Neon Future
Kita Sovee, personagem baseado em Steve Aoki, em uma das capas do 1º volume de “Neon Future”. Foto: Reprodução

A veia empreendedora de Steve Aoki anda cada vez maior. Depois de anunciar um livro de memórias, o artista pintou agora com dois lançamentos bem diferentes entre si: uma série em quadrinhos e um aplicativo para ginástica.

A história em quadrinhos chama-se Neon Future (assim como os títulos de seus álbuns), e se passa nos Estados Unidos do futuro, três décadas à frente de hoje. Não se trata, no entanto, do clichê dos futuros distópicos, em que a tecnologia se revolta contra a humanidade, mas de um em que ela é vista como algo positivo.

“Uma trama comum é a de que a tecnologia está destruindo a humanidade”, declarou Aoki para a Associated Press. “Os robôs vão nos transformar em escravos, ou a espécie humana vai ser exterminada pela tecnologia. Mas neste caso, nós vamos ser melhorados por ela. Nós usamos a tecnologia para o bem. É outro tipo de história”, comentou.

LEIA TAMBÉM:

Em Neon Future, o governo americano proibiu a tecnologia avançada, o que gerou uma guerra civil entre os aliados — pessoas que integraram a tecnologia em seus corpos — e os inimigos dessas inovações científicas. O líder da resistência é um personagem fisicamente idêntico ao DJ, chamado Kita Sovee (um anagrama de Steve Aoki). “Acredito que um dia vamos acabar nos misturando à tecnologia e virar robôs. Vamos nos transformar em ciborgues, com qualidades super-humanas”, continuou Aoki.

De acordo com a AP, a série — desenvolvida pela Impact Theory Comics e escrita por Jim Krueger — terá inicialmente seis volumes, com a possibilidade de se expandir para, ao menos, outros dois arcos de também seis volumes cada. Os dois primeiros volumes já estão à venda pelo site da editora.

Malhando com Steve Aoki

Praticamente junto com a HQ, o artista lançou o Aoki Bootcamp, um aplicativo para ajudar aqueles que querem se manter com um corpo saudável e em boa forma. “Eu sou o tipo de cara que vai sempre malhar, onde quer que eu esteja — no camarim de um festival ou no meu quarto de hotel”, revelou Aoki, agora em outro release para a imprensa.

“Tenho postado meus exercícios nas redes sociais e as pessoas têm se manifestado bastante, então percebi que eu realmente queria disponibilizar meus treinos para que todo mundo possa participar”, explicou. Como a ginástica não requer nenhum tipo de equipamento especial, pode ser feita de qualquer lugar.

O app está disponível pela App Store e o Google Play, através de uma assinatura de $12,99 por mês (cerca de R$ 50,00) ou $99,99 por ano (pouco mais de R$ 300,00).

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Martin Garrix solta faixa com Macklemore e vocalista do Fall Out Boy

“Summer Day” mistura disco music, rock e rap

Treta: CHVRCHES cobra marshmello por colaborar com Chris Brown e Tyga

Cantor reage, e sua base de fãs faz comentários raivosos e ameaças de morte ao trio escocês

EDC lança coletânea para promover edição de 2019

Festival começa nesta sexta-feira, 17, e terá transmissão ao vivo na web

30 anos de techno nas veias: conheça o espanhol Oscar Mulero

DJ toca no D-EDGE neste sábado, em passagem única pelo Brasil

Première: Aryela – Wrong Way Around

Faixa marca nova fase da DJ e produtora de São Paulo

Novo EP de Ratier traz remixes de Ney Faustini e a.84

“Atacama” saiu nessa última sexta-feira, via D-EDGE Records

Kraftwerk fará primeiro show em Ibiza de sua história

A apresentação será parte da celebração dos 20 anos da Cocoon, de Sven Väth

Teles e Jorge Pyerre lançam single pela Alphabeat

“Grateful” é o resultado da collab entre os dois artistas

Confira o cronograma completo do DGTL São Paulo

Horários dos três palcos e do after foram revelados

Segundo single póstumo de Avicii será lançado nesta sexta

Em novo filme, Vargas & Lagola explicam como surgiu a colaboração com o falecido DJ