fbpx
Heads Will Roll

A-Trak revela os bastidores do icônico remix para “Heads Will Roll”

Dez anos após o lançamento, o DJ conta que precisou insistir para que a produção vingasse

No último domingo, um dos remixes mais icônicos dos últimos tempos completou dez anos. A batida marcante da versão de A-Trak para a faixa “Heads Will Roll”, da banda de indie rock Yeah Yeah Yeahs, é até hoje um dos grandes hinos das pistas de todo o mundo. Para celebrar essa data, o autor da obra resolveu compartilhar em seu Twitter os detalhes dos bastidores da produção.

Em um vídeo de um minuto, o canadense mostrou como fez o remix e destrinchou os principais elementos da produção. Apesar de simples, a track levou mais de seis meses para ser produzida, como conta o próprio A-Trak. Ainda assim, ela correu sério risco de não ter sido lançada, pois a gravadora Interscope não demonstrou grande interesse. Confira abaixo a história contada no post do DJ, traduzida em sequência pela Phouse:

 

Quando o Yeah Yeah Yeahs lançou o álbum It’s Blitz, o hype em torno deles era enorme. Eu sempre achei a banda maneira, mas esse foi o primeiro álbum deles que eu realmente comecei a me interessar. Ele saiu algumas semanas antes do Coachella, então eu fui assisti-los no festival. Eles tinham aquele globo ocular incrível em cima do palco. Eu já havia dito para o meu manager que queria remixa-los, e quando assisti à performance, mandei um email para fecharmos a música “Heads Will Roll”, segunda faixa do disco.

Geralmente costuma-se seguir o caminho inverso, a banda costuma convidar o remixer, mas eu tinha ouvido e precisava daquelas stems. Trabalhei naquilo continuamente. Fiz uma tour no fim da primavera trabalhando nela enquanto estava no ônibus. Fui para a Europa no verão trabalhando nela, e me recordo de tocar uma versão para o DJ Mehdi, o SebastiAn e Busy P enquanto estava de férias em Biarritz. Voltei para casa e continuei ajustando.

Quando finalmente entreguei já era outubro, e a Interscope praticamente riu da nossa cara. Eles disseram: “já estamos no próximo single. E além disso, nós já temos um remix do Tommy Sunshine para a ‘Heads Will Roll’”. Então eu decidi resolver a questão sozinho. Àquela altura, eu estava fazendo uma turnê na Austrália com um grupo de DJs. Dei o remix para Erol Alkan, Busy P, Aeroplane… todos eles começaram a tocá-lo. Virou algo. Continuou a se espalhar até a label voltar atrás e querer fazer o lançamento.

Um ano depois, Nima Nourizadeh me mandou um email. Ele era conhecido como diretor (fez um videoclipe para o Chromeo!) e estava trabalhando no seu primeiro longa-metragem. Ele queria licenciar alguns dos meus sons e acabou colocando o remix de “Heads Will Roll” na cena do clímax de Project X, que saiu em 2011 e catapultou a música para ainda mais longe, dois anos depois do lançamento original. Ainda hoje, continuo ouvindo DJs tocando-o.

Relembre o EP do remix na íntegra:

CONFIRA TAMBÉM:

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS