Destaques do techno

10 destaques do techno em 2018

O DJ catarinense tarter elenca os principais nomes do ano no cenário

O ano do catarinense tarter foi especial. Além da estreia de seu live act no D-EDGE Festival em abril e da parceria com a PlayDifferently, que trouxe o MODEL1 ao Brasil, ele também debutou em clubs e festas importantes do cenário underground, como Chakra, Trip to Deep e Muinho Farroupilha.

Fora das pistas, desenvolveu um programa de ensino baseado no seu formato de apresentação híbrido — uma mistura de live e DJ set — e manteve a consistência de trabalho junto a Urban Soul, gravadora comandada ao lado do paulista Kleber. Brindando um fim de ano especial, pedimos que o artista selecionasse para a Phouse os seus dez principais destaques de 2018 na cena techno nacional e internacional.

Confira a seleção, com os comentários de tarter:

ANNA

https://www.youtube.com/watch?v=_yQX7B02Bsc

Com certeza a principal destaque é ela, a DJ e produtora que vem cravando com cada vez mais força a bandeira do Brasil no cenário house/techno internacional. Consolidou seu som no mundo todo, ganhando respeito e credibilidade.

Ariel Merisio

Além de ser um grande amigo, com certeza foi um dos destaques de 2018, tanto como produtor, DJ, fomentador da cultura eletrônica com workshops e conferências, e também pelo grande trabalho como residente no Amazon Club.

Mau Maioli

Esse menino do RS fez muito e chegou longe neste ano. Além de ser uma pessoa ímpar, com muita inteligência e carisma, ele se tornou um grande profissional que logo, logo iremos exportar!

Stéfano TT

Seu som acelerado e com forte influência do acid techno tem quebrado barreiras na cena eletrônica nacional. O trabalho à frente da agência e os warmups para os maiores nomes desse cenário fizeram dele um dos destaques do DJing na cena paulistana essa temporada.

Mladen Tomic

Produtor bósnio que lança pela SCI+TEC (selo do Dubfire). Teve um grande destaque neste ano com um EP forte pela label. Um grande artista que merece vir para o Brasil em breve.

Charlotte de Witte

Após um 2017 de conquistas, Charlotte foi ainda mais longe em 2018, se tornando headliner nos principais festivais de techno do mundo e mostrando maturidade tanto no estúdio, quanto nas pistas.

Regal

O jovem espanhol Regal rodou o mundo com sua abordagem acid e ousada frente ao techno. Não por menos, ele foi um dos headliners da segunda edição da D.Side em São Paulo.

Dax J

Seu som geralmente acima de 140 BPM conquistou as pistas por onde passou. Cada vez mais fica nítido a volta do high BPM no techno global, assim como no Brasil. Que assim seja em 2019.

Richie Hawtin

Pode até ser clichê essa citação, mas seu novo live, CLOSE, foi um dos mais fodas que saíram em 2018. Hawtin é uma lenda viva em transformação.

China

China Joenes
China Joenes recebendo um dos prêmios de “Heads of the Industry” no BRMC. Foto: Flashbang/Divulgação

Essa homenagem é para um dos principais pilares da cena brasileira que nos deixou no último dia 19. China Joenes, do D-EDGE, estava há quase 20 anos lutando por uma cena mais justa e por artistas de verdade. Seus ensinamentos me ajudaram muito, então fica aqui minha homenagem ao grande amigo.

LEIA TAMBÉM:

Depois de trazer mixer de Richie Hawtin ao Brasil, tarter lança hybrid set

Morttagua e ANNA emplacam duas faixas cada nos destaques de fim de ano do Beatport

Richie Hawtin aponta DJ brasileira como destaque de 2018

Phouse Tracks: Ariel Merisio, ZAC – Summertime EP

Morre China Joenes, supervisor do D-EDGE

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS