Connect with us
Green Valley Dez. Full
Banner Sundance Leaderborder
Go Festivals – Tomorrowland Winter Full

Creamfields Buenos Aires anuncia horários e surpreende com B2B inédito no MainStage

Jonas Fachi

Publicado em

04/11/2015 - 17:13

Reconhecido como o mais tradicional e respeitado festival de música eletrônica da américa do sul para o mundo, o Creamfields BA trouxe ao longo destes quase 15 anos praticamente todos os principais Djs da linha de frente no circuito global.

Originalmente o evento surgiu sendo promovido pelo club Cream de Liverpool na Inglaterra em 1998 e em seguida começou a se espalhar por diversos países europeus como Espanha, Irlanda e Turquia. Em 2001 a primeira cidade das Américas a receber o que já era visto como pioneiro e maior festival do mundo, foi Buenos Aires, com aproximadamente 18 mil pessoas e nomes como Paul Oakenfold, Deave Seaman, Layo & Bushwacka e Way Out West no line-up.

Em 2002 o evento traz o ”Godfather” da house music, Frankie Knuckels, além de Timo Maas, Satoshi Tomiie e o cara da BBC radio 1, Pete Tong.

Crescendo constantemente, 35 mil pessoas compareceram em 2003 para apreciar nomes como Sander Kleinenberg, Danny Howells, Junkie XL (live), Josh Wink e o Brasileiro DJ Marky.

A quarta edição é marcada pela quebra do recorde internacional superando a matriz em Liverpool com 55 mil participantes, mais de 90 Djs entre locais e internacionais como Groove Armada, Deep Dish, Jeff Mills, Darren Emerson, Erick Morillo, e Steve Lawler.

2005 outro recorde batido com 60 mil pessoas, mais de 100 djs entre diversas pistas incluindo The Prodigy, 2 Many DJs, David Guetta, Kevin Saunderson, James Holden, e os Brasileiros Fabricio Peçanha e Renato Cohen.

Superando todas as expectativas e deixando para traz festivais do mundo todo, 2006 é marcado pelo ano em que os hermanos colocam o seu país como referência de qualidade e cultura eletrônica global, com quase 70 mil participantes, foram escalados nomes como a Banda Underworld, Sasha, Tiga, Dave Clarke, X-Press 2, Nic Fanciulli, M.A.N.D.Y., e 2020 Soundsystem e Paul Woolford.

2007 o festival começa a se estabilizar na casa dos 50 mil participantes tendo os headliners Carl Cox, John Digweed, Dubfire, LCD Soundsystem, James Zabiela, 16 Bit Lolitas, Tiefschwarz, Craig Richards, Christian Smith, e Martin Garcia.

2008 o Autodromo Juan y Oscar Galvéz apresenta a banda inglesa Unkle como atração máxima, além de Derrick May, Booka Shade, Deadmau5, Carl Craig, Radio Slave, Bois Noize, Apparat e a referência nacional Gui Boratto.

O ano de 2009 ficou marcado como um período crítico do festival, após dois locais diferentes serem anunciados, e cancelados (club Esgrima e Autódromo) e um adiamento para o mês de dezembro, compareceram no Parque Roca ”apenas” 40 mil pessoas para conferir nomes entre  Tiësto, Richie Hawtin, Guy Gerber, Barem, Deep Mariano e Ricky Ryan.

Os 10 anos do festival foram comemorados de forma magnifica com o festival retomando público no Autódromo e conferindo o icónico Plastikman Live (Richie Hawtin), além de Fatboy Slim, Paul van Dyk, Laidback Luke, Faithless, Calvin Harris, Steve Angello, Marco Carola, e Mark Knight.

Os anos que se seguiram diversos nomes já citados retornaram, e outros estrearam por lá, claro que não cabe aqui citar todos, o fato é que o eventou acabou tendo que se adequar com a explosão do EDM nos EUA com nomes no Main Stage como Zedd, Ferry Corsten, Fedde Le Grand, Alesso, Calvi Harris e Afrojack, na contra mão do que alguns críticos pregavam, que o País estaria estagnado no tempo por continuar reverenciando o estilo que os fez serem reconhecidos, o House Progressivo, o festival provou o contrário, com novos stages da Enter de Richie Hawtin, e Cocoon do Papa Sven Vath e suas respectivas ”trupes” de djs e produtores, com o público respondendo positivamente. (Foto: Enter – Richie Hawtin)

top10-nov-dec-09

Se você está estranhando a não citação de Hernan Cattaneo durante os anos, é porque reservei algumas linhas em especial para o Argentino. Tendo simplesmente se apresentado em todas as edições do evento em sua cidade natal, ele fez seu show se transformar em uma lenda entre os fãs que não se cansam em falar com orgulho e admiração, relembrando qual dos anos foi o melhor set na Cream Arena. Além de Buenos Aires, Hernan é o DJ que mais se apresentou no festival em edições mundo afora, junto com residência por várias temporadas no club Cream de Liverpool e Ibiza.

