Hoje vamos bater um papo com  Matheus Veláz, ele que tem 25 anos, mora em Salvador/BA e  é  natural de Campinas/SP.
Matheus também é integrante do Press-On Live e vai falar um pouco sobre sua carreira e projetos futuros, vamos lá?

Luckas Wagg – Como foi o início de sua carreira?

Matheus Veláz – Primeiramente gostaria de agradecer o convite para o bate papo, parabenizar a iniciativa em lançar o portal, e desejar boa sorte para o futuro do projeto.

Pois bem, minha carreira se iniciou de uma forma bem natural, comecei a frequentar assiduamente diversas festas e clubs de Salvador em meados do ano de 2005, e aos poucos fui me aproximando dos promotores e djs locais,  passando assim a ter um contato mais próximo com a noite e com a musica, em pouco tempo, fui convidado a me tornar promoter de algumas festas, o que me levou a criar um interesse ainda maior pela musica, publico e djs que atuavam na noite. Em meados de 2007, apos muitas festinhas privates, atacando como dj, usando meu antigo nootbook, foi que decidi me profissionalizar, fui para São Paulo e me graduei no curso de discotecagem da DJ BAN. Voltando para Salvador comecei a organizar eventos com outros parceiros djs, e a partir dai os convites para coisas melhores começaram a aparecer naturalmente.

Luckas Wagg –  As dificuldades?

Matheus Veláz – As dificuldades sempre foram encontrar pessoas que acreditassem no meu trabalho, que me dessem oportunidades, existem muitos djs que são bons, tem talento, mas acabam não tendo chances de mostrar o que sabem, isso acontece ate hoje, ainda mais que nossa cidade enfrenta uma carência grande de clubes noturnos e festas e musica eletrônica. Mas a formula para o sucesso sempre será a mesma: Esforço, trabalho e dedicação.

Luckas Wagg – As facilidades?

Matheus Veláz –  Sem sombra de duvidas, a maior facilidade que tive nessa jornada de quase 7 anos, foi o apoio da minha família, com certeza o apoio de meus pais, irmãos e amigos foi o que sempre me fez andar para frente.

Luckas Wagg –  Você sempre tocou Deep House? o que levou você ao estilo?

Matheus Veláz – O deep house é uma coisa relativamente nova na minha vida, em 2010 eu comecei a viajar muito para o sul do pais, em especial Florianopolis em Santa catarina e mais em especial ainda para frequentar um clube chamado “Warung Beach Club”, que é referencia nacional para esse estilo musical a alguns anos, e por lá tive a oportunidade de presenciar sets memoráveis de lendas mundiais do deep, como Solomun, Lee Foss, Kolombo, Jamie Jones, Art Deparment, Seth Troxler, Danny Daze, Nick Warren, entre muitos outros. Então sem sombra de duvidas, posso afirmar que além do meu gosto natural e sensibilidade para o deep house, as minhas idas para o Warung e Balneário Camboriú foram determinantes para que hoje essa seja a minha especialidade e gênero favorito.

Luckas Wagg –  Quais foram suas influências no inicio? e as de hoje?

Matheus Veláz – Eu divido minha carreira em duas fases.
Na primeira fase, minhas influencias foram nomes como David Guetta, Steve Angello, Kaskade, Olivier Giacomotto, John Acquavica, Axwell, Vandalism, Ingrosso, Sebastian Leger, Daniel Portman, Dinka, Gui Boratoo entre outros.

E na minha segunda e atual fase, sem sombra de duvidas a minha maior influencia são dois nomes: Lee Foss e Jamie Jones, que são as cabeças pensantes do selo Hot Creations, hoje #1 em deep house/, também sou fã assumido de Kolombo, Karmon, Dubfire, Seth Troxler, Solomun. E claro que não posso deixar de citar brasileiros que estão estourados no deep no brasil e la fora, exemplos de: Fabo que teve a musica mais executada do ano ao lado de Karmon, o projeto HNQO, Digitaria que esta na Europa produzindo com o pessoal da Hot Creations.

