Renato Ratier

O Festival acontecerá no dia 17 e terá os DJ’s da label D-EDGE Renato Ratier, Stekke, L_cio (live), Wilian Kraupp, Gromma e Tarter no line up.

No dia 17 de setembro, sábado, o P12, em Jurerê Internacional, recebe pela 1ª vez a festa D.EDGE Showcase. O Clube D.EDGE está na ativa desde 2003 em São Paulo e tem direção geral de Renato Ratier. O evento que acontecerá em Florianópolis receberá um line up de peso, com os DJ’s Renato Ratier, Stekke, L_cio (live), Wilian Kraupp, Gromma e Tarter, além do residente André Maran e dos convidados especiais dos coletivos DetroitBr, Troop e HTBC. O Parador terá abertura às 14h. Ingressos antecipados estão sendo vendidos através do site Ingresso Rápido.

LINE UP:

Renato Ratier: Com 20 anos de carreira, o DJ Renato Ratier é um dos fortes pilares da música eletrônica brasileira. Nos anos 2000, quando a cena underground ainda tomava forma no Brasil, abriu o D-EDGE, conceituado clube que se tornou referência ao redor do globo. Como produtor da disco music ao techno, lançou diversos EPs e participou de coletâneas em selos renomados como Get Physical, Kompakt, Light My Fire e No.19 Music, entre outros. Em 2013, seu primeiro álbum, “Black Belt”, foi lançado pela gravadora D-Edge Records e distribuído pela Kompakt, alcançando sucesso instantâneo entre crítica e público. Atualmente, Renato Ratier colhe os frutos de duas décadas de um trabalho autoral e artístico cheio de paixão. Além de ser um dos DJs brasileiros mais requisitados no mercado internacional (e figura presente em line-ups dos principais festivais do mundo), é sócio-proprietário e DJ residente do premiado beach club Warung, em Santa Catarina, e do Holzmarkt, um espaço cultural inovador localizado na efervescente Berlim. Comanda desde 2015 a grife Ratier e o restaurante-estúdio Bossa em São Paulo e, em 2016, prepara-se para abrir uma filial do D-Edge na cidade do Rio de Janeiro e lançar seu segundo álbum, “Youniverse”. 

Stekke: é uma parceria entre Ale Reis e Renne Mussi, ambos Djs e produtores apaixonados em equipamentos analógicos, novas texturas e vinis. Suas influências são sons eletrônicos diversos, abstratos, dub, Techno, Detroit e outros. O ‘start’ do projeto foi dado em 2013 com um único vinil pela Sketches Records.

L_cio: Um flautista transversal é, sem duvida, uma visão rara na música eletrônica, mas isso não é a única coisa que diferencia o instrumentalista e produtor L_cio. Tendo-se tornado conhecido por um público mais amplo graças a suas colaborações com artistas de pista como Portable e Patrice Baumel, o nativo de São Paulo não aspira ser um DJ, mas em vez disso aprofunda sua performance ao vivo dentro de clubes que o levou a se tornar a mais rara de todas as coisas, um músico eletrônico ao vivo tendo residências em clubes regulares, sem nunca ter tocado um disco. Ele é tido, com grande respeito, como contribuinte por um número crescente de artistas, e sempre explorando seus próprios sons, seja nas trincheiras dos clubes ou no estúdio. Isso é o que o levou a aparições em todo o mundo e em todos os tipos de midia, desde o clube de Londres EGG passando pelo Boiler Room São Paulo e chegando no Live At Robert Johnson Tour, uma trajetória fascinante e altamente idiossincrática que será marcada por mais surpresas nos anos por vir.

Wilian Kraupp: Reconhecido por Marco Carola como um dos grandes produtores brasileiros, tem construído sua história com uma formula elementar baseada em horas de estúdio, disciplina e talento. Suas produções rodam o mundo e ganham dia após dia novos admiradores. Com identidade marcante em suas músicas e uma atmosfera que parece ter vida própria, vem deixando sua marca pelos melhores clubs do Brasil. Atuando entre seletos núcleos de artistas e selos da europa mediterrânea, com lançamentos em Stereo Productios (Espanha), D-Floor (Itália). As produções do Catarinense compõem charts e sets de nomes como, Stefano Noferini, Joseph Capriati, Nicole Moudaber, Renato Ratier, entre outros. Vivendo no intenso e propicio litoral sul de Santa Catarina, um pólo da dance music em seu país, o que também lhe serve como inspiração para mergulhar nesse mundo complexo, cheio de misturas. Talvez seja essa a verdadeira beleza do cenário underground, fazer música para pessoas que amam música. Kraupp, sem dúvidas, vem para acrescentar e fazer história, apresentando uma proposta singular quando se trata de Techno em terras tupiniquins, se consolidando como uma das promessas mais férteis do Brasil para o mundo nos últimos anos.

Gromma: é um dos artistas mais promissores do estrelado roster na D.Agency. Este curitibano é um exímio seletor de técnica apurada e singular ousadia estilística. Não é para menos que sua residência no Vibe, uma fortaleza de qualidade artística no Paraná, se consolidou rapidamente como um fenômeno local, atraindo ávidos amantes da boa música e mantendo-os bem abastecidos com qualidade e diversidade musicais suficientes para saciar suas exigências e necessidades. Com dez anos de estrada já carrega um currículo promissor, com apresentações nos melhores clubs e festivais do Brasil, dividindo a cabine com nomes de extrema vanguarda da música eletrônica mundial. Recentemente foi um dos indicados ao prêmio Rio Music Conference na categoria dj revelação do ano de 2015 e participou de uma das edições do Boiler Room Brasil.

Tarter: O contato com vários estilos musicais e a oportunidade de assistir artistas de grande peso na cena eletrônica mundial, fez com que Tarter pudesse apurar seu gosto musical e fortalecer a linha a ser seguida em sua carreira. Esteve muito tempo no outro lado, na pista, como espectador, e até hoje leva como escola grandes apresentações de suas principais influências, verdadeiras aulas de Dubfire, Marco Carola, Richie Hawtin e Loco Dice, que são referencias constantes em seu trabalho até hoje. Seu gênero é Techno, viajando por suas vertentes e se adequando a cada pista que passa, buscando a melhor atmosfera possível em suas apresentações. A cada pesquisa musical, a vontade de expressar suas idéias e sentimentos em forma de musica foi ficando mais forte, a busca por conhecimento e aperfeiçoamento nas técnicas, fez com que começassem a surgir produções próprias, transformando seus pensamentos em sonoridades. Suas produções tem tido suporte de grandes artistas como Richie Hawtin, Renato Ratier, Joseph Capriati, Sam Paganini e lançamento por selos como Patent Skillz, Kool Katz, Black Kat, Xplicit entre outros.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Ultra “desabrigado” parte 2: festival não será mais em Virginia Key

Em comunicado aos fãs, UMF revela já estar trabalhando em um novo espaço

Assista ao clipe de “Tough Love”, do Avicii

Vídeo também é centrado na ideia de um dueto

Tomorrowland anuncia Alok e mais 15 atrações

Terceiro dia de anúncios da segunda fase traz mais 16 nomes

Fã disponibiliza 1º show da nova tour do Swedish House Mafia

Primeira data na Tele2 Arena pode ser conferida na íntegra

Totoyov celebra 30º release com VA exclusivo

Gravadora brasileira lançou o material com sete faixas inéditas

Camboriú será palco do 1º BURN Residency Showcase de 2019

Rolê será feito em parceria com a Seas, no Espaço Garden

30 anos de techno nas veias: conheça o espanhol Oscar Mulero

DJ toca no D-EDGE neste sábado, em passagem única pelo Brasil

Première: Aryela – Wrong Way Around

Faixa marca nova fase da DJ e produtora de São Paulo

JØRD inicia nova fase da carreira com “So Wrong”

Som é considerado o lançamento mais importante de JØRD até hoje

Kavit & Kesia – Collins (Original Mix)

“Collins” é o mais recente lançamento da Phouse Tracks. Produzida na pegada…