musica bom pro cerebro

Estudo diz que música sem vocal é melhor para a função cognitiva e produtividade

A noção que a música de modo geral melhora as funções cognitivas e a produtividade não é novidade. Mas poucos sabem como a música impacta a cognição, ou simplesmente a capacidade de estimular o lado esquerdo e direito do cérebro.

Carol A. Smith e Larry W. Morris da Middle Tennessee State University recentemente conduziram um estudo sobre os efeitos da música no cérebro, apontando que estudantes que ouviram suas músicas preferidas durante uma prova não tiveram pontuação tão alta como os estudantes que escutaram música “sedativa”. Vocais, particularmente das músicas familiares e preferidas, normalmente distraem por incitar certas memórias e emoções. O impacto direto dos vocais mudam de um indivíduo para o outro, entretanto, é maior ameaça para a concentração de acordo com o estudo conduzido por Anna Bradley e Adrian Furnham da University College London.

Iman Ghosh, o calouro de Knox College, concorda: “Eu ouço música eletrônica como techno, ás vezes dubstep, mas somente música que não tem letras e canções, porque se tem letras e canções eu não consigo me concentrar”.

Letras à parte, a música também pode agir sobre a função cognitiva baseada no seu tom. Em 2002, um grupo de crianças de sete à dez anos foi submetido à uma série de testes de aritmética e memória ouvindo música suave. Depois fizeram uma segunda etapa ouvindo música mais agressiva, e uma terceira etapa em silêncio total. O estudo revelou que os estudante tiveram melhor desempenho quando ouviam música mais serena, embora a personalidade de cada estudante não tenha afetado o estudo.

The Knox Student

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS