Top 10 da semana: do projeto underground de Calvin Harris a Meduza e Salvatore Ganacci

A coluna de lançamentos da última semana está o "crème de la crème"

* Edição e revisão: Flávio Lerner

Aqui estamos em mais um top 10 da semana, destacando alguns dos principais lançamentos da cena eletrônica. Nesta semana, temos apenas um lançamento brazuca na lista — até porque, vários dos outros você já conferiu aqui na Phouse

Rolou muita coisa boa, começando pelos primeiros EPs do projeto paralelo underground/old school do Calvin Harris; estreia do Meduza na Defected; David Guetta e John Legend juntos novamente em uma collab diferentona; o super falado Mathame fazendo bonito com um EP pela Afterlife; Oliver Heldens em uma pegada anos 70; Armin trazendo uma track cheia de emoções em pleno Valentine’s Day; o jovem produtor brasileiro Ortus com um EP de techno de altíssima qualidade; o lendário Pete Tha Zouk  de volta com um tech house vibrante; KSHMR voltando às origens; e por fim o sueco Salvatore Ganacci com um EP versátil e curioso.

Espero que gostem, e até a próxima semana!

Calvin Harris – Love Regenerador I & II (EPs)

Quatro semanas depois de soltar as duas primeiras músicas como Love Regenerator, Calvin Harris lançou em pleno dia dos namorados gringo os dois primeiros EPs do novo projeto paralelo: Love Regenerator I e Love Regenerator II, ambos com duas tracks, e cada uma delas dividida em duas versões.

A nova faceta de Harris é old school, underground, com foco na acid house, no techno e em breaksClique aqui para saber mais sobre o Love Regenerator.

Armin van Buuren feat. Bonnie McKee – Lonely For You

Também especialmente para o dia de São Valentim, a lenda holandesa Armin van Buuren entregou uma faixa cheia de emoções: “Lonely for You”, produzida em colaboração com a poderosa do cantor pop Bonnie McKee.

A canção combina a sensibilidade do pop com ritmos inspirados no drum’n’bass. É um som vibrante que se encaixa perfeitamente com a mensagem de que os relacionamentos oscilam de tempos em tempos, transitando entre a escuridão e a luz. 

John Legend vs. David Guetta – Conversations in the Dark

Depois de “Listen”, em 2014, David Guetta e John Legend uniram forças pela segunda vez ao lançar “Conversations in the Dark”. A música é um convite a sonhar, que se deve principalmente à voz de John, mas também ao som calmo e pitoresco que Guetta nos apresenta desta vez. 

KSHMR, Hard Lights – Over and Out

Em seu segundo lançamento de 2020, KSHMR colaborou com o produtor americano Hard Lights, em trabalho que também conta com os vocais de Charlott Boss.

“Over and Out” tem como tema o espaço sideral, e apresenta um som bastante familiar ao que estamos acostumados com o KSHMR — diferentemente do seu primeiro lançamento do ano com o popstar chinês KUN, que trouxe algo totalmente novo.

Combinando melodias progressivas e elementos futuristas no bass com batidas da EDM, a track traz uma letra despreocupada e um drop no melhor estilo funky.

Oliver Heldens – Take A Chance

A alma clássica da disco music recebe um toque moderno em “Take a Chance”, de Oliver Heldens. A canção, que logo de cara começa com um kick forte e um sintetizador que capta nossa atenção, irradia a influência da disco e da house com a fluidez de alguns outros gêneros do eletrônico.

O destaque da música é definitivamente a fusão do vocal energético, que se apoia no estilo discoteca dos anos 70, com elementos do future house. É uma música bastante original e animada, que certamente ganhará festivais e pistas ao redor do mundo. 

Meduza feat. SHELLS – Born To Love

O Meduza faz sua estreia na Defected Records com o lançamento de “Born To Love”, uma faixa um pouco menos comercial comparada com outros singles do trio italiano — o que já era de se esperar vindo de uma label como a Defected, que traz, normalmente, um lado mais alternativo dos artistas em seus lançamentos.

Apesar disso, o lançamento deixa explícita a raiz musical do Meduza, com uma bassline forte e vocais muito originais, representados pelo londrino SHELLS, que aposta numa interpretação mais suave e melódica. 

Pete Tha Zouk & Mayze X Faria – La Rambla

Pete Tha Zouk se juntou com o duo português Mayze X Faria para o lançamento da aguardada “La Rambla”. A faixa é uma mistura interessante de tech house com uma bassline progressiva e um vocal icônico e divertido.

Um detalhe interessante é que mesmo no break a música não perde o ritmo. Ela se desenvolve do começo ao fim, e à medida que avança, novos elementos são adicionados. Desde a primeira até a última batida, “La Rambla” aposta em uma vibe alegre, vibrante, pra cima, e tudo isso junto é o que torna a faixa tão sólida — o que já era de se esperar de um produtor do calibre de Pete Tha Zouk

Mathame – For Every Forever (EP)

Mathame está de volta ao selo Afterlife com o EP de três faixas For Every Forever. O ano de 2019 foi incrível para a dupla italiana, que se firmou como um dos projetos mais comentados e procurados na cena techno.

Batidas melódicas, melodias agitadas e vocais originais fascinantes dão o tom da obra. A mistura perfeita de vibrações melodiosas e batidas do techno com elementos progressivos fazem da faixa-título um dos melhores registros do gênero nesse início de ano.

Há ainda uma versão “Dub Mix”, que permite apreciar de maneira integral o incrível estilo proposto por Mathame. Por último, com percussões mais limpas, batidas retas e uma melodia metálica, a faixa “Stairway 3000” completa o EP com uma pegada minimalista e uma atmosfera mais dark,  ideal para levantar qualquer pista de dança.

Ortus – Calmaria/Tumulto (EP)

Mais uma surpresa boa que chegou através de uma indicação por e-mail. Trata-se do EP Calmaria/Tumulto do DJ e produtor paulistano Ortus que, apesar da pouca idade, traz um som maduro, sério e com uma narrativa muito bem produzida.

Assinado pela Real Supernova Records, o disco traz duas faixas que apresentam linhas profundas e etéreas do techno melódico, inspiradas nas constelações e galáxias — características bastante presentes em lançamentos da Afterlife, mencionada acima.

A propósito, vale dar uma olhada no projeto Senses (que já foi falado aqui), no qual Ortus propõe uma série de vídeos em locações inusitadas, proporcionando experiências que conectam música, espaço e sensações. 

Salvatore Ganacci – Boycycle EP

Ao lado de artistas como Tommy Cash e o veterano francês Sébastien Tellier, o DJ e produtor sueco Salvatore Ganacci está finalmente de volta com um novo release — o primeiro após a inspiradíssima “Horse”, que veio com clipe bem doido em abril de 2019.

Lançado pela gravadora do Skrillex, OSWLA, o EP Boycyle apresenta três inéditas. A música-título continua com o tema de realismo fantástico proposto por Salvatore em “Horse”, e ganhou um videoclipe curioso sobre uma motocicleta humana (o “boycycle”) que está à procura do seu amor.

No geral, o EP traz um som fresco, distinto e de qualidade, que mostra a versatilidade de Salvatore ao lançar um EP com gêneros e até línguas diferentes. 

Lúcio Dorázio assina a coluna de lançamentos da Phouse.

VEJA OUTROS LANÇAMENTOS DA SEMANA:

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp