Elekfantz live

De volta às raízes: Elekfantz cria novo show voltado ao techno

Embrião do "novo Elekfantz" rolou no Ame Club, e agora está disponível online

Quem foi ao Ame Club no dia 30 de março, pôde conferir, além do mestre britânico Pete Tong e do mestre brasileiro Gui Boratto, um novo show do Elekfantz. Por ser fã do complexo Ame/Laroc e amiga do dono Mario Sergio de Albuquerque, a dupla catarinense escolheu a casa fundada no ano passado para mostrar ao mundo sua nova cara.

Agora, a gravação do show foi lançada na web, através do canal Deep Tech Minimal, de Ibiza. A iniciativa partiu de um dos idealizadores da página, Fell Reis, outro amigo do duo. “Há tempos, muita gente pedia a volta de um show mais underground do Elekfantz. Quando surgiu a possibilidade de realizar esse set no Ame, mencionamos com o Fell, e a partir daí surgiu o convite para que eles fizessem a gravação”, conta Leo Piovezani à Phouse.

De acordo com Leo, o show no Ame foi o pontapé inicial para a nova sequência de turnês que ele e Daniel Kuhnen vêm preparando para acompanhar o lançamento do segundo álbum de estúdio. “Agora, começando as novas turnês do novo disco, resolvemos refazer nossos shows. E nada melhor que estrear isso no Ame. Ali foi o primeiro, o teste desse novo set do Elekfantz. É um embrião do show novo, ainda tem toda uma parte nova que não mostramos. E esse novo set tem muito techno, mixagens mais longas, e vários momentos instrumentais, em que eu toco mais synths, mais batera, o Dani tá tocando baixo, o Moog…”, explica.

LEIA TAMBÉM:

“Ao mesmo tempo, a gente conseguiu manter os hits, só que tudo arranjado diferente. Nesse show, eu canto ‘She Knows’, ‘Blush’ e ‘True Heart’, que é uma música nova — além de um trechinho de ‘In The Air Tonight’, do Phil Collins. Eu canto super pouco, e o show volta às raízes do Elekfantz, com uma faceta mais techno. E [da ideia de] a gente também querer estar nos festivais mais underground, porque é o que vai acontecer”, reflete Piovezani.

O músico ainda lembra que os shows originais seguiam justamente essa linha, antes de chegaram ao Brasil. “O Elekfantz sempre teve uma veia techno. Nosso primeiro disco tem uma parte mais underground, e outra mais pop. A partir daí a gente começou a tocar muito em festas de techno na Europa, nos EUA e no Canadá, mas no Brasil, acabou ficando mudando. Como vamos lançar o segundo disco, a gente veio flertando mais com o pop também — foi bem natural, nada ensaiado. Mas mesmo assim, ainda tem bastante coisa relacionada ao techno. E os shows vão mais para esse lado”, continua.

Por mais paradoxal que possa parecer, Leo mostra confiança na ideia de fazer um álbum mais próximo do pop e um show mais voltado ao underground. “Desde o começo do Elekfantz, o show já era diferente do álbum. E vai continuar sendo assim. Vai funcionar tanto para grandes festivais e clubes de techno, quanto em festas mais pop, em que vamos adaptar para continuar focando nas canções que fazem sucesso”, finalizou.

Você pode conferir esse embrião do novo Elekfantz na íntegra pelo player abaixo.

ELEKFANTZ LIVE AT AME

Elekfantz full live show recorded at the beautiful, unique brand new Ame Club 🖤Including some of Elekfantz classic releases, plus new exclusive live versions and some unreleased material. Sit back, relax and enjoy! 🐘🎬

Posted by Elekfantz on Thursday, May 23, 2019

Tracklist:

Elekfantz – Intro
Elekfantz – To the Bone
Elekfantz – Blush (Elekfantz Live Cut)
Gui Boratto – Joker (Elekfantz Live Cut)
Elekfantz – ID
Elekfantz – ID
M.A.S. – True Heart (Elekfantz Rework)
Elekfantz – She Knows (Elekfantz Live Cut)
Elekfantz – The Promise (Nicone Official Remix/Elekfantz Live Cut)
Elekfantz – ID
Elekfantz – ID

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre o Elekfantz

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS