Koradize

Conheça o Koradize, duo que está conquistando os fãs de tech house do Brasil

Com apenas um ano como dupla, o projeto emplacou nesta sexta seu segundo lançamento: “Baile da Roosevelt”, pela HUB Records

* Por Isabela Junqueira

** Edição e revisão: Flávio Lerner

Há cerca de um ano, os amigos de longa data Pietro Soldera e Breno Loschi acertaram quando sentiram a necessidade de se complementarem musicalmente. Breno acabou entrando no projeto solo criado em 2017 por Pietro, o Koradize, e desde 2019, integram juntos o codinome. Nesse período, passaram por palcos como o da PistinhaMeuAmor no Anzuclub, Caos, Club 88, Cafe de La Musique e XXXPERIENCE.

O sucesso está batendo na casa da dupla, que já movimenta um grande público no interior paulista com seu groove cativante e chamou a atenção de Felippe Senne, que os convidou para assinarem uma track pela aclamada HUB Records. Quinto lançamento oficial do Koradize — e apenas o segundo em sua nova formação —, “Baile da Roosevelt” chegou hoje às plataformas digitais, com cheiro de hit de Carnaval.

Inspirada em nomes como Chris Lake, PAWSA e Michael Bibi (os dois últimos, por sinal, tocam nesta noite em São Paulo), “Baile da Roosevelt” vem para mostrar a força do duo, que construiu a track com um groove carregado de elementos do funk brasileiro, não só na percussão, mas também no divertido vocal, o que já é uma tendência no Brasil. A track foi testada e aprovada pelas pistas de tech house — um público que sabe que energia é vital.

A música leva esse nome em homenagem à Praça Roosevelt, no centro de São Paulo — vista que serviu de inspiração para os artistas. “Eu morava ali em frente, e tinha uma janelona em meu home estúdio, com vista para a praça. Foi lá que iniciamos a produção da faixa”, contou à reportagem Breno Loschi, que cursava Produção Musical na Anhembi Morumbi quando o processo de “Baile da Roosevelt” iniciou.

“Eu comecei a me envolver com a música bem cedo, desde criança eu já estava aprendendo a tocar violão e guitarra. Também formei algumas bandas de garagem. Meu pai e meu tio sempre me influenciaram com músicas de rock, MPB…”, seguiu Breno.

Irmão de Soldera, Pietro também carrega grandes influências musicais familiares. “Por ter sempre acompanhado meu irmão nas festas em que ele tocava, criei um amor enorme pela música eletrônica, pois comecei a perceber que aquilo me fazia bem. Logo então fiz cursos de produção”, declarou o DJ, que foi aprendiz de Mauricio Junior (Poligamyk), e desde muito cedo toca em afters e festas da região do interior paulista — o que ajudou para que o duo, com pouco tempo de projeto, já construísse uma boa fanbase.

Carregando a música nas veias, o Koradize teve dois lançamentos neste período de um ano como duo (“Back Here”, que você ouve no player acima, saiu pela Alphabeat Records em novembro). A próxima empreitada não deve demorar a chegar: um EP pela BlackBelt Department, de Soldera. Vamos ficar de olho!

CONFIRA TAMBÉM:

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS