Notícia

Mais Soundcloud: brasileiros são acusados de causar tumulto na companhia

Muitas turbulências vêm atingindo o Soundcloud, e apesar de ser uma das principais plataformas para a descoberta de artistas e o engajamento entre público e gravadoras, as contas parecem não estar batendo há um bom tempo. O recente corte de 40% do staff aponta nesse sentido.

+ Fim do Soundcloud? Demitidos expõem cenário caótico, e empresa se defende

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
...

Além da matéria da TechCruch que conversou com funcionários dispensados e ainda atuantes, mostrando uma realidade preocupante com relação ao futuro da empresa, um ex-funcionário abriu um tópico no fórum Hacker News, do site Ycombinator, mostrando o seu lado da história. Segundo ele, sempre houve problemas internos por diferenças de opinião, que geravam brigas e um clima hostil para todos trabalharem.

+ Soundcloud faz grandes cortes em pessoal e fecha dois escritórios

Ainda em seu relato, ele relata a existência de uma “panelinha” de brasileiros, que praticavam um bullying generalizado, e os chamou de “incestuosos”. Nas respostas, alguns confirmam que muitos brasileiros que trabalhavam para a ThoughtWorks e foram contratados pelo Soundcloud agiam de maneira inadequada, sendo que isso foi crucial para atrapalhar as operações. Outros, como um funcionário do Chile, afirmam que colocar a culpa especificamente em brasileiros é muito errado, pois um conjunto de problemas vêm abalando a empresa, não apenas funcionários de certa nacionalidade.

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed