* Por Danilo Bencke
** Edição e revisão: Flávio Lerner

O DJ e produtor curitibano Léo Ribeiro, de apenas 20 anos de idade, vem cada vez mais se destacando pela cena com seu projeto LoudTech. Com lançamentos em renomadas labels e suporte de artistas importantes, está conquistando seu espaço e ganhando notoriedade.

Apesar do vasto currículo, começou a ser DJ apenas em 2014, quando procurou a AIMEC para dar o primeiro passo. Ele conta que já frequentava as festas de música eletrônica muito tempo atrás, quando ainda era menor de idade. Diz ainda que sempre admirou a figura do DJ e ficava imaginando como devia ser tocar suas próprias músicas para o grande público e ver a reação deles.

Com muita dedicação, seu talento começou a aflorar e as coisas começaram a acontecer rapidamente. Suas faixas têm sido muito bem recebidas pelo público, alcançando o Top 10 de várias gravadoras em que já lançou. Isso o tem levado a tocar em eventos cada vez maiores, ganhando cada vez mais reconhecimento e respeito na cena. LoudTech agora faz parte de uma das grandes agências de bookings, a 8BeatsAgency.

Com lançamentos importantes programados e sua agenda lotada, LoudTech é uma das jovens promessas brasileiras que devem bombar neste ano. Por isso, resolvi destacar os pontos mais importantes de sua carreira e mostrar por que você deve lembrar deste nome.

1 – Suportes

LoudTech
Foto: Divulgação

Com relativamente pouco tempo de produção, já ganhou suportes importantes que alavancaram sua carreira. Entre eles, estão artistas famosos como Richie Hawtin, MK, Joseph Capriati, Marco Carola,Oliver Heldens, Peter Graham, LouLou Players, ILLUSIONIZE, Sharam Jey, Volac, Shapeless, Breaking Beattz, Visage e Victor Lou.

“Muitos chegaram pelas gravadoras em que eu lancei ou por demos que mandei por e-mail. Eu enviava minhas músicas e recebia sempre um convite para fazer collab, isso realmente mostra que estou no caminho certo”, contou LoudTech à Phouse.

2 – Lançamentos de Peso

Tendo lançado por renomadas gravadoras como Elevation, LouLou Records, UP Club, OKNF, Green Valley e Bunny Tiger, LoudTech vem chamando muita atenção de produtores nacionais e internacionais.

Perguntei qual o lançamento que ele considera o mais importante, e por quê. “Acho que foi o EP com o Shapeless na Bunny Tiger, porque foi uma das tracks que mais está funcionando na pista. Recebo muitos vídeos da galera tocando ela e isso me deixa muito feliz”, respondeu.

3 – Top 100 no Beatport

O EP com Shapeless e Dunno ainda chegou a entrar no Top 100 do Beatport — “Kaleo” alcançou a 20ª posição, e “Party Don’t Stop”, a 45ª. Outro EP, Hook, pela gravadora Sleazy G, também pintou no chart, contando com suportes dos grandes nomes internacionais referidos acima.

Além disso, ele costuma ser figurinha carimbada no Top 10 das gravadoras por onde passa. Figura entre os Top 10 da Sleazy G, Top 5 na Fire Music Br e Top 1 na AIMEC Yin. Isso mostra sua grande capacidade como produtor musical, ao dividir espaço com os melhores e mais renomados produtores do mundo, além de mostrar que o público se identifica bastante com seu som.

4 – Convite para remixar LouLou Players

LouLou Players soltou um EP pela AIMEC Music, e o LoudTech foi convidado para fazer remixar uma das faixas, “Dubtrack”. O remix chegou a pegar Top 1 da gravadora no Beatport, vendendo inclusive mais que a original.

A faixa também teve um excelente retorno, com muitos plays no Spotify e no SoundCloud. Mais uma vez, o artista mostrou seu potencial e sua identidade, além de conseguir segurar a pressão que é remixar um artista super consagrado.

5 – Gig pela Elevation

Com tantos suportes de peso e lançamentos importantes, é natural aparecerem convites para tocar em eventos maiores, e foi justamente o que aconteceu. O top produtor ILLUSIONIZE o chamou para tocar em uma festa de sua label, a Elevation, no Park Art em Curitiba.

O evento deu sold out nos ingressos, e LoudTech tocou ao lado de grandes artistas como Victor Lou, Visage e Tough Art, além do próprio ILLUSIONIZE. Em um evento de grande porte, Léo Ribeiro mostrou que além de ser um grande produtor também é um excelente DJ.

Em suma, se você ainda não conhecia o LoudTech, vale ficar atento a este nome que muitos produtores nacionais e internacionais já conhecem muito bem. Seja com músicas bombásticas ou apresentações memoráveis, o artista já chegou com o pé na porta e ainda vai dar muito o que falar.

Danilo Bencke assina a coluna da AIMEC na Phouse.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

2º BRMC Diálogos será em Belo Horizonte; confira a programação

Evento vai rolar no dia 05 de junho, no Teatro Marília

De volta ao Brasil, Nick Curly passa por SP e Caxias do Sul

Artista toca no D-EDGE e no Warung Tour, em parceria de Colours e Levels

Confira as primeiras atrações confirmadas para o AMF Festival 2019

Quatro grandes DJs foram revelados neste momento

Alok e Quintino lançam collab pela Spinnin’ Records

“Party Never Ends” promete agitar o verão europeu

Remixes incríveis, pérolas brasileiras e vários estilos na nova seleção de singles da Phouse

Da EDM ao indie pop

Eduardo Bosi – Solar (Original Mix)

O lançamento de hoje da Phouse Tracks é o primeiro da carreira…

Perto do seu festival, Porter Robinson cria ONG para combater câncer na África

O Second Sky, que estreia neste final de semana, terá um espaço para promover a fundação

Flow & Zeo resgatam antiga gravadora em novo EP

“Speechless” marca o renascimento da label criada pelo duo, agora rebatizada como Tropical Beats Music

Saiba mais sobre o Soundscape, o “Cercle brasileiro”

Similar à plataforma francesa, o projeto mostra DJs tocando em lindas paisagens no Brasil

Solomun voltará ao Brasil em novembro

DJ não se apresenta no país desde o final de 2018