Laidback Luke DJ Mag

O filipino Laidback Luke recentemente trocou uma ideia com fãs na plataforma Reddit, que conta com área de discussão. No bate-papo, ele falou sobre tudo um pouco, especialmente sobre as habilidades e comportamentos dos atuais DJs.

“Eu estou bastante decepcionado com o nível dos DJs de hoje, especialmente se pensarmos na quantidade enorme de dinheiro que recebemos como DJs. Você então não deveria ser um expert no que você faz?”, respondeu a uma pergunta de um fã.

Na visão de Luke, DJs precisam ser criativos, ousar sobre o palco, ler a pista de dança. “A experiência vai melhorar muito se formos além de nos impressionarmos apenas com um cara atrás da cabine gritando no microfone pra gente fazer barulho. As pessoas não sabem o quão isso é fácil! Obviamente eu poderia fazê-lo também. É mais difícil fazer mashups ao vivo, por exemplo, ou escolher a música certa no momento perfeito, ou ainda trabalhar com um terceiro CDJ”.

Em 2015, Luke fez críticas a Billboard envolvendo charts e ranking e destacou que artistas e músicas eram beneficiadas por meio da prática chamada “payola”. Na recente conversa com fãs, em uma resposta a um fã, que disse que sua música o ajudou no tratamento da depressão, ele discorreu: “Essas mensagens são ouro. Elas iluminam minha vida. Foda-se o Top 100 da DJ Mag, fodam-se os top 1 do Beatport. Essas pessoas, esses são os motivos pelos quais você deveria fazer música”.

Confira aqui a conversa na íntegra.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Conheça os headliners das próximas aberturas de Laroc e Ame Club

Nomes como Nicky Romero, Aly & Fila, Kölsch e Nastia serão atração entre abril e julho

Steve Aoki anuncia livro de memórias

Chamada “Blue: The Color of Noise”, a obra promete trazer os altos e baixos da trajetória do DJ

Get Physical solta 6 faixas que estarão na nova “Cocada”

Os releases são uma antecipação da coletânea completa, que sai em breve

D-Nox escolhe o brasileiro ZAC para começar novo projeto

Sob o nome “Passion!”, os produtores formam duo, gravadora e label party

Uma festa no céu: como foi a Cercle no Pão de Açúcar

Com Artbat, Luciano Scheffer e Paulo Foltz, a plataforma francesa encantou os brasileiros em tarde no Rio

Tijuca New Experience se consagra como grande festival de música eletrônica

Vintage Culture, KVSH, Santti, Chemical Surf, Victor Lou e Salla se apresentaram na 3ª edição do evento

Depois de morte de vocalista, The Prodigy cancela todos os seus shows

Keith Flint foi encontrado morto nessa segunda-feira

Imprensa belga diz que Tomorrowland Winter tem contrato de 5 anos

A organização estaria cogitando uma mudança em relação às datas para o futuro

Jeffrey Sutorius lança selo e 1ª música pós-Dash Berlin

Artista explica as motivações por trás da BODYWRMR

Vokker, HAAS, Tayla Maturo – Sunrise

Hoje, pela Phouse Tracks, lançamos “Sunrise”, uma collab melódica e com forte…