Connect with us
Banner Sundance Leaderborder

Conhecimento

Para ficar de olho: Alex Stein segue descobrindo e conquistando o mundo do techno

Phouse Staff

Publicado em

03/05/2018 - 20:19
Foto: Divulgação
Com uma carreira consistente na última década, Alex Stein começa a virar referência fora do Brasil 

Nos últimos anos, o cenário do techno no Brasil se fortaleceu devido a diversos fatores, entre eles um maior interesse do público em produtores e selos internacionais que estavam desempenhando um bom trabalho já há algum tempo. Nesse circuito, sempre tivemos artistas brasileiros trabalhando em alto nível. Gui Boratto, Wehbba e Renato Cohen estão aí para comprovar isso. A grande visibilidade desses produtores certamente incentivou o trabalho de nomes de uma nova geração, que atualmente passam por um momento de intensa consolidação a nível internacional. Victor Ruiz, ANNA e outros talentos mais recentes refletem o brilho dessa leva de artistas.

Um destes talentos é o DJ e produtor Alex Stein. Inserido na cena eletrônica há mais de uma década, o paulistano carrega em seu som traços da cultura de pista conectada a dois países distintos: Alemanha e Brasil. Com uma infância marcada pela conexão entre essas partes, Alex despertou o interesse pela produção musical, se formou em engenharia de áudio e hoje continua em busca de um aprofundamento técnico no assunto. Após uma intensa ramificação de sua caminhada no cenário nacional, ele decidiu guiar uma mudança por completo em seu estilo sonoro em busca de novos horizontes.

Desde 2017, Stein tem desafiado seus limites com lançamentos e gigs frequentes fora do país. Suara, Senso Sounds e Hydrozoa são os selos que assinaram os mais recentes trabalhos do brasileiro. Os últimos, segundo ele mesmo, representam por completo o direcionamento sonoro que ele está buscando para o seu som — algo difícil de ser encontrado, e uma conquista que representa bastante para todo artista.

Com gigs mais frequentes em diversos países, entre eles Alemanha, Turquia, Líbano, Austrália, França, Suécia e Argentina, Alex tem inserido pouco a pouco seu nome na rota dos principais artistas de techno do mundo. Talvez ainda seja cedo para dizer aonde essa brincadeira pode chegar, mas seus avanços comprovam que potencial não falta para que a carreira de Stein renda relações frutíferas entre o Brasil e o mundo.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre techno

RECEBA NOVIDADES NO E-MAIL

Deixe um comentário

Notícia

deadmau5 lança 2º volume da coletânea “mau5ville” e novo vídeo bizarro

Compilação da mau5trap ganha novo volume com nove faixas inéditas

Phouse Staff

Publicado há

mau5ville 2
Foto: Reprodução

O deadmau5 anda numa espécie de “rehab” pra tratar da sua saúde mental, o que o tem mantido distante das redes sociais, mas não de suas gigs e, pelo visto, nem de seus lançamentos. Quatro meses depois de trazer o primeiro volume (ou “Level 1”) de sua nova coletânea, mau5ville, o ratão apresentou nesta sexta-feira, 16, a continuação da parada, com o “Level 2”.

Além da compilação, que traz mais uma vez collabs inéditas, remixes e faixas solo dele e de alguns nomes do roster da mau5trap, o artista também já aproveitou pra soltar o vídeo da primeira faixa, “Drama Free”, com a cantora e compositora Lights. O vídeo é uma espécie de continuação da loucurada em computação gráfica que vimos em “Monophobia”, faixa com o Rob Swire que, por sinal, abria justamente a mau5ville: Level 1

 
 

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o deadmau5

Continue Lendo

Brand Channel

Deep, acid e tech house folclórico; confira os 3 novos sons da Alphabeat

Kiko Franco e Woak com gringos, collab entre namorados e Dudu Linhares e ChampZ são a bola da vez na gravadora

Alphabeat Records

Publicado há

Alphabeat
O casal Camila Yoshida e Lipe Forbes no estúdio. Foto: Divulgação

Mais uma sexta-feira, mais uma vez que a Alphabeat vem com três lançamentos de uma vez — e os três bem diferentes entre si.

“Swim” é o resultado da parceria de Kiko Franco e WOAK com o inglês Sylvain Armand e a voz do australiano Nick Kingswell (Austrália), que deu origem a esse deep house harmônico e irado, com elementos e personalidade de cada artista envolvido.

 

Subimos o BPM com “Dance the Dance”, uma collab entre Lipe Forbes e sua namorada, Camila Yoshida. Trata-se de uma música romântica, mas agitada e enérgica, com pitadas de acid e electro house, grooves disco e vocais do casal modulados com vocoder, à lá Daft Punk.

 

Por fim, “La Grega” é mais um trabalho autoral de Dudu Linhares em parceria com ChampZ — olha ele aqui de novo! —, depois de um bom tempo de desenvolvimento em estúdio. A música mescla batidas de tech house com melodia e samples de música folclórica do leste europeu, além de alguns timbres de house music clássica.

  

+ CLIQUE AQUI para conferir mais conteúdo da Alphabeat Records

Continue Lendo

Phouse Tracks

RAAF – Infinity (Original Mix)

Phouse Staff

Publicado há

RAFF

O lançamento de hoje da Phouse Tracks é “Infinity”, uma bass house pegada do DJ e produtor RAAF.

A música está agora disponível para free download no Artist Union, no nosso SoundCloud e no Spotify.

RAAF é mais um projeto de Rafael Pereira Pires, o RaFelps, jovem carioca de apenas 17 anos responsável por alguns dos principais lançamentos da Phouse Tracks. O garoto — que, por sinal, lançou conosco na semana passada — possui esse outro projeto paralelo, voltado a frequências mais graves.

Como RAAF, tinha lançado apenas bootlegs para faixas como “Tem Café”, do Gaab com o MC Hariel, e “Make It Bun Dem”, do Skrillex.

Siga e ouça também a playlist com todos os nossos lançamentos:

+ CLIQUE AQUI para conferir mais lançamentos da Phouse Tracks

Continue Lendo

Publicidade

Brazillian Bass 300×250
Sundance (300×250)
Injeção Eletrônica 300×250

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse

Translate »
Injeção Pop Up