Against the Time
Disco foi lançado pela Prisma Techno

* Por Manoel Cirilo

A gravadora Prisma Techno, baseada na cidade de Vitória, no Espírito Santo, surge como uma proposta para descentralizar a indústria eletrônica nacional do eixo São Paulo, Curitiba, litoral catarinense e mostrar que o Brasil tem muito a contribuir com talentos em toda sua extensão territorial. Ativo desde 2014, o selo tem seguido um forte reposicionamento desde o último ano para figurar entre os principais expoentes do techno no mercado brasileiro.

A gravadora mescla seu trabalho entre lançamentos de medalhões do mercado nacional, como Sonic Future e Touchtalk, e uma curadoria pontual para evidenciar novos talentos regionais com forte potencial de crescimento. Esse modelo de negócio tem funcionado muito bem para o aumento da autoridade da Prisma Techno no cenário atual e tem permitido que ela entregue trabalhos cada vez mais robustos.

Entre os principais lançamentos do ano, podemos destacar o recente trabalho com o duo israelense Blead&Beard, protagonistas do documentário Raving Iran, além das parcerias com Toxism e Somoz.  O último material divulgado pelo selo foi o EP Metaphor, do projeto Against The Time, criado pelo DJ Marcio Gomes.

+ Against the Time lança novo EP pela Nin92wo

ATT representa todo o refinamento do trabalho de Marcio, conquistado após muita experimentação e influências acumuladas ao longo de sua caminhada, que recebe destaque entre a nova geração de artistas do mercado nacional. Metaphor é composto pelas faixas originais “Metaphor”, “Perpetua” e “Dissonant”, e recebe um remix de Never Lost para a faixa-título, além de um rework de Satom para “Perpetua”.

A faixa título abre o EP em um arpejo simples e melódico, alinhado a uma linha de bateria cheia de groove, que, sem dúvida, criará momentos inesquecíveis na pista de dança. O remix de Never Lost chega mais reto e obscuro, conservando as linhas de groove que dão o tom da faixa. “Perpetua” traz um som melódico, introspectivo e vai tomando forma gradualmente, cheia de groove e com uma linha poderosa de frequências baixas. A faixa domina a pista de dança e leva o ouvinte a uma viagem emocional.

Salatom coloca a mesma pegada de Never Lost em seu rework de Perpetua e entrega uma faixa densa, com frequência mais acelerada e joga o ouvinte em uma espiral dançante, sem perder o tom melódico. “Dissonant” é definitivamente uma música épica para o final da noite. Sua melodia itinerante leva a acreditar que tudo está chegando ao fim, mas, às vezes, o fim pode ser um novo começo. Ouça na íntegra:

* Manoel Cirilo é colaborador da Phouse.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Cat Dealers fecham contrato com agência de Nina Kraviz e Steve Aoki

Mais uma importante conquista para o duo brasileiro

Indústria clubber de Berlim rende €1,5 bilhão por ano, diz estudo

O chamado “Club Culture Berlin 2019” analisou dados do último ano na capital alemã

Valesuchi detona Dekmantel por não incluir artistas latino-americanos; festival responde

DJ enxerga relação de caráter exploratório entre festival e artistas da América Latina

Os 4 singles que antecedem o novo álbum de ILLUSIONIZE

“X” está previsto para o começo de fevereiro

Filme do Netflix sobre o Fyre Festival está disponível no Brasil

Com subtítulo digno de “Sessão da Tarde”

Creamfields revela primeira fase do lineup

Festival rola em agosto, na Inglaterra

Sollares: Carnaval de Salvador terá FISHER e Chemical Surf no trio

Saiba mais sobre o 1º bloco de Carnaval da label nordestina

SELVA e Rakka unem forças em “O Cais”

Escute o mais novo lançamento da Alphabeat Records

Gabe solta nota de esclarecimento em suas redes sociais

Equipe de advogados trabalha para inocentar o artista e seu produtor

5 sintetizadores que revolucionaram a música eletrônica

Uma breve história de cinco dos mais famosos synths que ajudaram a definir o gênero