Olá pessoal!  Eu sou a Di Falconi, é  com muito prazer que venho escrever na nossa coluna de moda, e trazer algumas idéias de composição para inspirar sem pecar. Para começar eu trouxe com um look alternativo e delicado ao mesmo tempo. Expondo feminilidade com um toque de estilo. Esse é um look super fácil de compor, um oxford, saia plissada, blusinha de mangas 3/4, chapéu vermelho  e um cinto para dar continuidade e equilibrar o look. Óculos ao estilo gatinho para trazer um ar retrô. Procure peças semelhantes em seu closet e arrisque a produção. Quanto mais brincamos com as peças mais entendemos e melhor exploramos nossos looks diários, que acabam muitas vezes entrando na monotonia. Aproveite! Aposte sempre em chapéis, eles dão outro ar a sua composição. São detalhes que juntos fazem a diferença, uma maquiagem no tom do seu look e um acessório equilibrando a idéia dão o destaque que espera!

tumblr_inline_mnt2f3p78D1qz4rgp

 

Falando em acessórios e em óculos ao estilo gatinho, não pense que a moda acabou, diante os desfiles internacionais de 2014, Tom Ford preserva o formato gatinho, só que agora com um ar mais moderno.

tumblr_inline_mnt4pt7nGY1qz4rgp

Gostaram? Beijos! E até a próxima!

por Di Falconi

Quem é Di Falconi?

Desde muito nova Di Falconi apresentava um gosto fora do comum pela música. Dedicada, a música se fazia presente na dança, no canto e por toda extensão da arte. A jovem expressou a música por sete anos na dança. Mais tarde se fixou no violão e no canto, com sua banda de reggae, onde compunha suas próprias letras. Mas a música instrumentada ainda necessitava um toque eletrônico.
Chegou na excelência da junção de suas paixões artisticas com a música eletrônica. Sem nunca ter passado por uma festa, balada ou qualquer outra do gênero, aos 14 anos se forma na AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrônica). Sua ingenuidade a vislumbrou. Veio a mostrar seu profissionalismo com o passar dos anos. Aprimorou seus conhecimentos, e veio a ganhar respeito na cena com sua residência mensao no Yankee em 2011. Em 2012 se torna residente do Soviet. Ambas casas de renome em Curitiba, sua cidade natal.
Desabrochou, e nessa transição de menina-mulher e muita música, ela conquista seu público por onde passa. Extrovertimento é o que dita suas apresentações acompanhado de um set energizante e completamente dançante. Seu carisma e humildade sensibiliza a quem conhece.
Com a essência da música vibrando em si, a gata ainda conclui seu curso de produção musical em 2010. Seu trabalho é continuo, e no que diz respeito a musicalidade podemos esperar novos projetos que contam também com seu tour internacional.

Confira também uma entrevista que realizamos com a Di Falconi antes de ser nossa colunista.

 

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Um planeta musical: conheça a label catarinense Totoyov!

Fundado em 2015, selo é um dos expoentes do cenário underground brasileiro

Above & Beyond no Laroc: saiba mais sobre o lineup de apoio

Dre Guazzelli, Nato Medrado, Pedräda e Rodrigo Vieira dividirão o palco com o trio britânico

Celebrando 37 anos, Diogo Accioly escolhe suas 5 faixas favoritas de “peak time”

DJ vai comemorar o aniversário tocando ao lado de Gui Boratto, João Lee e Nuvem

Traffic Jam: 5 faixas de house para curtir num sábado de verão

DJ curitibano toca no fim de semana em beach party da Laguna Music

Expoente underground, L_cio encaminha 2º álbum

Sucessor de “Poema” virá em parceria com a produtora Sala28

Sollares: Carnaval de Salvador terá FISHER e Chemical Surf no trio

Saiba mais sobre o 1º bloco de Carnaval da label nordestina

“Assume Form”: James Blake flerta com o pop em novo álbum

Produtor e cantor conta com colaborações de Andre 3000, Travis Scott e Rosalía

5 sintetizadores que revolucionaram a música eletrônica

Uma breve história de cinco dos mais famosos synths que ajudaram a definir o gênero

Grupo Alphabeat lança empresa de booking artístico

Saiba mais sobre a Alpha Talent Agency, spin-off da Alphabeat Records