House music

Leo Janeiro recomenda: 10 artistas de house music para conhecer

Confira as dicas de um dos DJs mais prestigiados do cenário house/techno nacional

A convite da Phouse, o DJ, produtor e houseiro de carteirinha Leo Janeiro — que acaba de ser anunciado como residente trimestral da Freak Chic, do D-EDGE, e também vai marcar presença no West Summit neste sábado — selecionou dez artistas de house music que têm feito a sua cabeça recentemente.

Confira as dicas do mestre:

Folamour

DJ e produtor francês de Lyon, na França, é um dos grandes achados dos últimos anos. Umami é o seu primeiro álbum e foi lançado em 2017 pela Classic Music Company.

Jayson Wynters

 

Ele é um dos destaques da terra da Rainha em 2017. Fiquei muito impressionado com a sonoridade de algumas produções e a forma com que ele flerta com house e techno. Um dos seus grandes lançamentos saiu pela Phoenix G, da lenda Mr. G — que geralmente só lança coisas próprias.

Black Loops

  

Um dos produtores mais bacanas do momento, Riccardo Paffetti aka Black Loops se tornou um dos novos nomes da house music. Com influências de funk, soul e disco, Riccardo conseguiu criar uma identidade bastante própria.

Sebb Junior

 

Sebb Junior é um produtor de house music francês e fundador da label La Vie d’Artiste Music. Sebb vem lançando suas músicas em selos lendários como Salted, Large Music e a Madhouse Records do Kerri Chandler. Produtor de mão cheia!

Carista

 

Uma DJ (que não é produtora) daquelas dona do seu próprio radioshow na Red Light Radio, em Amsterdã. Com sets versáteis e que mostram muito da sua essência, Carista tem se destacado muito por onde passa, inclusive no último Dekmantel Festival da Holanda.

Marquis Hawkes

 

Produtor britânico baseado em Berlim. Sua marca registrada é o ecletismo nas produções. Seu último álbum, The Marquis of Hawkes, pela Houndstooth, é uma amostra fiel do seu trabalho com influências de Chicago, Detroit e Nova Iorque. Como ele mesmo diz, “listen to my music, that’s all I need to know”.

Jad & The

 

Nascido na Australia e também baseado em Berlim, este exímio produtor ficou conhecido por sua sensibilidade musical que diferencia suas produções. Começou usando o nome artístico Jad & The Ladeboy e agora mudou para Jad & The. Possui na Toy Tonics alguns dos seus melhores lançamentos.

Demuir

 

O seu som e estilo me fazem lembrar a boa house music de Chicago. Vindo de Toronto, Demuir tem conquistado espaço com suas produções e DJ sets. Ele já possui parcerias com Cassy, Derrick Carter e DJ Sneak — apenas.

Jovonn

 

Pioneiro DJ e produtor de Nova Iorque, com lançamentos em labels como WestEnd Records, Dogmatik, Clone Royal Oak e Clone Classic Cuts. Jovonn é um amante da house music, mas podemos encontrar alguns trabalhos seus flertando com R&B e hip-hop. Ele também trabalha com trilhas sonoras de filmes.

Terrence Parker

  

Nascido em Detroit, Terrence Parker é um lendário produtor de house e techno, e tem entre suas peculiaridades usar um aparelho de telefone como fone de ouvido em suas apresentações. “Love’s Got Me High” com certeza é uma das melhores produções de todos os tempos, e mostra um ecletismo fora da caixa desse excelente produtor.

 Bônus: Leo Pol

 

O francês Leo Pol (residente do Concrete, em Paris) é um dos meus destaques por conta de seus último trabalhos. Além disso, Pol tem um jeito único de unir grooves: sintetizadores clássicos, baterias eletrônicas e sequenciadores ritmados que fazem a alegria de um bom houseiro.

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre house music

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre o Leo Janeiro

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS