Responsável pelos palcos mais icônicos do Universo Paralello, sul-africana confirma presença na 20ª edição

Saiba mais sobre Carin Dickson, conceituada artista à frente do projeto Artescape

A arte de Artescape no Universo Paralello. Foto: Coletiva.a.mente/Divulgação

* Edição e revisão: Flávio Lerner

O paraíso no qual o Universo Paralello está inserido, ao sul da Bahia, requer uma decoração além do óbvio, mas sem deixar de lado o protagonismo da praia de Pratigi, na bela Costa do Dendê. As seis pistas, nestas duas décadas de festival, carregam consigo uma história, uma identidade e têm um significado importante na memória daqueles que estiveram presentes. 

Na celebração dos 20 anos não será diferente. A organização do Universo Paralello confirmou novamente nesta semana a participação da artista sul-africana Carin Dickson, nome à frente do projeto Artescape, responsável pela produção criativa dos palcos mais icônicos das últimas edições do evento, incluindo o memorável índio do UP Club e a cobra em formato do infinito no mainfloor (ambos da edição passada), além da medusa e a estrela do mar do mainfloor da 13ª edição. 

Artescape
Foto: Coletiva.a.mente/Divulgação

Para este ano, a artista será a responsável por elaborar e executar os projetos de palco e tenda para duas pistas, ainda mantidas em total segredo. Porém uma coisa é certa: vindo de Carin, podemos esperar duas estruturas que ficarão novamente nas lembranças de todos nós.

Para quem não a conhece, Carin Dickson, junto a sua equipe, começou pintando cenários psicodélicos — especialmente conhecidos por suas telas gigantes de oito metros —, e agora expandiu sua criação para ambientes 3D totalmente imersivos, que combinam suas habilidades de pintura com tecidos elásticos, elementos esculturais e iluminação.

Artescape
Foto: Coletiva.a.mente/Divulgação

Carin usa sua capacidade artística — e multidimensional — para criar espaços com profundidade perceptiva, que fazem o público se sentir como se estivesse dentro da pintura, ao invés de simplesmente observá-la. A artista também introduziu um sistema inteligente de iluminação LED em suas intervenções, que combinado com a arte, cria efeitos de cores variáveis e padrões pulsantes dentro e ao redor da pista de dança. 

Artescape é um nome forte e bastante respeitado em diversos festivais ao redor do mundo, sendo responsável pela decoração de alguns dos eventos mais emblemáticos do planeta, incluindo Boom em Portugal, Ozora na Hungria, Sonica em Montenegro, Psy Festival na Holanda, Life Festival na Irlanda e Sunshine no Japão, para citar alguns.

Veja mais fotos do projeto:

CONFIRA TAMBÉM:

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.