Escócia

Coronavírus: plano de resgate a pequenas empresas pode ajudar clubes na Escócia

Entre descontos em tributos e doações diretas às empresas, o pacote pode chegar a 320 milhões de libras

O governo da Escócia anunciou na última semana um pacote de resgate a pequenas empresas com benefícios que podem chegar a £320 milhões (cerca de R$ 1,7 bilhão), devido à crise do novo coronavírus. Como repercutiu a DJ Mag, as medidas podem ajudar pequenos clubes, locais de eventos e lojas de discos do país a superarem os fechamentos temporários.

O foco do projeto são empresas das áreas de varejo, hotelaria e lazer com faturamento de até £69 mil (R$ 370 mil), cuja principal vantagem será o desconto de 75% sobre tributos. Além disso, foi criado um fundo de £80 milhões (cerca de R$ 430 milhões) para conceder doações de até £3 mil (R$ 16 mil) a pequenas empresas nos setores mais afetados. 

As ações entram em vigor a partir de 1º de abril, e são válidas para o ano fiscal de 2020/2021. “É crucial considerarmos as análises econômicas mais recentes e ouvir com atenção o que a comunidade empresarial está nos dizendo”, afirmou Kate Forbes, secretária de finanças da Escócia. Ela explicou que os setores de turismo e hotelaria receberão ajuda prioritária, pois estão sob “pressão imediata”. 

No Reino Unido, a Inglaterra já havia anunciado descontos de 100% nos impostos de clubes, enquanto País de Gales e Irlanda do Norte sofrem pressão para tomarem medidas na mesma direção.

LEIA TAMBÉM:

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS