Um dos paraísos do arquipélago de Tinharé, município de Cairu – Baixo Sul da Bahia, a Ilha de Boipeba foi escolhida como a mais bonita do Brasil e a segunda da América do Sul. A seleção feita pelos internautas do Traveller´s Choice 2013, do Trip Advisor, site especializado em turismo e um dos mais acessados no mundo, no segmento.

O prefeito de Cairu Fernando Brito, comemorou a indicação e reforçou o convite a quem não conhece Boipeba.  “É um lugar imperdível”, destacou Brito. “Estamos trabalhando para melhorar, ainda mais a infraestrutura local, sem perder, no entanto, suas características originais”, afirmou. Para ele, a ilha é uma das promessas para quem pretende fazer turismo no Brasil, durante o período dos jogos da Copa de 2014.
Boipeba de deixou para trás outros destinos brasileiros de reconhecimento internacional como Fernando de Noronha, em Pernambuco, Ilha Grande, no Rio de Janeiro, as ilhas Santa Cruz e Isabela, do arquipélago de Galápagos, no Equador, e mesmo a vizinha Ilha de Tinharé, conhecida por abrigar o Morro de São Paulo.
Para Bruno Wendling, secretário de Turismo de Cairu, “Boipeba se destaca por ser um local simples, mas com boa infraestrutura para atender bem a seus visitantes”, afirma. Segundo ele, o local se destaca pelas belezas naturais e hospitalidade do seu povo. “Quem vai a Boipeba se surpreende e sempre retorna”, conclui. Já o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, lembra que o local recebeu recentemente, investimentos do governo estadual nas áreas de qualificação profissional e sinalização turística.
Beleza entre o Rio e o Mar
Localizada a 356 quilômetros de Salvador, uma das marcas de Boipeba é a tranquilidade e o contato com a natureza. O turista que visitar a ilha conta com uma programação variada, com passeios às piscinas naturais formadas por recifes de corais, passeio de canoa dentro do mangue, trilhas ecológicas em uma faixa da Mata Atlântica, praias quase desertas, além da possibilidade de banho no rio ou no mar.
A pequena vila de pescadores conta com pousadas de charme, de pequeno, médio e grande porte. A culinária local é outra grande atração. Na vila o visitante pode se deliciar com pratos feitos à base de frutos do mar, e a famosa “pimenta arriba saia”.
Para ver a indicação de Boipeba, acesse o link:  www.tripadvisor.com.br/TravelersChoice-Islands que também tem a relação completa das 10 ilhas mais bonitas do continente.
Como chegar 
Para chegar em Boipeba não é muito fácil, mas as dificuldades de acesso deixam o destino ainda mais charmoso. Do aeroporto de Salvador partem pequenos aviões. A viagem demora 30 minutos, mas não são periódicos.
Se a opção for ir de barco, o melhor é seguir até Morro de São Paulo, via catamarã, e lá pegar uma conexão, por meio de lancha rápida. Neste caso a viagem pode durar cerca de 4 horas.  Os catamarãs para o Morro saem diariamente às 9h e às 14h do Terminal Marítimo da Bahia, no bairro do Comércio.
Quem viaja de carro ou ônibus, têm várias opções: a primeira via Baía de Todos os Santos com o Ferry-boat até Bom Despacho. A partir daí, segue até Valença. Se o viajante optar, pode fazer o caminho via BR 324, e depois BR 101. A viagem, por terra dura aproximadamente 3 horas.
Chegando a Valença ele pode deixar o carro em um dos estacionamentos pagos e pegar um barco ou lancha rápida para Boipeba. Existem saídas de uma em uma hora. Outra opção é seguir  até a comunidade de Graciosa, a 10km, e à partir daí, deixa o carro e segue de barco.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Escute os dois novos releases da Alphabeat Records

“Never Ever”, do duo WhoøSh, e versão acústica de “Chuva” performada por Rodrigo Sá

Celebrando os 20 anos da VANDIT, Paul van Dyk lança sublabel

VANDIT Next Generation será dedicada à promoção de novos artistas

Alok terá sua própria gravadora

Primeiro lançamento será releitura de clássico do Pink Floyd

Treta: CHVRCHES cobra marshmello por colaborar com Chris Brown e Tyga

Cantor reage, e sua base de fãs faz comentários raivosos e ameaças de morte ao trio escocês

JØRD inicia nova fase da carreira com “So Wrong”

Som é considerado o lançamento mais importante de JØRD até hoje

Time Warp anuncia nova edição em São Paulo

Segundo evento no Brasil fará parte da comemoração de 25 anos da label alemã

Eric Prydz remixa hit underground de 2018

“Breathe”, de CamelPhat e Cristoph, é reconstruída pelo boss da Pryda

Underworld anuncia álbum baseado em projeto ambicioso

“Drift Songs” vai reunir a música apresentada no Drift, projeto multimídia de 52 semanas

Felix Jaehn lança collab com o Breaking Beattz: “Meus produtores de deep house favoritos no momento”

Duo mineiro revela que foi procurado pelo DJ alemão no Instagram

Assista ao aftermovie do Warung Day Festival 2019

Filme traz depoimentos dos organizadores e dos artistas que comandaram o evento