Connect with us
EOL Full Leader
Banner Sundance Leaderborder

Dream Valley Festival vai reunir maiores estrelas do e-music em SC

Phouse Staff

Publicado em

17/10/2013 - 8:21

Dream valley festival santa catarina

Festival mais premiado do Brasil em 2012 terá sua segunda edição nos dias 15 e 16 de novembro no Beto Carrero World, em Penha, Santa Catarina. Entre as atrações já confirmadas estão Afrojack, Bob Sinclar, Hardwell, Kaskade, Loco Dice , NERVO, Steve Angello, Sven Väth, e mais 20 atrações.

O Dream Valley Festival 2013 será realizado dias 15 e 16 de novembro no Beto Carrero World, no município de Penha, litoral norte de Santa Catarina. O local do evento, que é o maior parque temático da América Latina, é uma atração à parte e converge com a proposta lúdica do DVF. Segundo a organização, a experiência do primeiro ano festival foi positiva em relação a acesso, áreas de estacionamento e condições adequadas de escoamento do público sem gerar problemas à comunidade ou trânsito local. Além disso, três brinquedos estarão abertos aos “dreamers” durante determinado período da festa, são eles; Fire Whip (primeira montanha-russa invertida do Brasil que tem 5 loopings e que atinge quase 100 km/h); Free Fall (elevador com queda de uma altura de 18 andares com velocidade de 90 km/h) e Star  World Mountain (uma das maiores montanha-russa da América Latina com altura de 35 metros).

Uma superestrutura já está sendo erguida numa área congruente à área de lazer do Beto Carrero World e, a exemplo do ano passado, a arena do espetáculo que tem proposta conceitual inédita no Brasil contará com dois palcos, uma para cada vertente da música eletrônica: o Dream Stage, dedicado ao estilo pop do ritmo, e o Mystic Stage, dedicado ao estilo underground do e-music. E tudo isso com detalhes cenográficos dos palcos pensados para impressionar, pois a edição 2013 DVF tem como inspiração a aposta numa relação entre real e o imaginário. O fio condutor de toda a campanha do evento são três personagens que, através de um relógio viajam do “mundo real” para um “mundo imaginário” que seria o festival, que este ano vem assinado como “The Imaginary – Dream Valley Festival”.

Vale lembrar que em 2012 o Dream Valley Festival levou os principais prêmios nacionais do gênero eletrônico no Brasil. Foi reconhecido como “Destaque do Ano de 2012” no DJ Sound Awards e Cool Awards, e eleito o “Melhor Festival de Música Eletrônica” no Rio Music Conference. O festival ainda ganhou quatro páginas de matéria na Dj Mag inglesa, importante publicação de música eletrônica em todo o mundo, e foi citado em quinto lugar entre os “25 Festivais para se ir antes de morrer” segundo a Inthemix.com, importante portal australiano especializado em e-music.

A realização do Dream Valley Festival é uma parceria entre o Grupo GV, Plus Talent e Engage Eventos, três nomes com vasta experiência na realização de grandes festivais.

 

As estrelas

 

Para a segunda edição do DVF já foram escalados grandes nomes da música eletrônica, Djs que tem passagem obrigatória pelos mais disputados palcos do gênero em todo o mundo. Entre os confirmados estão:

 

Afrojack (HOL) – O holandês está entre os nomes mais relevantes da cena eletrônica mundial e tem uma história de vida ligada à música. Começou a tocar piano aos cinco anos de idade e aos 18 sua faixa “In Your Face” já estava na 60ª posição entre as 100 mais tocadas na Holanda, e na 3ª posição entre as 30 faixas de Dance Music mais tocadas em seu país. Este ano sua apresentação no Tomorrowland, na Bélgica, em parceria com David Guetta foi aclamada por milhares de pessoas e Afrojack também foi escalado para o encerramento do Tomorroworld  em Orlando, nos EUA, na ultima semana de setembro de 2013.

 

Ale Rauen (BRA)  – Alessandra Westarb, mais conhecida como DJ Ale Rauen, é mais uma confirmada para o festival. Rauen não só se destaca pela beleza, mas também na hora de colocar a pista para ferver. Com um set envolvente, ela toca o melhor do House Music e Tech House. Agenciada pela Plus Talent, ela está de volta ao Brasil depois de uma viagem para o Coachella Music And Arts Festival, na Califórnia.

 

Betoko (MEX) – É um mexicano de batidas dançantes que circula o mundo com muita propriedade sendo presença festejada nas melhores casas e festivais de e-music. Radicado em Londres, pólo das novidades e palco de tendências eletrônicas, Betoko é produtor de tracksque vêm fazendo a diferença no deep house dos últimos tempos. Entre seus sucessos destaque para hits como“Raining Again” e “U So Fine”, e em suas parcerias estão gigantes da música eletrônica, como Dubfire, M.A.N.D.Y, Steve Lawler, Sven Väth e Marco Carola.

 

Bob Sinclar (FRA) – O Dream Valley Festival anunciou a presença de Bob Sinclair em seu line-up. O francês é um dos grandes nomes do house, e considerado um precursor do estilo no país. Explodiu internacionalmente em 2005 com seu hit“Love Generation, levando seu nome a posições antes inimagináveis, e colecionando o primeiro lugar nas paradas de diversos países, com uma batida mais pop. No ano seguinte, a track “World Hold On” também estourou nas paradas e o consagrou entre os grandes nomes do cenário. Bob coleciona, além desses, outros sucessos, como “Around The World” e “Summer Moonlight”.

 

Digitaria (BRA) – O duo Digitaria é um dos mais recentes e bem-sucedidos ícones brasileiros da música eletrônica. Com dois álbuns lançados, o ex-grupo de house pop virou uma dupla, e vem se apresentando em diversos países da Europa com o EP Masochist, lançado pelo selo inglês Hot Creations. Com umdeep house marcante e a mistura de vocais doces e sensuais, suas apresentações são sempre dançantes e imprevisíveis.

Elekfantz (BRA) – Elekfantz é formado pelos catarinenses Daniel Kuhnen e Leo Piovazani, o primeiro reconhecido DJ e o segundo um baterista amante do blues que entra agora no mundo eletrônico. O produtor é o paulista Gui Boratto. Abrindo caminho na Europa com a música wish, a identidade do grupo era mantida com um leve suspense até recentemente. Agora, com o single Diggin’On You, o Elekfantz inicia uma turnê no Velho Mundo, de onde virá direto para os palcos do Dream Valley Festival. O DJ Solomun foi o primeiro a remixar o single da dupla, e sua versão atingiu rapidamente 100 mil plays em seu soundcloud antes mesmo do lançamento oficial.

Gui Boratto (BRA) – Considerado como o principal produtor de música eletrônica do Brasil, Gui Boratto também está confirmado para o festival.  Dono do selo musical D.O.C (Denominazione di Origene Conttrolata), suas músicas já foram tocadas e remixadas por DJs consagrados internacionalmente, como Deep Dish, Tiefschwarz, Hernan Cattaneo

 

Hardwell (HOL ) – Com apenas 24 anos, Hardwell é o sexto melhor Dj do mundo na lista dos Top 100 Clubs Dj Mag, e o nome mais ascendente da cena eletrônica mundial na atualidade. Adorado nos quatro cantos do mundo, tem no seu currículo remixes para lendas como Steve Angello e Chuckie. Suas passagens por eventos como Ultra Music Festival, Miami, ou Tomorrowland, na Bélgica, são avassaladoras, verdadeiros momentos históricos. No Dream Valley Festival 2012, no encerramento do evento, Hardwell hipnotizou os milhares de “dreamers” que que à luz do sol  viveram um momento apoteótico ao som de ‘Spaceman’, um de seus maiores sucessos. 

 

Kaskade (USA) – Indicado ao Grammy, Kaskade foi o 1º DJ a tocar como atração principal no famoso Staples Center, em Los Angeles. Residente da Marquee Las Vegas, ele faz mais de 200 apresentações por ano. Com sete álbuns gravados em estúdio, possui parcerias com Lady Gaga, Beyonce, Skrillex, Justin Timberlake, Deadmau5. Hits como “Eyes”, “Fire in Your New Shoes” e “Turn It Down” são obrigatórios em seu repertório repleto de sucessos.

 

Loco Dice (ALE) – O nome já diz tudo. Seja em seus sets ou em suas produções, mescla a sensibilidade em grooves do hip hop, sua marca registrada, numa performance marcante. Talentoso, já colaborou com grandes nomes da música, como Snoop Dog e Usher, além de discos lançados por labels como Cadenza e Cocoon. É presença confirmada no Rock in Rio 2013.

 

Marcelo CIC (BRA) – Autor do tema do Dream Valley Festival, é um representante de uma nova geração de Djs brasileiros e é conhecido por performances vibrantes apresentadas com carisma  incomum. Integrante do projeto ‘’Ask2Quit’, seus remixes para as tracks ‘’I feel for You’’, de Chaca Khan, e“Time for My Rhodes’’, para Carl Cox, estão entre seus maiores sucessos, e entre os parceiros de palco estão nomes como David Guetta, Steve Angello, Axwell, Fatboy Slim, Armin Van Buuren, Calvin Harris, Avicii, Alesso, Hardwell, Nicky Romero e Gui Boratto.

 

Mario Fischetti (BRA) – Um dos DJs de maior destaque no país e responsável pela criação do tema do festival em 2012, Fischetti possui longa trajetória internacional e é atualmente um fenômeno de vendas no iTunes com seu novo álbum – Ibiza 2013. O DJ também é conhecido por ser residente do melhor club do mundo – o Green Valley.

 

Nervo (AUS) – As australianas Miriam e Olivia Nervo, que formam o aclamado projeto NERVO, encantam tanto pela beleza quanto pelas músicas. As artistas têm um talento único, colecionando muitos hits famosos como “You’re gonna love again”, “Hold’ on” e “We’re all no one”, além de realizarem parcerias com diversos nomes importantes do cenário eletrônico, como Steave Aoki e Afrojack. As ex-modelos demonstraram uma mistura mágica e certeira de simpatia, descontração e irreverência no palco.

 

Robert Dietz (ALE) – Dietz nasceu em Frankfurt, terra dominada por gigantes da face underground do universo eletrônico e tem como inspiração nomes como Sven Väth e Ricardo Villalobos. Queridinho de selos como Cadenza Vagabundos, Cocoon e Desolat, ele é atração frequente nas festas mais badaladas de Ibiza e presença obrigatória em clubs como Sankeys, Ushuaia e Space no verão da ilha espanhola.

 

Rodrigo Vieira (BRA) – Residente do Green Valley, Rodrigo é o único residente brasileiro do Ultra Music Festival, de Miami, EUA. Ele também se apresenta nos maiores festivais do país como Rio Music Conference, MOB Festival (onde é residente), Rock in Rio e Dream Valley Festival. Fora do Brasil foi destaque no Coachella (EUA), este ano.

 

Steve Angello (SUE) – Reconhecido por todo o universo eletrônico como um verdadeiro “guru” do e-music. É uma das figuras mais respeitadas, e um dos mais requisitados nomes da música eletrônica na atualidade. Em seu portfólio de sucessos, destaque para hits como “Show me Love” e “Open Your Eyes”,além de “Tell Me Why”, com Axwell  e“Woz Not Woz” com Eric Prydz. Angello também fez parte do aclamado e lendário grupo de house music Swedish House Mafia, em parceria com Axwell e Sebastian IngrossoRecentemente figurou como #3 na DJ Ranking da France Eletro World e em #14 no Top 100 DJ Poll da DJ Magazine, importantes rankings do e-muisc.

 

Sven Väth (ALE) – O Dj e produtor é um nome evidente na cena e um dos mais populares DJs do mundo. Famoso no universo  underground, em especial nos tradicionais clubs europeus, ele é considerado o “rei do techno” e reconhecido no Brasil como “Papa”. Dono do selo “Cocoon”, ele é responsável há quase uma década por uma das melhores festas de Ibiza, a ilha espanhola que nunca dorme e que dita tendências da música eletrônica para o mundo. Sven Väth tem parceria com grandes nomes do e-music com destaque para feras como Loco Dice, Dubfire, Ricardo Villalobos e Adam Beyer.

Tale Of Us (ITA) – Projeto formado pelos DJs italianos Karm e Matteo que atualmente moram em Berlim, centro efervescente do e-muisc. A dupla está reescrevendo o cenário do deep housecom suas influências de techno, house, e do mundo pop sendo acalmada em pistas conceituais da Europa e chegando com muito respeito nas Américas.

 

TINI (ALE) – Um dos nomes mais aclamados na cena tech-house, a DJ Tini carrega em sua bagagem apresentações em vários clubs e festivais pelo mundo.

 

Victor Ruiz & Any Mello (BRA) – Revelação da cena nacional na atualidade. Em parceria com Any Mello, Victor Ruiz tem ditado novas tendências mostrando sets cheios de personalidade. Seguindo a linha techno, o projeto áudio visual mais requisitado do momento é conduzido pela habilidade sonora de Victor aliado à sensibilidade de Any e suas imagens hipnóticas. O resultado é uma sincronia  que dita a interação com o público e faz todo mundo dançar.

 

W&W (HOL) – É conhecido por realizar um som “trance”, com participação em diversos festivais pelo mundo e nas principais edições da turnê ASOT600.Seu primeiro hit “mustang” obteve muito sucesso, sendo tocado por DJs como Armin van Buuren e Markus Schulz. Outras tracks também são muito conhecidas, como “Thunder”, “Alpha” e “The code”. A faixa de abertura da apresentação de Dj Hardwell no Tomorrowland 2013, foi criada em parceria com os holandeses. Intitulada “Jumper”, saiu da gravadora Revealed, do próprio Hardwell.

 

Zedd (ALE) – Atualmente com apenas 23 anos, fez uma brilhante participação na primeira edição do Dream Valley Festival. O prodígio carrega em seu currículo uma extensa lista de colaborações para grandes nomes da música: Lady Gaga, Skrillex, Swedish House Mafia, Diddy Dirty Money, entre outros. Suas tracks de sucesso são influenciadas pelo dubstep e prog-house. Zedd foi quem produziu o recente álbum experimental “ARTPOP”, de Lady Gaga. Sempre figurando como sensação do e-music em todo o globo, parcerias como a com a cantora Foxes, do hit “Clarity”, está atualmente entre os Top 10 da Billboard.

 

 

SERVIÇO:

O que: Dream Valley Festival 2013

Onde: Beto Carrero World | Penha/SC

Quando: 15 e 16 de novembro

Atrações já confirmadas:

 

Afrojack (HOL); Ale Rauen (BRA); Betoko (MEX); Bob Sinclar (FRA); Digitaria (BRA); Elekfantz (BRA); Hardwell (HOL ); Kaskade (USA); Loco Dice (ALE); Marcelo CIC (BRA); Mario Fischetti (BRA); Nervo (AUS) ; Rodrigo Vieira (BRA), Robert Dietz (ALE);  Steve Angello (SUE) ; Sven Väth (ALE) ; Tale Of Us (ITA); TINI (ALE); Victor Ruiz & Any Mello (BRA); W&W (HOL); Zedd (ALE) 

 

Ingressos: www.livepass.com.br

 

RECEBA NOVIDADES NO E-MAIL

Deixe um comentário

Brand Channel

Alphabeat lança homenagem a hit country e primeiro remix da GR6

Kiko Franco (foto), Double Z e G Dom remixam “Amar Amei”, enquanto Dudu Linhares e Lipe Forbes trazem “Cotton Eye Joe”

Alphabeat Records

Publicado há

Kiko Franco e Woak
Kiko Franco. Foto: Divulgação

Os os dois lançamentos de hoje da Alphabeat Records trazem propostas e pegadas bem diferentes entre si. Dudu Linhares e Lipe Forbes vêm com “Cotton Eye Joe”, enquanto Kiko Franco, Double Z e G Dom pintam com um remix para “Amar Amei”, do MC Don Juan.

“Cotton Eye Joe” é uma homenagem à banda sueca Rednex, que em 1994 emplacou o hit country de mesmo nome. Amigos desde a infância, Lipe Forbes e Dudu Linhares se juntaram mais uma vez no estúdio, e a música acabou vindo meio por acaso.

Em uma de suas jams, quando estavam produzindo uma track, surgiu a ideia de homenagear “Cotton Eye Joe”, que marcou a infância dos dois produtores. Ao colocar o vocal da música original para tocar por cima da base em que estavam trabalhando, tiveram uma surpresa — as músicas encaixaram como uma luva.

   

Do outro lado, Kiko Franco se uniu com o duo Double Z e com o jovem produtor paulista G Dom para fazer o remix oficial de “Amar Amei”, faixa de sucesso do MC Don Juan, lançada no ano passado. Com isso, os três projetos emplacaram o primeiro remix autorizado pela GR6, famoso selo/produtora de funk brasileiro.

O remix já tem sido tocado pelo Brasil todo, presente já há um tempinho em sets de grandes artistas da música eletrônica nacional.

    

+ CLIQUE AQUI para conferir mais conteúdo da Alphabeat Records

Continue Lendo

Notícia

Cheio de brasilidade, DANNE lança collab com Brazyleros

Releitura do compositor baiano Carlinhos Cor das Águas traz a voz de Neila Kadhí

Phouse Staff

Publicado há

Não vá embora
DANNE. Foto: You've Got Flashed/Divulgação

Conhecido pelo estilo singular de suas produções, DANNE acaba de lançar “Não Vá Embora”, uma collab com o duo Brazyleros e a voz de Neila Kadhí. Trata-se de uma releitura da canção de Carlinhos Cor das Águas, lançada em 2001 no álbum Aldeia. Aqui, a tradicional música em voz e violão do cantor e compositor baiano virou um brazilian bass pesado, sem perder a sua essência verde e amarela.

Instrumentos musicais de percussão tipicamente brasileiros, como o reco-reco e o ganzá, ganham destaque na faixa, que mistura elementos da música popular brasileira com a música eletrônica — marca registrada do DANNE. A nova produção se destaca pela batida marcante, pela melodia e também pelo belo vocal de Neila Kadhí, que, imprime uma identidade incrível para a música.

+ “Ela é de SP” ganha EP de remixes

“A ideia de fazer essa versão eletrônica veio do Wallas, um dos integrantes do Brazyleros, e logo de cara já fiquei encantando pelo vocal da Neila. A composição é do baiano Carlinhos Cor das Águas e tem tudo a ver com o que proponho a fazer, de sempre valorizar a música brasileira nas minhas produções”, ressalta DANNE, em contato com a Phouse.

A música conta ainda com vários samples inusitados, como sons de trovão e fogos de artifício. O DANNE ainda deu uma saída da zona de conforto pra mandar um backing vocal inusitado em alguns momentos dos drops, e também no final do break.

 

Continue Lendo

Notícia

Viagem no tempo: assista ao show de Hardwell com a Metropole Orkest

Show foi o último de Hardwell antes de entrar em período sabático

Phouse Staff

Publicado há

Hardwell Metropole Orkest
Foto: Reprodução

Hardwell comandou ontem, no Ziggo Dome, em Amsterdã, seu último show antes de entrar em um período sabático. E não foi qualquer show. O DJ sincronizou suas batidas com os músicos da Metropole Orkest, híbrido de orquestra sinfônica com banda de jazz, famosa por tocar clássicos da música pop.

Com pouco mais de duas horas de duração e transmissão ao vivo pela web, a chamada Symphony se propôs a passear pela história da dance music com sua “Time Pyramid” (pirâmide do tempo), e foi dividida em três atos: 1978 a 1998, 1998 a 2008 e 2008 a 2018.

+ Último show de Hardwell antes do hiato será transmitido pela web

Assim, os dois primeiros atos foram pra encantar qualquer fã do gênero, navegando por clássicos como “I Feel Love”, “Sweet Dreams”, “Thriller”, “Strings of Life”, “Show Me Love”, “Insomnia”, “Music Sounds Better With You”, “Pump up the Jam”,  “Rhythm is a Dancer”, “Born Slippy”, “Children”, “Satisfaction”, “Pjanoo” e “Adagio for Strings”. Em todos esses hits, o DJ mixava os beats e alguns synths e vocais, enquanto a orquestra abrilhantava as músicas com seus mais de 50 instrumentistas e um trio de cantores.

Já o terceiro ato, apesar de abrir com “Get Lucky”, do Daft Punk, foi muito mais Hardwell e EDM. A orquestra praticamente não teve participação — a não ser pelo início e pelo final, e pelos vocalistas —, e o DJ emendou inúmeros hits de nomes como Swedish House Mafia, Avicii (com direito a homenagem, claro), David Guetta, Calvin Harris e Martin Garrix, além de algumas de suas próprias produções. O show foi encerrado com “Conquerors”, collab entre Hardwell e a própria Metropole Orkest, lançada em maio pela Revealed.

Confira como foi esse showzaço na íntegra, no player abaixo:

Hardwell & Metropole Orkest – Symphony [full liveset]

Thank you guys for fulfilling my dream! Music is the most universal language 🙌 I will be back! 🎉

Posted by Hardwell on Thursday, October 18, 2018
“Obrigado a todos por realizarem meu sonho. A música é a linguagem mais universal. Eu voltarei!”, escreveu o DJ em sua postagem.


Continue Lendo

Publicidade

Sundance (300×250)
Brazillian Bass 300×250

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse

Translate »
EOL Festival pop up