Notícia

Herói? Aparentemente, Chance The Rapper acaba de salvar o Soundcloud

Se por um lado pode ter havido certa precipitação ao se cravar que o Soundcloud estava à beira do colapso — o site foi diagnosticado com apenas 50 dias de vida pelo TechCrunch; a empresa negou —, é fato que a plataforma encontra-se em uma situação financeira bem delicada [sendo eufemístico]. Durante esta semana, o “Caso Soundcloud” se intensificou, com o fechamento de escritórios e demissões em massa, e ex-funcionários fazendo acusações graves nessa esteira, o que deu origem aos fortes rumores de falência — e sobrou até pros brasileiros.

+ Fim do Soundcloud? Demitidos expõem cenário caótico, e empresa se defende

+ Mais Soundcloud: brasileiros são acusados de causar tumulto na companhia

O YourEDM.com já tinha tentado colocar panos quentes, justificando que ainda tinha muita pedra pra rolar, e que seria possível para o Soundcloud encontrar investidores para ganhar uma sobrevida. Essa ajuda, no entanto, parece estar vindo de onde menos se esperava. Ontem, o Chance The Rapper twittou que estava “trabalhando no lance do Soundcloud”. Se aquele único tweet não chegava a ser uma notícia relevante — afinal, poderia muito bem ser apenas uma brincadeira —, nesta tarde a parada ficou séria: Chance acaba de comunicar que teve uma conversa “longa e muito frutífera” com Alex Ljung, CEO da companhia. “O Soundcloud está aqui pra ficar”, finalizou o rapper.

Há cerca de meia hora, também pelo Twitter, o Soundcloud confirmou as boas novas: “*Soam as trombetas* Espalhe a notícia: a sua música não está sendo despejada. Nem nós”.

Até o momento desta publicação, nenhum outro detalhe foi comunicado, mas tudo leva a crer que Chance teria justamente acertado um investimento para resgate da empresa. A carreira do artista se desenvolveu e explodiu de forma independente através da plataforma, pela qual ele vem mostrando bastante gratidão, não de hoje. Em fevereiro, em seu discurso da vitória no Grammy, ele fez questão de agradecer ao serviço; antes disso, em 2016, sua conceituada mixtape Coloring Book [ouça abaixo] havia sido disponibilizada de graça no site. Além de tudo, The Rapper tem feito investimentos e doações importantes — a mais notável, quando doou um milhão de dólares a um colégio público de sua cidade, Chicago, em março.

Como os fãs vêm comentando no Twitter, nem todos os heróis usam capa…

* Flávio Lerner é editor-assistente na Phouse; leia mais de suas colunas.

LEIA TAMBÉM:

“Cultura techno” de Zurique é nomeada “herança cultural intangível”

O Seth Troxler profanou o Templo com um loop de funk; queimem o herege!

A Jovem Pan e o “jornalismo” que atrasa a música eletrônica no Brasil

Quem ainda tem medo da música eletrônica?

Plusnetwork, Entourage, Lula, Bolsonaro e a guerra de egos na cena eletrônica

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed