Classe média

Jeff Mills afirma que música eletrônica virou fenômeno de classe média

Pioneiro do techno compartilhou sua visão ao France24

Lenda viva do techno e agente com ampla visão das transformações que ocorreram no cenário ao longo das últimas décadas, Jeff Mills afirmou recentemente que a música eletrônica perdeu seu componente político e virou um fenômeno de classe média.

“A música, especialmente a dance music, costumava ser mais politizada. A composição das pessoas nos anos 1970 e início dos anos 80 era muito misturada entre gays e heterossexuais, pessoas de todos os lugares, era um caldeirão”, declarou, em entrevista ao France24. Segundo o DJ, isso “facilitou o debate sobre ideias como violência, brutalidade e racismo”, mas agora “a música eletrônica é feita principalmente por um certo tipo de pessoas, tipicamente de classe média, que provavelmente tem um estilo de vida bastante confortável”.

+ LEIA TAMBÉM: Jeff Mills lançará álbum para celebrar os 50 anos do 1º homem na Lua

Em outro momento da entrevista, ele fala sobre a função de escapismo da cultura eletrônica: “As pessoas vão a festas porque querem se isolar por algumas horas no meio da noite e não querem pensar no presidente americano — elas não querem pensar em pessoas morrendo na fronteira com o México ou em terrorismo”.

Mais ao fim, o DJ e produtor americano argumentou que a música pop “grudenta” tomou conta das pistas de dança, das rádios e dos fones de ouvido do mundo todo. Para ele, na sociedade atual “mais pessoas gostam de música pop, simples, fácil e chiclete, em vez de música profunda que possui uma mensagem”.

  • Patrocinado: Clique aqui para inscrever-se no Burn Residency 2019 e ter a oportunidade de alavancar a sua carreira.
Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS