AFEM

AFEM lança serviço de apoio a vítimas de abuso sexual na indústria da música eletrônica

A iniciativa da Association For Electronic Music visa ajudar a estabelecer um ambiente mais seguro para os profissionais da cena eletrônica no mundo todo

Depois dos recentes desdobramentos das acusações de abuso sexual contra Harvey Weinstein, uma série de denúncias apareceu, e essa nova onda vem aumentando a percepção dos próprios membros da indústria musical sobre um problema constante: o abuso sexual.

Pensando nisso a Association For Electronic Music (AFEM), que reúne diversos agentes da indústria, está lançando uma linha de suporte confidencial para vítimas de abuso sexual em parceria com a Health Assured, empresa inglesa que focada em inovações na área de saúde. A linha é gratuita e está aberta para todas as pessoas que trabalham na indústria musical e sofreram abuso nesse meio.

A iniciativa parte da ideia de que é necessária uma mudança positiva para garantir abertura quando se fala no assunto, inclusão para as vítimas acolhidas e diversidade. Será lançado um código de conduta no início de 2018 para que os membros da AFEM atinjam um padrão de comportamento alto dentro de suas organizações, iniciando então esse movimento em direção a um meio de trabalho mais seguro, principalmente para mulheres.

+ Denúncias de abuso sexual no meio artístico unem mulheres do mundo todo

Sobre a iniciativa, o CEO da associação, Mark Mawrence, declarou via assessoria de imprensa: “Desde sua formação, a AFEM tem premiado a igualdade e a inclusão como bases vitais de nossa indústria, e condenamos inequivocamente o abuso ou a perseguição sexual de qualquer tipo. Como vítima, denunciar um abuso ou perseguição requer uma imensa coragem e iremos dar suporte a todos que precisam de ajuda e orientação”.

+ Projeto europeu vai trabalhar com clubes para combater a violência sexual

Um dos membros do conselho da AFEM é Cláudio da Rocha Miranda Filho, fundador do Brazil Music Conference (antigo RMC), que será o responsável por representar o código de conduta por aqui.

O número para quem está na Inglaterra é 0800 030 5182, e para o resto do mundo é +44 800 030 5182.

LEIA TAMBÉM:

Fundador do BRMC fala sobre mudança para SP e os 10 anos da conferência

Festivais no Reino Unido fazem campanha contra assédio sexual

Estudo revela que músicos são bastante propensos a ansiedade e depressão

Suécia vai ter festival só para mulheres em 2018

Monique Dardenne: abrindo portas pras mulheres na música, sem mimimi

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS