IFPI Digital Music Report 2017 aponta crescimento na receita de música na América Latina

Nesta semana, dia 25 de abril, a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI) divulgou o relatório anual da indústria da música digital, o IFPI Digital Music Report. De acordo com o relatório, a receita de música na América Latina manteve sua posição dos últimos sete anos sobre outras regiões do mundo, crescendo inclusive 12% em 2016.

Atualmente, a América Latina possui o maior aumento na receita de música se comparado as demais regiões do planeta. A música digital representa hoje metade do mercado total na América Latina, onde houve também um aumento de 57% na receita de streaming.

Para Will Page, diretor de economia do Spotify, sua empresa está obtendo hoje resultados positivos no mercado, almejados há dez anos. “O que o Spotify se propôs a fazer há dez anos está finalmente acontecendo. A indústria da música está crescendo, graças ao crescimento do streaming, e o Spotify – como o maior player em música por assinatura – está impulsionando esse crescimento.”

 “A história de sucesso do Spotify expandiu além dos mercados já estabelecidos, com o Brasil e o México agora formando dois de nossos quatro principais países no mundo todo, em termos de alcance. Quando o setor teve um pico em 2000, o Brasil e o México eram o 7º e 8º maiores mercados do mundo, respectivamente. O aumento da adoção de smartphones (atingindo muito mais pessoas do que os CDs já fizeram), combinado ao sucesso do Spotify, cria o potencial para que esses mercados emergentes cresçam mais ainda e excedam os picos anteriores”, completa Page.

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed