fbpx
Diogo Accioly

Celebrando 37 anos, Diogo Accioly escolhe suas 5 faixas favoritas de “peak time”

DJ vai comemorar o aniversário tocando ao lado de Gui Boratto, João Lee e Nuvem

Desde criança, Diogo Accioly já sabia que queria trabalhar com música, influenciado pelo pai, que o mantinha em contato próximo com a arte sonora desde cedo. Apesar da participação de seu pai no direcionamento de sua escolha profissional, com os discos dos mais variados estilos que tocava diariamente, foi ao se tornar frequentador de raves e clubes underground dos anos 90 que Diogo encontrou a indústria dentro da qual construiria sua carreira.

E que bela carreira. Há mais de 15 anos levando sua interpretação da dance music para os principais estúdios e pistas de todo o mundo, Accioly se consolidou como um dos players brasileiros de maior visibilidade no mercado internacional. Anualmente, o DJ e produtor espalha seu talento por destinos como Grécia, Espanha, Marrocos e Alemanha — país que virou, literalmente, sua segunda casa.

A relação íntima que Diogo criou com a Alemanha, um dos berços do techno e provavelmente o maior cenário eletrônico mundial, iniciou com sua primeira turnê para o país em 2007. De lá pra cá, o DJ se tornou figura carimbada nas pistas alemãs e carrega na bagagem passagens por clubes de grande renome como Panorama Bar, Tresor e o Sisyphos, um dos dancefloors mais hypados do país atualmente.

+ Experiência dentro e fora das pistas: Diogo Accioly fala sobre a carreira

Desde o final de 2016, Accioly integra o seleto time da W-Agency, agência comandada pelo super club Watergate, que o representa em todo o continente europeu. A inclusão do artista para o casting da agência, ao lado de nomes como Marco Resmann e La Fleur, foi completamente natural, estimulada pela forte relação que ele mantém com o club desde que iniciou sua caminhada pelo velho continente. Não à toa, Accioly frequentemente se apresenta com os amigos do Watergate quando eles estão em turnê por seu país natal.

No Brasil, Diogo é agenciado pela agência do D-EDGE, a D.AGENCY. O vínculo dele com o gigante nacional também vem de longa data, principalmente por conta da residência que mantém no club desde o início de sua carreira e por ter ajudado a consolidar o projeto Moving, nome dado às tradicionais noites de quinta-feira da casa, que ele organizou ao lado de Anna Biazin. E é justamente na Moving de hoje que Diogo Accioly celebra mais um ano de vida, tocando ao lado de Gui Boratto, João Lee e Nuvem. Já no clima do evento, o DJ entregou pra Phouse suas cinco faixas preferidas para o peak time. Hoje tem!

Rebolledo – Want (Danny Daze & Shokh’s Fears Come Dub)

Uma das tracks que mais funcionam do meu set. Electro e dark na medida certa. No aniversário da Levels, em Porto Alegre, explodiu! Dá uma olhada no vídeo no meu Instagram!

Mark Broom – Supersnout

Um dos momentos mais legais foi quando toquei essa faixa no Carnaval de rua do D-EDGE, o D.Rrete! Pitada de disco com uma levada massiva que não deixa ninguém ficar parado!

2000 and One – Kawasaki

Techno old school. O break dessa faixa é algo absurdo! Os chords que entram na volta são de chorar!

Donna Summer – I Feel Love (Wehbba Sensation Bootleg)

O tapa que meu bro Wehbba deu nessa faixa foi perfeito! Deixou o que já era incrível e lendário, ainda melhor!

Ruede Hagelstein & Diogo Accioly – Ra

Uma das tracks que colaborei com o Ruede Hagelstein enquanto estava em Berlim. Venho testando e tenho ficado bem feliz com o retorno da pista. Lançamento previsto pra fevereiro, na Duat Records!

Alan Medeiros é colaborador da Phouse.

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS