Gui Boratto Pentagram
Disco sucede “Abaporu”, de 2014

Nesta sexta-feira, enfim foi lançado via Kompakt o aguardado quinto álbum de estúdio de Gui BorattoPentagram. Em menos de uma hora, o LP traz 12 faixas de um Boratto inspirado e que parece saber exatamente o que está fazendo e onde quer chegar, em um caldeirão de referências que vão desde as bandas de synth pop dos anos 80 (como New Order, Depeche Mode e Tears For Fears) a produtores vanguardistas de hoje em dia, como James Holden — passando ainda, é claro, pela escultora brasileira Lygia Clark, que influenciou no conceito visual do disco.

No BRMC, o músico já havia falado das influências estéticas que o levaram ao conceito da obra, que carrega uma ampla bagagem de arquitetura (formação acadêmica de Gui), geometria e design. “Eu queria transmitir o ponto de vista do pentagrama científico: não é algo religioso“, disse agora, em release de imprensa. A última faixa do disco, “618”, tem exatos seis minutos e 18 segundos, e iguala com a proporção áurea do pentagrama.

+ No BRMC, Gui Boratto revela detalhes de seu quinto álbum de estúdio

A música é dinâmica, maximalista e viajante, repleta de musicalidade. Como já havia dito — também no painel do BRMC —, este é seu álbum mais orgânico, recheado de instrumentos acústicos, sobretudo cordas e instrumentos de orquestra, mais notáveis em “Scene 2”, que tem uma pegada jazz. Há também sintetizadores modulares, como o clássico Buchla. Em “Overload”, Luciana Villanova, que já participou em canções como “Beautiful Life” e “No Turning Back”, volta a emprestar sua voz a uma produção do marido.

Ouça Pentagram:

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Swedish House Mafia abre loja virtual por apenas três horas

Loja fica aberta das 14h às 17h de Brasília

Ouça o som de CIC que conquistou gigantes da EDM

“Bring It True” coleciona suporte de DJs como Tiësto, Garrix e Sam Feldt

Ouça “SOS”, o 1º single do álbum póstumo de Avicii

“SOS” traz o vocal de Aloe Blacc

“Neutralizar expectativas é a essência de tudo”

A empresária e booker Larissa Correia fala sobre o trabalho à frente da agência Liminal

Conheça um pouco sobre cada artista da 1ª Levels de 2019

Ryan Elliot, Ratier, Apoena, Tarik e Lucas Matos formam o time para o final de abril

Ouça “No Geography”, o nono álbum de estúdio do Chemical Brothers

“No Geography” foi lançado na última sexta, via Virgin EMI/Universal Music

Família anuncia ONG em nome de Avicii

A chamada Tim Bergling Foundation focará em questões relacionadas à saúde mental

Em grande fase, Club Vibe traz artistas renomados a Curitiba

Nomes como Marc Houle, Recondite e The Black Madonna estão escalados para as próximas aberturas

Swedish House Mafia emplaca a música mais icônica da história do Tomorrowland

Com mixagem de Laidback Luke, as cem músicas mais votadas pelo público foram reveladas nesta quinta

Pelo 2º ano seguido, Alok representa o Brasil no Top 100 da Billboard

Ranking é semelhante ao de 2018, com entradas pontuais e mudanças de posição