Mindbenderz
* Edição e revisão: Flávio Lerner

Instalar foguetes, preparar motores, verificar comunicação, iniciar sequência de lançamento. Cinco, quatro, três, dois, um… LIFT OFF!

Estreamos aqui a coluna LIFT OFF, que, escrita por Nazen Carneiro, traz um olhar sobre a indústria fonográfica psytrance nacional e internacional — estilo da música eletrônica que se manifesta como uma cultura vibrante e com muitos adeptos no Brasil.

De tempos em tempos a cena eletrônica se transforma e, como um organismo vivo, cresce e se reproduz. Um de seus pilares, o psy se reproduziu e está mais presente do que nunca, com “astronautas” consagrados mantendo-se relevantes, assim como novos “cosmonautas” surgem, evidenciando uma realidade produtiva e frutífera para a criação musical.

Com o crescimento do público, as festas também se multiplicaram Brasil adentro, e os produtores passaram a ter mais espaço para caírem no gosto do público da terrinha e de além-mar. Hoje, o psy mantém viva sua cena underground, enquanto estica seus tentáculos a outros nichos, influenciando — e sendo influenciado — até mesmo pela EDM.

Sem mais delongas, confira o primeiro texto abaixo, sobre o novo álbum do Mindbenderz.

 

Formado pelo alemão Matthias Sperlich e o suíço Philip Guillaume, o Mindbenderz traz, sem dúvida, um dos principais lançamentos do ano no cenário psytrance. Os veteranos, que são muito respeitados na cena eletrônica individualmente como Cubixx e Motion Drive, juntos ficam ainda mais fortes. É o que se vê no álbum Tribalism, lançado em 31/10, pela Iono Music.

O álbum conta com nove faixas que somam mais de 75 minutos. A primeira, “A New Dawn”, traz desde o primeiro minuto muita energia e reflexão num som que conduz o ouvinte a outra dimensão. A segunda faixa dá sentido a expressão “lineup” numa ascendente contínua, revelando uma verdadeira jornada ao desconhecido que segue até meados da faixa seis — “Hybrids” —, causando aquele frio na espinha. Nesse momento de percepção cósmica, uma pausa reconecta o corpo e mente à nossa tribo, e há de fato uma sensação híbrida de se estar em ambas as realidades ao mesmo tempo.

A essa altura, o álbum apresenta suas três últimas faixas no ápice de uma jornada espiritual, e nos encontramos num momento épico em que as características sonoras do psytrance alcançam sua maior amplitude, com uma ampla gama de efeitos numa base transcendental. É puro trance. A mente processa essas informações e a energia flui na forma de dança.

Voltamos para a Terra, mas a memória do que acaba de acontecer permanece. Tontura; excitação… O reator psicodélico agora transforma a energia através de instrumentos humanos. A última faixa dá nome ao álbum. “Tribalism” une percussões especiais, agogô, psy, Ayahuasca e vocais de xangô. Todos no mesmo pitch, como uma onda. Algo nos une, nos traz ao dancefloor, tornando-nos verdadeiramente uma tribo.

Tribalism revela uma composição muito bem realizada, fruto de meses de trabalho e muito detalhismo. Cada segundo do álbum revela a ação do Mindbenderz em promover um som extraordinário e comprometido com aquele pegada tribal, sem deixar de lado os elementos mais futuristas.

No momento do fechamento deste artigo, o álbum ocupava a primeira posição no Top 10 de psy do Beatport, o que mostra a força desse som mais ligado às raízes do estilo entre os DJs e produtores.

Nazen Carneiro é colaborador da Phouse.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Como viver de música eletrônica? Sócio da AIMEC responde em nova comunidade

Rafael Araujo fala sobre sua nova plataforma: a Music Business Brasil

Sindecs–SP fará homenagem a DJs mulheres na Câmara de SP

Sonia Abreu, a primeira DJ mulher do Brasil, e Rivkah, a profissional mais jovem do país, estarão entre as homenageadas

Ouça “Ra”, techno de Diogo Accioly com o alemão Ruede Hagelstein

Lançada pela Duat Records, colaboração promete ser a primeira de muitas

Novo álbum de Cosmic Tone mostra que o full on voltou com tudo

“Resources” foi lançado recentemente pela Iono Music

Alphabeat lança tech house e future bass com levada pop

Collabs entre BUDAL e Vile Gass e ChampZ, Magic Ink e Júlia Gomes são os sons desta sexta-feira

Ultra é o festival mais transformador desde o Woodstock, diz pesquisa

Estudo da Cloud Cover Music analisou as preferências de frequentadores de festivais de música

DJ de psy lança música com mensagem para as mulheres: “Libertem-se!”

Soul Shine aproveitou o Dia Internacional da Mulher para mandar a letra a todas as garotas

10 super dicas para um Carnaval com muita música eletrônica

Grandes astros nacionais e internacionais estarão espalhados pelo país

Plusnetwork traz nova edição do Circoloco ao Brasil

Festa volta ao país depois de cinco anos

Escute “Yesterday”, collab de Vintage Culture com Pimpo Gama

Via Spinnin’, faixa é o primeiro lançamento de Vintage em 2019