Electric Forest 2018

Electric Forest tem permissão para operar por mais 10 anos aprovada

A produtora Madison House obteve aprovação de conselho local para a ampliação do festival

A Madison House, empresa responsável pela produção do Electric Forest, obteve no último dia 05 o aval para seguir realizando o evento por mais dez anos. Por 5 votos a 2, a assembleia da vila de Rothbury, em Michigan, Estados Unidos, decidiu pela manutenção da autorização.

Além disso, agora os organizadores podem realizar um dia a mais de rolê. Em 2020, o público já poderá ter acesso ao local a partir da terça-feira. Anteriormente isso só era possível na quarta. No entanto, a partir de agora a vila passa a cobrar uma taxa que aumenta anualmente, mas não passará dos US$7,50 por ingresso vendido.

Em seus primórdios, o Electric Forest se chamava Rothbury Festival, mas foi rebatizado em 2011. O festival completa dez edições no ano que vem, entre os dias 25 e 28 de junho.

+ LEIA TAMBÉM: Pai pede por últimos sets ouvidos por seu filho no Electric Forest

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PHOUSE MUSIC
SPOTLIGHT