Connect with us
Green Valley Dez. Full
Banner Sundance Leaderborder

Notícia

Tiësto, Hardwell, Digweed e outros falam sobre o marcante ano de 2003

Phouse Staff

Publicado em

15/02/2018 - 12:47
20 Years of Ultra 2
Assista ao segundo episódio de “20 Years of Ultra”

Dando continuidade nas comemorações de 20 anos de Ultra Music Festival, saiu o segundo episódio da série 20 Years of Ultra, que retrata toda trajetória do evento e sua influência no cenário eletrônico global, com imagens inéditas de edições históricas.

+ Comemorando seu 20º ano, Ultra lança série especial

Neste episódio, figurões como Tiësto, Josh Wink, Ferry Corsten, Hardwell, AfrojackNic Fanciulli e John Digweed continuam a contar a história do festival, desta vez relembrando o ano de 2003. Aquele ano foi fundamental para a marca, pois reuniu no Bayfront Park um número enorme de pessoas que gostavam tanto de música eletrônica e estavam tão conectadas àquela movimentação que não tinha mais como negar a importância do que vinha acontecendo.

Havia um ranço enorme na época — como no Brasil também houve, e por vezes ainda há — de que a dance music, por ser feita no computador, não seria “música de verdade”, além daquela velho estigma de que “DJ não é músico”. Naquela edição do festival, apresentações de artistas como Rabbit In The Moon e Junkie XL fizeram a ponte entre o formato conhecido de uma banda e os sons digitais, reforçando ainda mais a importância do Ultra.

+ Tiësto afirma que a música eletrônica está muito pop e prega volta às raízes

Tiësto relembra que 2003 foi um grande ano para ele, com diversos hits que emplacaram pelo mundo, e também recorda que era tudo muito mais simples, sem tour managers e afins: apenas o DJ com os seus discos e um sem fim de pessoas na sua frente. John Digweed aponta para o fato de que ninguém estava com seu celular na mão filmando tudo a todo tempo, o que fazia as pessoas estarem ali puramente pela música, mais conectadas com o som.

Confira a segunda parte de 20 Years of Ultra:

RECEBA NOVIDADES NO E-MAIL
[fbcomments]

Notícia

Sevenn lança single pela Armada Music

“Lollypop” acrescenta mais um selo gigante na discografia dos irmãos americanos

Phouse Staff

Publicado há

Sevenn Lollypop
Foto: Divulgação

Depois de assinar por selos importantes, como Universal Music, Spinnin’ Records e a Musical Freedom, de Tiësto, o duo Sevenn adicionou mais uma label gigante à sua discografia: a holandesa Armada Music, de Armin van Buuren.

O som dos irmãos, entretanto, segue a mesma identidade já conhecida dentro da bass house, sem nenhuma influência do trance, como o vínculo à Armada poderia sugerir. “Lollypop” traz graves salientes, batidas marcantes e um vocal sexy, e está desde ontem (06) disponível em todas as plataformas.

  

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre o Sevenn

Continue Lendo

Notícia

Com Samantha Machado, Liu lança seu primeiro videoclipe

O vídeo de “Nave Espacial” mistura fantasia, realidade e animação

Phouse Staff

Publicado há

Nave Espacial
Foto: Divulgação

Liu lançou nessa sexta-feira (06) “Nave Espacial”, faixa que já era bastante aguardada pelos fãs, já que vinha presente no seu set há algum tempinho. A canção é resultado da parceria com a cantora paulistana Samantha Machado (que tem se notabilizado em canções com projetos de trance, como Chapeleiro e Mandragora), responsável pela composição da letra.

Pra deixar o lançamento ainda mais especial, a música saiu com videoclipe — o primeiro na carreira do Liu, que já saiu atuando em diversas cenas diferentes. Dirigido por Murilo Ribeiro, da Pixel2 Filmes, o clipe foi gravado na região do Parque Estadual de Vila Velha, em Curitiba, e mistura fantasia, realidade (em cenas dos shows do DJ) e animação (criada pela agência Raspa Língua).

 

“A experiência de gravar meu primeiro videoclipe foi surreal. Eu participei de todos os processos e acho que consegui colocar minha identidade ao lado de excelentes profissionais. Espero que vocês curtam, compartilhem e embarcam nessa nave junto comigo!”, declarou Liu, através de sua assessoria de imprensa.

“A letra tomou conta quando decidi escrever um romance entre uma princesa da Terra e um príncipe celeste, ou seja, um amor separado entre dois mundos”, complementa Samantha. “A canção levou um ano até ficar pronta, e eu contei com as ideias do meu marido Sandrão RZO, que também é músico e um aficionado pela galáxia e seus mistérios.”

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre o Liu

Continue Lendo

Brand Channel

Escute os três novos sons da Alphabeat

Anna de Ferran com BWAXX, Juliana Barbosa com Rozzen e parceria entre Joe Kinni, Dot Larissa e Igor Vianna

Alphabeat Records

Publicado há

Alphabeat
Anna de Ferran. Foto: Divulgação

Sextou já sabe, né? Mais um dia de lançamentos pela Alphabeat. Bóra conferir os novos singles:

Começamos com “So Glad”, collab entre a cantora, compositora e DJ Anna de Ferran em parceria com o trio BWAXX. Os artistas se juntaram para trazer aqui um synth pop com toque de house, em que a melodia é o carro-chefe.

Anna é conhecida como a filha mais velha do ex-corredor e campeão de Indy Gil de Ferran, que hoje é diretor esportivo da McLaren. Já o BWAXX é o novo projeto dos produtores paulistanos Gabriel Mielnik, Gaspar Pini e Hid Miguel.

 

A cantora e compositora paranaense Juliana Barbosa se juntou ao duo Rozzen — formado pelos também paranaenses Lucas Stiw e Renan Chesk — para nos trazer “Reality”, single com forte pegada pop e drop grovvado, que diz respeito à busca pelo verdadeiro eu.

  

Por fim, Joe Kinni somou forças com a DJ Dot Larissa e o jovem cantor Igor Vianna em “Sereia”, uma track tropical com timbres orgânicos, versos rápidos e melodias leves, que fazem o corpo sentir como se os pés estivessem na areia.

  

+ CLIQUE AQUI para conferir mais conteúdo da Alphabeat Records

Continue Lendo

Publicidade

Sundance (300×250)
Brazillian Bass 300×250
Green Valley – 300×250

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse