Marcelo Oriano

Produtor brasileiro lança remix por importante selo alemão

Em "Reflections", o catarinense Marcelo Oriano teve a oportunidade de remixar Allan Feytor

O DJ e produtor Allan Feytor trabalha inserido na cena eletrônica da Europa desde 2010, dividido entre a Inglaterra e sua atual base profissional, a Alemanha. Apesar de quase uma década de carreira construída no mercado europeu, o som que transborda as pistas a partir das mãos do artista é de origem puramente brasileira, e a carreira dele começou muito tempo antes — lá em 2001, enquanto ainda residia em seu país natal.

Durante os anos em que trabalhou no Brasil, Allan chegou a ser considerado referência em produção musical e fez importantes conexões com o mercado internacional desde o início, chegando a dividir as picapes com importantes DJs, como James Monro, Richy Ahmed e muitos outros — isso sem falar de suas constantes tours para diferentes países ao redor do globo. Ao observar esse cenário, sua mudança para o velho continente se revela quase que natural.

Apesar da dificuldade que muitos artistas enfrentam para se estabelecer em meio a cena eletrônica da Europa, Allan Feytor conseguiu mostrar seu talento e conquistar seu espaço. Agora, ele usa o reconhecimento adquirido no exterior para abrir o caminho a outros talentosos brasileiros com potencial para brilhar além das fronteiras. A mais nova aposta de Allan é o catarinense Marcelo Oriano, que remixou uma das faixas de seu novo EP.

 

Oriano é ligado ao mundo da música desde jovem, mas sua entrada oficial para a indústria eletrônica veio somente após a formação em Psicologia, área na qual chegou a atuar antes de se entregar à vocação para os estúdios. Após a residência em Amsterdã no ano de 2015 para estudar engenharia de áudio e produção de música eletrônica, ele segue uma promissora carreira no Brasil.

O remix de Marcelo Oriano para Allan Feytor faz parte do EP Reflections, lançado pela Chromium Music (ouça acima). A label de Berlim é fruto do trabalho de Allan e, apesar de ter sido criada em 2017, possui um conceito musical bastante maduro, e recebe o suporte de grandes nomes da cena techno — Richie Hawtin, Joseph Capriati e Ilario Alicante são alguns exemplos. 

Além da faixa original e da produção de Marcelo, o EP traz ainda um remix do também alemão Christian Schwarz.

* Manoel Cirilo é colaborador da Phouse. 

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS