Fim de uma era: desenvolvedores do MP3 anunciam a morte do formato

O MP3 está morto. Ao menos, para seus criadores. O Fraunhofer Institute for Integrated Circuits, instituição alemã que financiou o desenvolvimento do MP3 nos anos 80, anunciou que o licenciamento do formato está encerrado, marcando o fim de uma era que teve na sigla a opção mais popular para o consumo de música digital por quase vinte anos.

Isso não significa, evidentemente, que os incontáveis arquivos .MP3 existentes subitamente vão deixar de existir, mas que gradualmente outros tipos de compressão de áudio vão substituí-lo daqui pra frente, levando eventualmente ao seu um desuso. O instituto reconhece que o MP3 ainda é muito popular no mercado, mas que hoje em dia já não supre mais a demanda por qualidade.

À NPR, Bernhard Grill, diretor do Fraunhofer, declarou que a bola da vez é o AAC — “Advanced Audio Coding”. Segundo Grill, o AAC “é mais eficiente que o MP3 e oferece muito mais funcionalidades”, sendo já “o modelo padrão para download de áudio e vídeo em smartphones”.

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed