Gui Boratto Pentagram
Disco sucede “Abaporu”, de 2014

Nesta sexta-feira, enfim foi lançado via Kompakt o aguardado quinto álbum de estúdio de Gui BorattoPentagram. Em menos de uma hora, o LP traz 12 faixas de um Boratto inspirado e que parece saber exatamente o que está fazendo e onde quer chegar, em um caldeirão de referências que vão desde as bandas de synth pop dos anos 80 (como New Order, Depeche Mode e Tears For Fears) a produtores vanguardistas de hoje em dia, como James Holden — passando ainda, é claro, pela escultora brasileira Lygia Clark, que influenciou no conceito visual do disco.

No BRMC, o músico já havia falado das influências estéticas que o levaram ao conceito da obra, que carrega uma ampla bagagem de arquitetura (formação acadêmica de Gui), geometria e design. “Eu queria transmitir o ponto de vista do pentagrama científico: não é algo religioso“, disse agora, em release de imprensa. A última faixa do disco, “618”, tem exatos seis minutos e 18 segundos, e iguala com a proporção áurea do pentagrama.

+ No BRMC, Gui Boratto revela detalhes de seu quinto álbum de estúdio

A música é dinâmica, maximalista e viajante, repleta de musicalidade. Como já havia dito — também no painel do BRMC —, este é seu álbum mais orgânico, recheado de instrumentos acústicos, sobretudo cordas e instrumentos de orquestra, mais notáveis em “Scene 2”, que tem uma pegada jazz. Há também sintetizadores modulares, como o clássico Buchla. Em “Overload”, Luciana Villanova, que já participou em canções como “Beautiful Life” e “No Turning Back”, volta a emprestar sua voz a uma produção do marido.

Ouça Pentagram:

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Conceituado engenheiro de áudio soma em 1º álbum de produtor de techno brasileiro

Em Berlim, VAntônio consegue o reforço de Hannes Bieger para finalizar “Humano”

Liu lança homenagem ao mestre do surrealismo

Single homenageia o clássico pintor espanhol Salvador Dali

EXCLUSIVO: Kolombo está confirmado para o Chilli MOB Cruise 2020

Maior festival de música eletrônica em alto mar da América Latina já tem data para o próximo ano

BURN Residency Brasil abre inscrições para 2019

Nesta edição, o programa será apenas a nível nacional

Veterano do techno de volta ao Brasil: saiba mais sobre Paco Osuna

Em nova passagem pelo país, DJ espanhol toca no D-EDGE e no Warung Beach Club

Kiko Franco, Wolsh e Rozzen colaboram em “Make You Mine”

Som é o mais novo release da Alphabeat Records

5 sonzeiras de techno recomendadas por Anderson Noise

Expoente do techno nacional compartilhou cinco tracks com a Phouse

XXXPERIENCE anuncia parceria com o Universo Paralello

Famoso palco do festival baiano, o UP Club será exportado para Itu

Ibiza terá novo clube underground

Octan Ibiza vai promover artistas menores de house e techno

Confira as primeiras atrações confirmadas para o AMF Festival 2019

Quatro grandes DJs foram revelados neste momento