Assédio sexual

Pesquisa: 70% das mulheres britânicas temem sofrer assédio em festivais

Universidade investigou a percepção de segurança nos festivais do Reino Unido

O cenário internacional com relação ao assédio sexual não parece ser muito diferente do nosso quando o assunto envolve festivais de música. Um novo estudo da Universidade de Durham, na Inglaterra, sobre segurança dentro dos eventos, apontou que cerca de 70% das mulheres que frequentam festivais no Reino Unido têm medo de sofrer algum tipo de violência ou assédio sexual.

A pesquisa entrevistou 258 pessoas, sendo dois terços do sexo feminino. A investigação descobriu que 70% delas se preocupam com violência sexual, enquanto 69% têm medo do assédio. A amostra levantou ainda que 30% das mulheres afirmaram já ter sofrido algum tipo de assédio, com 10% alegando ter ocorrido dentro de um festival de música na região.

+ Estudo revela índice alarmante de assédio sexual em festivais no Reino Unido

Quanto ao público masculino, apenas 5% afirmaram já ter sofrido assédio sexual, e 1% citou agressão sexual. Ainda assim, 53% dos homens alegam também temer assédio, e 56% revelam ter medo de agressão sexual.

O estudo vem para investigar se as pessoas se sentem seguras em festivais britânicos, e o levantamento considera também preocupações com outras atividades criminosas, como roubo e violência física. Nesse caso, 64% das pessoas disseram se preocupar com roubo, enquanto 53% temem por violência física.

+ Festivais no Reino Unido fazem campanha contra assédio sexual

Já havíamos citado aqui na Phouse a pesquisa da instituição YouGov, que descobriu que um em cada cinco frequentadores do festival sofre assédio ou agressão sexual. Diante do cenário, várias iniciativas já surgiram para combater o problema no Reino Unido.

Neste ano a Festival Republic, da Live Nation, fez uma parceria com a Safe Gigs for Women para promover um ambiente de trabalho seguro para mulheres que trabalham nos festivais. Outras ações também foram promovidas nos festivais Kendal Calling e Latitude, que ofereceram centros de ajuda em casos de agressão sexual dentro dos eventos.

LEIA TAMBÉM:

Projeto europeu vai trabalhar com clubes para combater a violência sexual

AFEM lança serviço de apoio a vítimas de abuso sexual na indústria da música eletrônica

Denúncias de abuso sexual no meio artístico unem mulheres do mundo todo

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS