Copa
Above & Beyond, Nicky Romero e Matisse & Sadko acreditam no hexa

É época de Copa do Mundo, e é claro que boa parte dos craques da música eletrônica estão de olho. Em uma matéria recente da Billboard, diversos DJs foram entrevistados sobre suas apostas e torcidas neste mundial. Muitos torcem por seu próprios países, mas o Brasil, naturalmente, foi bastante citado. Menção honrosa também para a Bélgica, lar do Tomorrowland, que vem chamando cada vez mais a atenção dos fãs de futebol pela sua nova geração de talentosos jogadores.

Confira as palavras de alguns dos astros sobre essa Copa, com tradução da Phouse:

Above & Beyond: Eu estou torcendo por Inglaterra, Bélgica e Brasil, nessa ordem. Estou animado com a jovem equipe da Inglaterra e espero que eles joguem sem medo e construam uma experiência valiosa para a próxima Copa. Estou entusiasmado com a Bélgica, pois eles têm os dois melhores jogadores da liga inglesa (Eden Hazard e Kevin De Bruyne) […]. Sempre gosto de assistir ao Brasil, Willian é meu jogador favorito do Chelsea e eles são sempre os seres humanos mais habilidosos, ano após ano.

Alesso: Eu estou torcendo pela Suécia, claro, já que sou sueco. Eu gosto da equipe que eles têm este ano e eu acho que eles definitivamente poderiam fazer algum barulho. Zlatan [Ibrahimovic] não está na lista, então eles terão que encontrar outras formas de compensar sua habilidade de marcar gols, mas eles podem definitivamente se classificar no grupo, o que é difícil por causa da Alemanha, e então qualquer coisa pode acontecer.

Há muitas grandes equipes, mas acho que a Bélgica poderia ir longe. Eles têm muito talento. Eden Hazard e Kevin De Bruyne jogam com grande talento e criatividade e podem fazer muitas jogadas vencedoras. Existem muitos jogadores incríveis e muitos momentos especiais, como sempre.

+ Na onda da Copa, Mark Ursa e MC Leozinho lançam som e remix contest

Anna Lunoe: [Para quem torce:] Austrália, Brasil e Nigéria! Austrália porque, dã, essa é minha casa e eu prometo lealdade cega à bandeira. Brasil porque eu estava lá pelo último ano e eles são tão apaixonados que me conquistaram! E a Nigéria, porque seus uniformes são uma inspiração para a moda.

[Quem vai ganhar?] Eu queria que fosse o Brasil, mas minha aposta é para a Alemanha ganhar novamente.

Elderbrook: Eu estou torcendo pela Inglaterra. Temos que torcer para que um dia possamos vencer de novo! Temos uma ótima equipe este ano e uma chance real — ok, uma chance muito pequena —, mas eu ainda quero manter a esperança de que podemos fazer alguma coisa.

Eu acho que está entre a Argentina e o Brasil este ano. A Argentina acabará vencendo, pois esta pode ser a última Copa do Mundo de Messi e ele vai querer sair levando seu país à glória. Também o Brasil vai querer se redimir de quatro anos atrás, e eles têm uma equipe muito melhor agora, então haverá menos pressão sobre Neymar. Isso é o que eu acho, mas você também nunca pode descartar os alemães.

+ Escute a música oficial da Copa do Mundo da Rússia

Matisse & Sadko: Estamos muito orgulhosos de que neste ano a Copa do Mundo seja em nosso país. É claro que esperamos que a nossa seleção faça o seu melhor e mostre um belo futebol em casa, agradando vários milhões de adeptos dedicados. Mas o nosso favorito neste campeonato é o time brasileiro. Não é segredo que o mundo todo ama o futebol brasileiro, mas desta vez a equipe sul-americana parece incrivelmente confiante! Paulinho, Casemiro e, claro, Neymar — são eles que devem levar o Brasil à vitória! OLE!

Nic Fanciulli: O primeiro e único país que eu apoiaria seria a Itália, mas pela primeira vez em 60 anos nós não nos classificamos, então esta será uma Copa do Mundo muito diferente para mim. A equipe que eu acho que vai ganhar a Copa do Mundo é a Nigéria — não houve um vencedor africano antes, e eles têm o melhor uniforme, por isso tem uma boa chance de vencer.

Nicky Romero: Sou torcedor da Holanda e estou muito desapontado por eles não terem se classificado, então vou aproveitar a competição torcendo por um espetáculo emocionante. Eu acho que o Brasil tem uma boa chance. Neymar Jr. estava arrasando recentemente. A Argentina também tem uma boa chance porque Messi estava jogando muito bem, embora eu ache que eles são menos cooperativos como uma equipe — diferentemente do Brasil, que parece ser uma máquina bem ajustada. Eu acho que o Brasil vai ganhar neste ano.

Nina Las Vegas: [Para quem torce:] OS FARAÓS, EGITO. Embora os australianos tenham se classificado e eu esteja super animada em vê-los bem, minhas raízes egípcias me deixaram muitíssimo animada para ver o Egito na Copa do Mundo pela primeira vez em 28 anos! Mohamed Salah é o melhor do mundo neste momento, e depois da lesão no ombro na final da Liga dos Campeões, é um grande alívio ver o “Rei do Egito” na Rússia.

Os grandes jogadores representam algumas grandes equipes. A França tem Pogba, a Argentina de Messi deve se sair bem, e o Brasil liderado por Neymar é o favorito, mas se Mo Salah estiver em forma, ele terá todos os egípcios do seu lado! É um aposta improvável, mas você precisa ter fé!

+ Hardwell é a grande atração do festival da Champions League

Robin Schulz: Torço pela Alemanha. Esta é a minha casa e eu sempre vou apoiá-los. Nossa força vem de não termos uma única estrela — é trabalho em equipe! Toda o elenco é importante, e isso será a chave para o sucesso.

Tiga: Eu estou torcendo para a Bélgica. Eles têm uma geração de talento de ouro, incluindo Eden Hazard e Kevin De Bruyne, que é sem dúvida o melhor atacante do mundo, e eu adoro o fato de que tudo vem de um país tão pequeno. Ao longo dos anos, passei muito tempo na Bélgica, gravando em Ghent, e assinei com um selo de Bruxelas, o que me levou a criar um forte vínculo com o país, que estranhamente me lembra muito de casa (Montreal). Eu gosto de apoiar um azarão, e seria uma bela história se o pequeno país da Bélgica pudesse superar sua insegurança e cumprir a promessa de seus talentos individuais.

Não tenho uma visão clara sobre quem vai ganhar, mas vou de Espanha. É o país que adotei no futebol, e eu sinto que é a equipe mais equilibrada — com talento, experiência e união. Eles têm a defesa de aço em [Sergio] Ramos, um dos três principais goleiros do mundo em DeGea, uma riqueza de criatividade no meio-campo com Silva e Thiago, e um ataque brutal em Diego Costa. É a mistura de força e habilidade técnica que eu sinto que lhes dá uma vantagem sobre a Alemanha, Brasil e França. Eles têm uma equipe de campeões que são experientes e podem lidar com a pressão. E é a despedida de Iniesta, o meu herói.

É, Arnaldo, parece que estamos bem cotados na torcida alternativa da música eletrônica. Acesse o site da Billboard pra ver a lista completa dos DJs que comentaram sobre a Copa.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Sollares: Carnaval de Salvador terá FISHER e Chemical Surf no trio

Saiba mais sobre o 1º bloco de Carnaval da label nordestina

Anunciado no Lolla Berlin, Swedish House Mafia assina com Columbia

Gravadora da Sony Music será a nova casa das músicas do trio

Disclosure lança som com cantor americano de R&B

“Talk” é o primeiro single do próximo álbum do Khalid

Amsterdam Dance Event divulga as datas para 2019

Organizadores esperam repetir desempenho de 2018

Brazil Music Conference anuncia primeiras novidades para 2019

Evento tem nova parceira e nova data, mas segue em São Paulo

Swedish House Mafia anuncia gig em Ibiza

Anúncio foi feito nos stories do Instagram

Brasileiro estreia por selo expressivo do underground global

Hauy colabora em coletânea de inverno da All Day I Dream

Veja quais foram as músicas mais tocadas em festivais em 2018, segundo o 1001Tracklists

Tech house aparece em destaque, com FISHER e CamelPhat

Parceiro de Alok, Conor Maynard deixa Brasil depois de tentativa de assalto

O cantor inglês Conor Maynard, responsável pela voz em “Pray” — single…

5 sintetizadores que revolucionaram a música eletrônica

Uma breve história de cinco dos mais famosos synths que ajudaram a definir o gênero