Renato Ratier

O Festival acontecerá no dia 17 e terá os DJ’s da label D-EDGE Renato Ratier, Stekke, L_cio (live), Wilian Kraupp, Gromma e Tarter no line up.

No dia 17 de setembro, sábado, o P12, em Jurerê Internacional, recebe pela 1ª vez a festa D.EDGE Showcase. O Clube D.EDGE está na ativa desde 2003 em São Paulo e tem direção geral de Renato Ratier. O evento que acontecerá em Florianópolis receberá um line up de peso, com os DJ’s Renato Ratier, Stekke, L_cio (live), Wilian Kraupp, Gromma e Tarter, além do residente André Maran e dos convidados especiais dos coletivos DetroitBr, Troop e HTBC. O Parador terá abertura às 14h. Ingressos antecipados estão sendo vendidos através do site Ingresso Rápido.

LINE UP:

Renato Ratier: Com 20 anos de carreira, o DJ Renato Ratier é um dos fortes pilares da música eletrônica brasileira. Nos anos 2000, quando a cena underground ainda tomava forma no Brasil, abriu o D-EDGE, conceituado clube que se tornou referência ao redor do globo. Como produtor da disco music ao techno, lançou diversos EPs e participou de coletâneas em selos renomados como Get Physical, Kompakt, Light My Fire e No.19 Music, entre outros. Em 2013, seu primeiro álbum, “Black Belt”, foi lançado pela gravadora D-Edge Records e distribuído pela Kompakt, alcançando sucesso instantâneo entre crítica e público. Atualmente, Renato Ratier colhe os frutos de duas décadas de um trabalho autoral e artístico cheio de paixão. Além de ser um dos DJs brasileiros mais requisitados no mercado internacional (e figura presente em line-ups dos principais festivais do mundo), é sócio-proprietário e DJ residente do premiado beach club Warung, em Santa Catarina, e do Holzmarkt, um espaço cultural inovador localizado na efervescente Berlim. Comanda desde 2015 a grife Ratier e o restaurante-estúdio Bossa em São Paulo e, em 2016, prepara-se para abrir uma filial do D-Edge na cidade do Rio de Janeiro e lançar seu segundo álbum, “Youniverse”. 

Stekke: é uma parceria entre Ale Reis e Renne Mussi, ambos Djs e produtores apaixonados em equipamentos analógicos, novas texturas e vinis. Suas influências são sons eletrônicos diversos, abstratos, dub, Techno, Detroit e outros. O ‘start’ do projeto foi dado em 2013 com um único vinil pela Sketches Records.

L_cio: Um flautista transversal é, sem duvida, uma visão rara na música eletrônica, mas isso não é a única coisa que diferencia o instrumentalista e produtor L_cio. Tendo-se tornado conhecido por um público mais amplo graças a suas colaborações com artistas de pista como Portable e Patrice Baumel, o nativo de São Paulo não aspira ser um DJ, mas em vez disso aprofunda sua performance ao vivo dentro de clubes que o levou a se tornar a mais rara de todas as coisas, um músico eletrônico ao vivo tendo residências em clubes regulares, sem nunca ter tocado um disco. Ele é tido, com grande respeito, como contribuinte por um número crescente de artistas, e sempre explorando seus próprios sons, seja nas trincheiras dos clubes ou no estúdio. Isso é o que o levou a aparições em todo o mundo e em todos os tipos de midia, desde o clube de Londres EGG passando pelo Boiler Room São Paulo e chegando no Live At Robert Johnson Tour, uma trajetória fascinante e altamente idiossincrática que será marcada por mais surpresas nos anos por vir.

Wilian Kraupp: Reconhecido por Marco Carola como um dos grandes produtores brasileiros, tem construído sua história com uma formula elementar baseada em horas de estúdio, disciplina e talento. Suas produções rodam o mundo e ganham dia após dia novos admiradores. Com identidade marcante em suas músicas e uma atmosfera que parece ter vida própria, vem deixando sua marca pelos melhores clubs do Brasil. Atuando entre seletos núcleos de artistas e selos da europa mediterrânea, com lançamentos em Stereo Productios (Espanha), D-Floor (Itália). As produções do Catarinense compõem charts e sets de nomes como, Stefano Noferini, Joseph Capriati, Nicole Moudaber, Renato Ratier, entre outros. Vivendo no intenso e propicio litoral sul de Santa Catarina, um pólo da dance music em seu país, o que também lhe serve como inspiração para mergulhar nesse mundo complexo, cheio de misturas. Talvez seja essa a verdadeira beleza do cenário underground, fazer música para pessoas que amam música. Kraupp, sem dúvidas, vem para acrescentar e fazer história, apresentando uma proposta singular quando se trata de Techno em terras tupiniquins, se consolidando como uma das promessas mais férteis do Brasil para o mundo nos últimos anos.

Gromma: é um dos artistas mais promissores do estrelado roster na D.Agency. Este curitibano é um exímio seletor de técnica apurada e singular ousadia estilística. Não é para menos que sua residência no Vibe, uma fortaleza de qualidade artística no Paraná, se consolidou rapidamente como um fenômeno local, atraindo ávidos amantes da boa música e mantendo-os bem abastecidos com qualidade e diversidade musicais suficientes para saciar suas exigências e necessidades. Com dez anos de estrada já carrega um currículo promissor, com apresentações nos melhores clubs e festivais do Brasil, dividindo a cabine com nomes de extrema vanguarda da música eletrônica mundial. Recentemente foi um dos indicados ao prêmio Rio Music Conference na categoria dj revelação do ano de 2015 e participou de uma das edições do Boiler Room Brasil.

Tarter: O contato com vários estilos musicais e a oportunidade de assistir artistas de grande peso na cena eletrônica mundial, fez com que Tarter pudesse apurar seu gosto musical e fortalecer a linha a ser seguida em sua carreira. Esteve muito tempo no outro lado, na pista, como espectador, e até hoje leva como escola grandes apresentações de suas principais influências, verdadeiras aulas de Dubfire, Marco Carola, Richie Hawtin e Loco Dice, que são referencias constantes em seu trabalho até hoje. Seu gênero é Techno, viajando por suas vertentes e se adequando a cada pista que passa, buscando a melhor atmosfera possível em suas apresentações. A cada pesquisa musical, a vontade de expressar suas idéias e sentimentos em forma de musica foi ficando mais forte, a busca por conhecimento e aperfeiçoamento nas técnicas, fez com que começassem a surgir produções próprias, transformando seus pensamentos em sonoridades. Suas produções tem tido suporte de grandes artistas como Richie Hawtin, Renato Ratier, Joseph Capriati, Sam Paganini e lançamento por selos como Patent Skillz, Kool Katz, Black Kat, Xplicit entre outros.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

KSHMR anuncia show com orquestra nos Estados Unidos

DJ será acompanhado por instrumentistas de diversas partes do mundo

Ingressos esgotados para o Chilli MOB Cruise

Cruzeiro parte nesta quarta-feira

D-Nox escolhe o brasileiro ZAC para começar novo projeto

Sob o nome “Passion!”, os produtores formam duo, gravadora e label party

Tijuca New Experience se consagra como grande festival de música eletrônica

Vintage Culture, KVSH, Santti, Chemical Surf, Victor Lou e Salla se apresentaram na 3ª edição do evento

Confira na íntegra o set de Armin van Buuren no ASOT900

O DJ subiu a performance completa em suas redes

Ouça “Ra”, techno de Diogo Accioly com o alemão Ruede Hagelstein

Lançada pela Duat Records, colaboração promete ser a primeira de muitas

Dub Clap é o 1º brasileiro a lançar por selo de Jamie Jones e Lee Foss

Novo projeto de Londrina participa de faixa no novo EP do inglês Jaden Thompson

Escute “Yesterday”, collab de Vintage Culture com Pimpo Gama

Via Spinnin’, faixa é o primeiro lançamento de Vintage em 2019

“O mundo tem mais do que duas frentes, e na música não é diferente”

Expoente nacional, DJ Glen reflete sobre as conquistas do seu último ano

Tomorrowland Winter anuncia segunda edição

Final de “miniaftermovie” confirma a sequência do festival