AfroFuture

Festival de Detroit polemiza ao cobrar ingressos mais caros para brancos

Após muitas críticas, o AfroFuture Fest unificou os valores

Um pequeno festival americano chamado AfroFuture Fest recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais após comercializar ingressos com valores diferentes para pessoas brancas e negras ou pardas. Para o primeiro grupo, os ingressos antecipados custavam 20 dólares, enquanto “pessoas de cor” — chamados por eles de “POC” (people of color) — pagariam apenas dez dólares.

Na própria sessão de FAQ do site do evento, havia uma explicação para a diferenciação dos preços acima:

“Por que temos ingressos “POC” (pessoas de cor) e “NONPOC” (pessoas brancas)? Que bom que você perguntou! Igualdade significa tratar todos da mesma maneira. Equidade é garantir que todos tenham o que precisam para ter sucesso. Nossa estrutura de ingressos foi construída para assegurar que as comunidades mais marginalizadas (pessoas de cor) recebam uma chance justa de desfrutar de eventos em sua própria comunidade”, justificou o festival. 

Após saber do ocorrido, Tiny Jag, rapper que iria se apresentar no evento, pediu para cancelarem sua presença e ser removida dos materiais promocionais. A artista, que se considera biracial (e afirmou que sua avó é branca), disse à CNN que ficou desconfortável porque “a prática faz com que um grupo de pessoas sinta que não é bem-vindo ao evento, e como se estivesse pagando uma dívida para outra comunidade”.

Tiny Jag cancelou sua participação no AfroFuture. Foto: Reprodução

A própria Eventbrite, plataforma de venda dos ingressos, também ameaçou retirar seus serviços do festival se os preços não fossem alterados. “Não permitimos eventos que exigem que os participantes paguem preços diferentes com base em suas características protegidas, como raça ou etnia”, disse em um comunicado.

Ao New York Times, Tiffany Ellis, advogada de direitos civis de Detroit, disse que a estrutura de preços era discriminatória e poderia ter resultado em ações judiciais. Após o ocorrido e todas as reclamações, o festival unificou o valor para 20 dólares, sugerindo ainda que pessoas brancas façam uma doação.

Organizado pelo coletivo Afrofutre Youth, o Afrofuture Fest vai rolar no dia 03 de agosto, em Detroit.

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer ganhar 23 mil reais para montar o estúdio dos seus sonhos?

Se você é DJ e produtor musical não perca essa oportunidade.
Inscreva-se gratuitamente no Burn Residency 2019.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS