DJ Marquinho Espinosa

DJ Marquinhos Espinosa vence a etapa nacional do Red Bull 3Style

Marquinhos agora parte para a Polônia, na tentativa de trazer o inédito título mundial da competição para o Brasil
* Atualizado em 06/11/17, às 18h36

O DJ carioca Marquinhos Espinosa venceu a etapa nacional do Red Bull 3Style, que rolou nessa sexta feira, 3, no Paradis Club, em Curitiba.

Esta é a segunda vez que o cara leva o prêmio pra casa — a primeira foi em 2013. Desta vez, Marquinhos competiu com os DJs Morenno, Guto Loureiro, Cinara, Tucho e Nino, que misturaram ritmos como o trap, a bass music, o hip hop e até rock, tudo com dois toca discos e um mixer. O também carioca DJ Nino ficou com o segundo lugar, enquanto o bronze ficou com o curitibano DJ Morenno.

Agora, Marquinhos irá disputar em fevereiro a fase mundial na Cracóvia, lá na Polônia, na tentativa de trazer o caneco inédito para o Brasil. Seu repertório inclui músicas que fizeram sucesso no Brasil e passeia por vertentes da bass, como o funk e o próprio trap, sempre com uma técnica afiada e sabendo como ferver a pista.

“Vocês não sabem como é difícil tocar 15 minutos. Você fica dois, três meses montando o set, desmontando, mudando… Quem convive com DJ fica muito puto, porque você não para de pensar no campeonato”, declarou o vencedor ao ao site da Red Bull. “O campeonato veio para mostrar que DJ não precisa ter um rótulo — ‘sou DJ de house, sou DJ de hip hop, sou DJ de funk’. Cara, música boa tem em todos os estilos, e aqui a gente está para mesclar esses estilos, tocar um pouquinho de cada coisa. Eu acho que essa é a meta e esse é o futuro dos verdadeiros DJs.”

Entre os jurados estavam os DJs Shintaro (Japão), Byte (Chile) e o mineiro Nedu Lopes, que já foi campeão três vezes da etapa nacional e participa como jurado desde 2015. Também à Red Bull, Nedu afirmou que nesta edição aconteceu algo diferente: “É rara uma escolha tão rápida entre os jurados. Foi uma decisão quase unânime entre nós. Foi o set mais limpo, com melhor mistura de estilos e melhor execução. Ele teve ótimas sacadas. O importante é ser original. Entre vários critérios, a originalidade mostra um novo caminho”.

Set de inscrição pro 3Style deste ano mostra uma palinha dos talentos do DJ

LEIA TAMBÉM:

Curitiba recebe final brasileira do Red Bull 3Style

DJ de 12 anos vence o DMC e quebra recorde

DJ A disputa o título de melhor DJ do mundo

A-Trak lança competição de DJs com Diplo como juiz

O que significa ser um DJ? Alguns dos principais nomes do país respondem

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS