fbpx
Electric Forest 2018

Electric Forest tem permissão para operar por mais 10 anos aprovada

A produtora Madison House obteve aprovação de conselho local para a ampliação do festival

A Madison House, empresa responsável pela produção do Electric Forest, obteve no último dia 05 o aval para seguir realizando o evento por mais dez anos. Por 5 votos a 2, a assembleia da vila de Rothbury, em Michigan, Estados Unidos, decidiu pela manutenção da autorização.

Além disso, agora os organizadores podem realizar um dia a mais de rolê. Em 2020, o público já poderá ter acesso ao local a partir da terça-feira. Anteriormente isso só era possível na quarta. No entanto, a partir de agora a vila passa a cobrar uma taxa que aumenta anualmente, mas não passará dos US$7,50 por ingresso vendido.

Em seus primórdios, o Electric Forest se chamava Rothbury Festival, mas foi rebatizado em 2011. O festival completa dez edições no ano que vem, entre os dias 25 e 28 de junho.

+ LEIA TAMBÉM: Pai pede por últimos sets ouvidos por seu filho no Electric Forest

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS