Leo Janeiro

cover_NFU094_1400px

Dois gigantes da house music brasileira juntam forças para a criação de duas músicas carregadas de personalidade e groove. A parceria de Leo Janeiro e Volkoder pretende ganhar o mundo com suas duas obras “Freaks” e “Make It”, que já receberam feedbacks positivos de artistas de renome inquestionável como Richie Hawtin, Marco Carola, Stacey Pullen e Jamie Jones.

O paulista Marcos Benedetti é conhecido por seu codinome que tem rodado as pistas de dança no mundo todo através de produções incríveis: Volkoder. No estúdio, contou com toda a experiência e estilo do DJ carioca Leo Janeiro para compilar samples, batidas e vocais com a intenção de criar duas obras perfeitas para o dance floor.

Com lançamento no dia 12 de agosto, “Make It” e “Freaks” prometem agitar o verão europeu e voltar com força total para chacoalhar as pistas no segundo semestre.

Ouça e adquira: http://bit.ly/makeitEP
Sobre Volkoder:

Com a idade de apenas 23 anos já produziu músicas para grandes gravadoras como Toolroom Records, Kittball Records, Suara, Material Series, Snatch! Records, entre outras. Sua track “Detroit” foi tocada por nomes como Jamie Jones, Lee Foss, Catz ‘N Dogz, Marco Carola, Nic Fanciulli, Tube & Berger, e foi considerada um hino nos festivais de 2013.

Ele começa o ano de 2014 muito bem, com um E.P. pela gravadora alemã Kittball Records e remixes para artistas como Guy Gerber, Kerry Chandler, Dennis Ferrer, Tiger Stripes, Him Self Her, Sidney Charles, Mihalis Safras.

Sobre Leo Janeiro:

Influenciado pela Black Music dos lendários bailes de Charme cariocas, Leo se apaixonou pela novidade que era a música eletrônica e no início dos anos 00 decidiu se dedicar integralmente a ela. Em pouco tempo o artista se tornou um dos grandes representantes do som das pistas no Rio, promovendo festas como a “Bootleg” no reduto underground carioca, o Fosfobox, e também se apresentando nos principais clubes e festivais da cidade. Mesclando talento com a experiência adquirida nas pick-ups, logo a carreira de Leo ultrapassou os limites da cidade que o criou, o que o fez expandir sua carreira para novas praias – onde mais encontrar um legítimo carioca?

Hoje, mantém residências de respeito como o clube Beehive (Passo Fundo), o Warung Beach Club (Itajaí), e o festival MOB, colocando definitivamente seu nome entre os principais DJs do Brasil. Seu retorno ao estúdio como produtor musical também tem apresentado trabalhos sólidos, e parcerias com nomes como Volkoder e o alemão Tapesh foram responsáveis por lançamentos com personalidade.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Liminal emplaca duas turnês com a nata do techno global na América Latina

Expoentes internacionais, DVS1 e Dax J têm percorrido o continente

Arthur Sobrer – Allier (Original Mix)

Hoje a Phouse Tracks lança “Allier”, uma música progressiva de oito minutos que, segundo…

XXXPERIENCE anuncia parceria com o Universo Paralello

Famoso palco do festival baiano, o UP Club será exportado para Itu

Tech house no ritmo do samba: ouça “Sapucaí”, novo EP de Gabriel Evoke

Release saiu nesta sexta-feira, assinado pela Proper House Music

Chilli MOB Cruise anuncia Vintage Culture e Chemical Surf

Ingressos começarão a ser comercializados em duas semanas

Solomun voltará ao Brasil em novembro

DJ não se apresenta no país desde o final de 2018

PREMIÈRE: Em nova fase, Selva lança “Amanhecer”

Pe Lu fala sobre o primeiro lançamento do duo pela Universal Music

Fancy Inc revela os bastidores de collab com Vintage Culture

“My Girl” venceu obstáculos para poder ser lançada pela gravadora de Tiësto, em conjunto com a Spinnin’

Space disco e indie dance: confira os dois novos singles da Alphabeat

Lipe Forbes e Yoshida lançam “Do It At The Disco”, enquanto WOAK e Rigon remixam a banda Tangerim

Confira as primeiras atrações confirmadas para o AMF Festival 2019

Quatro grandes DJs foram revelados neste momento