Connect with us
Green Valley Dez. Full
Go Festivals – Tomorrowland Winter Full
GV – ELROW
Banner Sundance Leaderborder

A terceira parte do filme “Caracal” traz mais dúvidas do que respostas

Flávio Lerner

Publicado em

16/09/2015 - 11:44

O clipe de Jaded, que corresponde à terceira e penúltima parte do curta-metragem que promove o novo álbum do Disclosure, é confuso pra caramba.

Quando escrevi na sexta-feira que provavelmente teríamos, antes do dia 25, um novo single do Disclosure com um vídeo representando a terceira parte do filme Caracal, não imaginei que seria tão rápido.

Lançado ontem, Jaded é uma surpresa não só por ser um single sem a presença de um cantor de soul convidado — Howard Lawrence, metade do duo, é quem faz as vezes vocais e manda bem pra caramba —, mas também porque seu vídeo, penúltima parte da série de clipes que montam o curta-metragem de Ryan Hope, traz muito mais dúvidas do que respostas sobre a trama que vem sendo construída.

Em um primeiro momento, pode parecer que essa terceira parte de Caracal é como a segunda, em que não acontece quase nada, mas é justamente o contrário: acontece muita coisa ao mesmo tempo, e com diversos takes não lineares e flashes dos outros filmes, a confusão se instaura.

A protagonista medium Mariela, que na primeira parte se tatuou com uma tinta especial por ser considerada o elo para a paz, foi capturada pela polícia e levada a uma sala para uma espécie de interrogatório com os poderosos. A partir do momento em que um deles começa a tentar hipnotiza-la — para exatamente o quê? —, surgem hologramas de diversas outras pessoas substituindo-a na cadeira; entre elas, os irmãos Lawrence, com Howard cantando, o que dificulta muito a nossa compreensão sobre o que faz parte da história e o que é apenas uma figura de linguagem do videoclipe.

Os flashes vão se tornando mais intensos — tente pausar frame por frame e você verá diversas cenas e detalhes que só aparecem por frações de segundo — e então Mariela, com outras roupas, e seu hipnotizador se veem em um terraço de um prédio. O que diabos aconteceu? A garota que os levou até ali com seus poderes psíquicos? Ou eles não estão ali na realidade? A hipnose funcionou? Os hologramas que surgem são invocações espíritas de Mariela? E quem é o fantasma que corre atrás dos outros poderosos ao final?

São muitas perguntas que não temos como responder, quando muito, supor. Também não consigo imaginar como diabos eles vão solucionar tudo isso e encerrar essa história que se torna cada vez mais complexa restando apenas um último vídeo — mas é bom que consigam!

RECEBA NOVIDADES NO E-MAIL
[fbcomments]

Notícia

Confira os remixes de Scorsi e VINNE e Kohen para hit de Zeeba

Artistas imprimiram suas próprias identidades sem descartar a essência tropical de “Young Again”

Phouse Staff

Publicado há

Young Again
VINNE, Zeeba e Scorsi. Foto: Michelle Cadari/Divulgação

Lançada no fim de setembro, “Young Again”, do Zeeba, ganhou agora um EP de remixes. O pacote traz dois sons, com as visões estéticas de Scorsi e VINNE e Kohen em cima do hit. 

Em sua collab, VINNE e Kohen entregaram um remix que puxa a canção para um lado mais pista, com bassline marcada no drop, mas sem descartar a pegada tropical da original. A faixa de Scorsi mantém a mesma energia colorida, mas sem deixar de imprimir sua identidade future bass, com um drop melódico ainda mais explosivo. 

 

“Os dois são artistas que eu admiro muito. Eu já tinha trabalhado com o Scorsi nos remixes de ‘Hear Me Now’ e ‘Ocean’, então foi uma escolha baseada na nossa parceria de longa data, que sempre deu muito certo. O VINNE é outro artista que eu conheço há tempos, tem várias músicas que eu gosto, inclusive o remix de ‘O Sol’, do Vitor Kley“, revela Zeeba, em contato com a Phouse.

“Os dois têm interpretações bem diferentes. O Scorsi com uma pegada mais de future bass e o VINNE mais de brazilian bass, e acho que essas características foram essenciais para a originalidade do pack de remixes. São linguagens distintas, que trouxeram um toque a mais para ‘Young Again’, sem perder a minha essência na música”, concluiu o cantor e compositor.

Relembre o vídeo de “Young Again”, que já conta com mais de dois milhões de visualizações em menos de um mês.

  

LEIA TAMBÉM:

Alok e Scorsi lançam remix “fora da caixa” para “Ocean”

Apadrinhado por Alok, Scorsi é o 1º brasileiro a lançar EP pela Spinnin’

Remix de VINNE e Double Z para “O Sol” é lançado por selo de Rick Bonadio

Ouça “Still Alive”, faixa de Liu com Kohen e Dan K

Sucesso de DIMMI com Zeeba ganha videoclipe

Continue Lendo

Notícia

Alex Justino abre miniturnê internacional neste sábado

Cabeça da Nin92wo, o DJ é mais um brasileiro em processo de consolidação no exterior

Manoel Cirilo

Publicado há

Turnê Alex Justino
Foto: Divulgação

O DJ e produtor Alex Justino está prestes a começar mais uma série de apresentações em solo internacional. Depois da tour que fez pela China na metade deste ano, o goiano começa hoje, 20, a nova etapa ao desbravar a cena indiana, com uma gig no clube Utopia em Bangalore; amanhã, segue para a cidade de Hyderabad, onde se apresenta no Le’ Vantage.

Na semana seguinte, faz sua estreia em um dos maiores polos da música eletrônica, a Alemanha, embalando a noite da sexta-feira, 26, no renomado Sisyphos, em Berlim.

 

Alex vive um importante momento de sua vida profissional, e as novas datas no exterior confirmam a solidez atingida com sua carreira. A conquista de uma presença internacional representa apenas uma das esferas de sua atuação na indústria eletrônica, que também conta com uma ótima performance nos estúdios e à frente da gravadora Nin92wo, label cada vez mais forte no cenário techno nacional.

Justino faz parte do casting da D.AGENCY, uma das maiores agências de artistas do mercado eletrônico no Brasil, e segue uma identidade sonora marcante, que compartilha com o público tanto no formato de discotecagem quanto com o seu live set. Cada conquista do artista é resultado do seu esforço e do trabalho consistente que mantém em anos de atuação nas pistas. Certamente, a nova tour abrirá portas para um presença cada vez maior de Alex Justino no circuito internacional.

Manoel Cirilo é colaborador da Phouse.

LEIA TAMBÉM:

“Música enlatada não é nosso foco”; confira papo com Alex Justino

Ouça “Arquétipo II”, a nova coletânea do selo de techno etéreo Nin92wo

Novo lançamento da label Nin92wo traz duas faixas absolutamente poderosas para a pista

Continue Lendo

Notícia

Ultra Europe abre venda de ingressos para 2019

Sete dias de muita festa em cinco locais diferentes na Croácia

Phouse Staff

Publicado há

Ultra Europe 2019
Foto: Divulgação

O Ultra acaba de anunciar a venda de ingressos para sua edição europeia no ano que vem. O Ultra Europe 2019 vai rolar entre os dias 12 e 14 de julho, como parte da Destination Ultra, que além do festival, traz outras festas nos dias 11, 16 e 17 de julho, em cinco locais diferentes na Croácia.

A miniturnê europeia inclui uma abertura (dia 11) no clube Hemingway, em Split, comandada pela RESISTANCE, três dias de festival no Poljud Stadium (dias 12, 13 e 14, também em Split), um Ultra Beach no Hotel Amfora, na Ilha de Hvar (dia 16), e mais duas festas assinadas pela RESISTANCE: uma after party no Carpe Diem Beach Club (também em Hvar, no dia 16) e uma festa de encerramento no Forte George, na Ilha de Vis, no dia 17.

Há ingressos nas mais diferentes modalidades, partindo de 139 euros. O chamado “Destination Ultra Ticket”, que dá acesso a todos os eventos, sai por 349 euros. Mais detalhes podem ser conferidos no site oficial.

Para os brasileiros que estão pensando em embarcar nessa viagem, é possível adquirir o pacote pela GoFestivals.

    Imagem: Divulgação

LEIA TAMBÉM:

Aftermovie do Ultra traz imagens inéditas do Swedish House Mafia

Assista à homenagem de Axwell e Ingrosso a Avicii no Ultra Europe

No Ultra Europe, Alesso toca mashup de “Heroes” com música feita em tributo para Avicii

Continue Lendo

Publicidade

Sundance (300×250)
Go Festivals – Tomorrowland 300×250
Green Valley – 300×250

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse

Sundance Pop Up