Se você estará visitando o festival pela primeira vez, que ocorre neste mês em 14 de novembro, é obrigação assistir as famosas ‘’duas horas de magia’’ de Hernan e contemplar a reverencia do seu público ao subir no palco. Neste ano, o presente da Creamfields pela 15° edição é o encerramento do Main Stage entre Paul Oakenfold & Hernan Cattaneo. 

Hernan já convidou Sasha em 2006 e Nick Warren em 2010 para b2b especiais na Cream Arena, porém este ano parece ter um gostinho especial por ser no Main Stage e pela grande parceria que tiveram no final dos anos 90 com Paul levando HC para sua tour mundial e o convidando para lançar uma compilação por sua Label Perfecto chamada South American, e agora eles estão de volta para uma apresentação que promete ser inesquecível.

Confira abaixo todos os palcos e horários:

MAIN STAGE
04.30-06.00 Paul Oakenfold – Hernan Cattaneo ( B2B)
02.45-04.15 Nervo
01.30-02.30 Dimitri Vegas & Like Mike
00.15-01.15 Krewella
22.30-00.00 Bassjackers
20.45-22.15 Barem
19.45-20.30 Leandro Fresco
18.00-19.30 Facu Carri
16.00-18.00 Rama

CREAM ARENA
04.00-06.00 Pan-Pot
02.00-04.00 Luciano
00.00-02.00 The Martinez Brothers
22.00-00.00 Hernan Cattaneo
20.30-22.00 Guti
19.00-20.30 Patrick Topping
17.30-19.00 Deep Mariano
16.00-17.30 Guille Quero

ENTER
04.00-06.00 Richie Hawtin
02.00-04.00 Maceo Plex
01.00-02.00 Matador
23.30-01.00 Marcel Dettmann
21.30-23.30 Mano Le Tough
19.30-21.30 Art Department
18.30-19.30 Brian Gros
17.30-18.30 Luis Nieva
16.00-17.30 Igor Marijuan

COCOON
04.00-06.00 Popof
02.00-04.00 Sven Vath
00.00-02.00 Solomun
22.30-00.00 Ilario Alicante
21.00-22.30 Hot Since 82
20.00-21.00 Christian Burkhardt
18.30-20.00 Franco Cinelli
17.00-18.30 Jorge Savoretti
16.00-17.00 Londonground

SPEED BAR
16.00-17.30 Santiago Martinez
17.30-19.00 Martin Buceta
19.00-20.30 Alejo Gonzalez
20.30-22.00 Matias Sundblad
22.00-23.00 Big Fabio
23.00-00.00 Mina
00.00-01.00 Felix Galeano
01.00-02.00 Poty
02.00-03.00 Marcos Paz
03.00-04.00 Momo Trosman
04.00-05.00 Miguel Silver
05.00-06.00 Romina Cohn

Confira também outros Países onde acontece o Creamfields: Andalucía, Vigo (Espanha), Lisboa (Portugal), Mangalia (Roménia), Moscou (Russia), Praga (República Checa), Punchestown (Irlanda), Rabat (Malta), Wroclaw (Polonia), Estambul (Turquia), Santiago (Chile), Cidade do México (México), Punta del Este (Uruguai), Lima (Peru), e Brasil, onde já ocorreram edições em São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e desde 2011 o evento se firmou em Florianópolis, com média de público de 15 mil pessoas.

RECEBA NOVIDADES NO E-MAIL
[fbcomments]

Notícia

Confira os remixes de Scorsi e VINNE e Kohen para hit de Zeeba

Artistas imprimiram suas próprias identidades sem descartar a essência tropical de “Young Again”

Phouse Staff

Publicado há

Young Again
VINNE, Zeeba e Scorsi. Foto: Michelle Cadari/Divulgação

Lançada no fim de setembro, “Young Again”, do Zeeba, ganhou agora um EP de remixes. O pacote traz dois sons, com as visões estéticas de Scorsi e VINNE e Kohen em cima do hit. 

Em sua collab, VINNE e Kohen entregaram um remix que puxa a canção para um lado mais pista, com bassline marcada no drop, mas sem descartar a pegada tropical da original. A faixa de Scorsi mantém a mesma energia colorida, mas sem deixar de imprimir sua identidade future bass, com um drop melódico ainda mais explosivo. 

 

“Os dois são artistas que eu admiro muito. Eu já tinha trabalhado com o Scorsi nos remixes de ‘Hear Me Now’ e ‘Ocean’, então foi uma escolha baseada na nossa parceria de longa data, que sempre deu muito certo. O VINNE é outro artista que eu conheço há tempos, tem várias músicas que eu gosto, inclusive o remix de ‘O Sol’, do Vitor Kley“, revela Zeeba, em contato com a Phouse.

“Os dois têm interpretações bem diferentes. O Scorsi com uma pegada mais de future bass e o VINNE mais de brazilian bass, e acho que essas características foram essenciais para a originalidade do pack de remixes. São linguagens distintas, que trouxeram um toque a mais para ‘Young Again’, sem perder a minha essência na música”, concluiu o cantor e compositor.

Relembre o vídeo de “Young Again”, que já conta com mais de dois milhões de visualizações em menos de um mês.

  

LEIA TAMBÉM:

Alok e Scorsi lançam remix “fora da caixa” para “Ocean”

Apadrinhado por Alok, Scorsi é o 1º brasileiro a lançar EP pela Spinnin’

Remix de VINNE e Double Z para “O Sol” é lançado por selo de Rick Bonadio

Ouça “Still Alive”, faixa de Liu com Kohen e Dan K

Sucesso de DIMMI com Zeeba ganha videoclipe

Continue Lendo

Notícia

Alex Justino abre miniturnê internacional neste sábado

Cabeça da Nin92wo, o DJ é mais um brasileiro em processo de consolidação no exterior

Manoel Cirilo

Publicado há

Turnê Alex Justino
Foto: Divulgação

O DJ e produtor Alex Justino está prestes a começar mais uma série de apresentações em solo internacional. Depois da tour que fez pela China na metade deste ano, o goiano começa hoje, 20, a nova etapa ao desbravar a cena indiana, com uma gig no clube Utopia em Bangalore; amanhã, segue para a cidade de Hyderabad, onde se apresenta no Le’ Vantage.

Na semana seguinte, faz sua estreia em um dos maiores polos da música eletrônica, a Alemanha, embalando a noite da sexta-feira, 26, no renomado Sisyphos, em Berlim.

 

Alex vive um importante momento de sua vida profissional, e as novas datas no exterior confirmam a solidez atingida com sua carreira. A conquista de uma presença internacional representa apenas uma das esferas de sua atuação na indústria eletrônica, que também conta com uma ótima performance nos estúdios e à frente da gravadora Nin92wo, label cada vez mais forte no cenário techno nacional.

Justino faz parte do casting da D.AGENCY, uma das maiores agências de artistas do mercado eletrônico no Brasil, e segue uma identidade sonora marcante, que compartilha com o público tanto no formato de discotecagem quanto com o seu live set. Cada conquista do artista é resultado do seu esforço e do trabalho consistente que mantém em anos de atuação nas pistas. Certamente, a nova tour abrirá portas para um presença cada vez maior de Alex Justino no circuito internacional.

Manoel Cirilo é colaborador da Phouse.

LEIA TAMBÉM:

“Música enlatada não é nosso foco”; confira papo com Alex Justino

Ouça “Arquétipo II”, a nova coletânea do selo de techno etéreo Nin92wo

Novo lançamento da label Nin92wo traz duas faixas absolutamente poderosas para a pista

Continue Lendo

Notícia

Ultra Europe abre venda de ingressos para 2019

Sete dias de muita festa em cinco locais diferentes na Croácia

Phouse Staff

Publicado há

Ultra Europe 2019
Foto: Divulgação

O Ultra acaba de anunciar a venda de ingressos para sua edição europeia no ano que vem. O Ultra Europe 2019 vai rolar entre os dias 12 e 14 de julho, como parte da Destination Ultra, que além do festival, traz outras festas nos dias 11, 16 e 17 de julho, em cinco locais diferentes na Croácia.

A miniturnê europeia inclui uma abertura (dia 11) no clube Hemingway, em Split, comandada pela RESISTANCE, três dias de festival no Poljud Stadium (dias 12, 13 e 14, também em Split), um Ultra Beach no Hotel Amfora, na Ilha de Hvar (dia 16), e mais duas festas assinadas pela RESISTANCE: uma after party no Carpe Diem Beach Club (também em Hvar, no dia 16) e uma festa de encerramento no Forte George, na Ilha de Vis, no dia 17.

Há ingressos nas mais diferentes modalidades, partindo de 139 euros. O chamado “Destination Ultra Ticket”, que dá acesso a todos os eventos, sai por 349 euros. Mais detalhes podem ser conferidos no site oficial.

Para os brasileiros que estão pensando em embarcar nessa viagem, é possível adquirir o pacote pela GoFestivals.

    Imagem: Divulgação

LEIA TAMBÉM:

Aftermovie do Ultra traz imagens inéditas do Swedish House Mafia

Assista à homenagem de Axwell e Ingrosso a Avicii no Ultra Europe

No Ultra Europe, Alesso toca mashup de “Heroes” com música feita em tributo para Avicii

Continue Lendo

Publicidade

Go Festivals – Tomorrowland 300×250
Green Valley – 300×250
Sundance (300×250)

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse

Sundance Pop Up