempo consumido por outro trabalho, e assim alcançar algum tipo de inovação, tão necessário no mercado digital da música.

+ Herói? Aparentemente, Chance The Rapper acaba de salvar o Soundcloud

Você pode conferir mais detalhes da notícia na FACT; ou conferir um texto postado no Medium pelo presidente do WeTransfer. Como um dos “frontmen” da empresa, Bradfield já participou e liderou projetos voltados para impulsionar a arte, novos artistas e expressões inovadoras, tendo trabalhado com artistas como FKA Twigs e Kamasi Washington. Artes gráficas são constantemente trocadas como plano de fundo da página do WeTransfer enquanto você seleciona o que e pra quem vai transferir, fazendo da empresa não só um serviço digital, mas um amplificador cultural.

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed