This is my Flow

ILLUSIONIZE estreia na Dirtybird com “melhor música que já fiz”

"This Is My Flow" faz parte do projeto de expansão internacional do artista

Depois de dividir seus últimos lançamentos entre a Armada Music e sua própria label, Elevation, ILLUSIONIZE estreou nesta sexta-feira em outra grande gravadora internacional: a Dirtybird Records, de Claude VonStroke.

E não se trata de apenas mais um lançamento. Segundo o próprio Pedro Mendes, “This Is My Flow” é nada menos que a melhor produção já feita por ele. “Esta é a melhor música que eu fiz até hoje, em termos de técnica e de energia. Primeiro, eu peguei um noise, um timbre, e depois transformei isso na música que estamos ouvindo hoje. Há alguns anos, eu era leigo em termos de produção, então, esta música representa claramente a minha evolução. Tenho muito orgulho de falar que ‘This is My Flow’ é a música mais completa que eu tenho até hoje, em todos os sentidos, tanto que tornou-se a minha preferida atualmente”, explicou o artista à Phouse.

A assinatura pela Dirtybird vem em um bom momento, já que o ILLUSIONIZE está focando agora em ampliar seu alcance no mercado internacional; mas o namoro já é antigo. “Essa parceria começou em 2014, quando enviei a ‘Bass’ para o Claude VonStroke. Ele respondeu uns meses depois dizendo que queria a track, mas eu já havia lançado pela Bunny Tiger. Mandei algumas outras músicas pra eles, mas sempre que eles respondiam, eu já tinha assinado com outras labels”, contou.

“Nesses três anos, não enviei mais música, pois senti que nenhuma se encaixaria com o selo — até eu produzir a ‘This is My Flow’. Eu sabia que tinha chegado o momento, e, assim que a enviei, já estava convicto de que daria certo. Dessa vez, decidi esperar, pois sabia que eles responderiam logo com a confirmação!”, continuou o artista.

“A Dirtybird Records é um selo muito respeitado no exterior, além de ser uma label em que eu me identifico muito, pela parceria que os artistas têm entre si, pelo próprio Claude VonStroke, além de todas as pessoas que estão envolvidas com a gravadora. A Dirtybird vai além, é uma família. Isso me inspira e é algo que eu também quero fazer aqui no Brasil, com a Elevation Music Records. Só de estar junto com eles, já é muito benéfico e satisfatório”, concluiu.

Turnê na Ásia e expansão internacional

ILLUSIONIZE no S20 Festival, na Tailândia. Foto: Divulgação

Na primeira quinzena de abril, ILLUSIONIZE passou pelo VOLAR Club, em Hong Kong, e ainda tocou no S2O Festival, em Bangkok, na Tailândia, ao lado de grandes nomes internacionais, como Fatboy Slim, Tiësto e Steve Aoki. Assim como a faixa pela Dirtybird, a minitour asiática faz parte do projeto de expansão de carreira no mercado internacional, que já havia contado com apresentação nos Estados Unidos em janeiro. “Percebi que era o momento de trabalhar minha carreira no exterior quando tive minha primeira oportunidade de me apresentar lá fora… Foi quando vi que minha música era consumida em vários lugares do mundo, não apenas aqui no Brasil”, destacou.

Com uma agenda de shows e compromissos lotada, o produtor vem intercalando seu foco no Brasil e no exterior. “É bem balanceado, na verdade, mas hoje, a falta de tempo às vezes acaba sendo uma das maiores dificuldades. Não vejo isso com maus olhos, mas como um momento da minha vida que preciso passar — em outras palavras, aprendizado”, acrescentou. “A turnê na Ásia foi inesquecível! Tive uma recepção extremamente calorosa e adorei conhecer um pouco mais sobre a cultura dos países que passei! Agora sigo animado, porque em julho vamos para França e Dublin [Irlanda], e em agosto, Amsterdã”, encerrou o DJ.

* Flávio Lerner é editor da Phouse.

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PHOUSE MUSIC
SPOTLIGHT