Luckas Wagg –  Como você elabora seu set e o que você ver como o seu principal diferencial que faz com que você venha sempre a estar destacando-se entre outros milhares de DJ’s?

Matheus Veláz – Sempre que eu crio um set, procuro manter a coerência entre as musicas,    criar uma historia que tenha inicio, meio e fim, e para me destacar sempre procuro versões diferenciadas que ninguém toque e que surpreenda o publico. Gosto muito também de no meio do set, soltar AQUELE clássico que a muito tempo ninguém ouvia, as pessoas adoram.

Luckas Wagg –  De todos os artistas que você já dividiu cabine, qual o que mais lhe chamou a atenção a ponto de ganhar sua admiração?

Matheus Veláz – Essa sem duvidas é a mais fácil de responder: GUI BORATTO, o cara é um gênio, iniciou a carreira fazendo trilha sonora para filmes brasileiros, como Cidade de Deus por exemplo, e ele foi o divisor de águas para que a musica eletrônica brasileira passasse a ter o reconhecimento que tem hoje fora do Brasil. E o set do cara é incrível, ele faz um verdadeiro LIVE show, considerado inclusive o melhor LIVE do brasil em diversas revistas importantes.

 Luckas Wagg – Tem algum lugar onde ainda não tocou mais ainda deseja muito tocar?

Matheus Veláz – Como sonhar não é proibido em lugar nenhum: WARUNG BEACH CLUB.

 Luckas Wagg – E de todos os lugares que já passou, qual que te deixou mais saudade?

Matheus Veláz – Reveillon Warung Tour Brasilia, virada de 2012/2013.

Luckas Wagg –   Hoje como todos sabem você é um dos integrantes de um dos LIVES que mais vem se destacando na cena eletrônica, que é o  “PRESS ON”, como foi seu encontro com Luca Buzanelli e o Felipe Monteiro? de onde surgiu a ideia, conte pra galera o que é o projeto e como surgiu:

Matheus Veláz – Eu e Felipe somos amigos a 10 anos, começamos a tocar juntos e em nossas gigs conhecemos Luca, que em pouco tempo, alem de parceiro profissional, se tornou amigo pessoal, e conversa vai, conversa vem, viajando pra cá e pra lá, vendo outros projetos diferentes mundo e brasil a fora, chegamos a conclusão de que o DJ estava muito banalizado, todo mundo era DJ e estava muito difícil crescer sendo apenas DJ. Com isso tivemos a ideia de criar um produto novo, diferente e que fosse realmente um show que divertisse as pessoas não só com a musica, mas com interatividade de diversas formas que fazemos em nossas apresentações, como distribuir bexigas, almofadas, bonés, bolas de ar, nitrogênio entre outras coisas….

Luckas Wagg –   O grupo já conta com produções propiás?

Matheus Veláz – Temos um pack de mash ups e remixes que convido a todos para conhecerem em nossos canais do soundcloud e youtube.
Destaque para a musica UNIVERSE, que tem o vocal de uma cantora canadense, que foi feito exclusivamente para essa musica, parceria do PRESS ON com Dj Roots.

https://soundcloud.com/presson
http://www.youtube.com/user/Pressonlive

Luckas Wagg – O que podemos esperar daqui pra frente? o que vem de “novo” do Matheus Velaz e do Press-on?

Matheus Veláz –  Garanto muitas novidades tanto do Matheus Velaz, quanto do Press on, mas ainda preciso manter a 7 chaves, posso adiantar que os próximos meses serão BEM agitados e que musica própria do press on com nossa parceira DJ Samhara de Uberlandia esta por vir.

Luckas Wagg –   O projeto já é agenciado? conte nos um pouco sobre a agência e deixe os contatos pra quem quiser contratar:

Matheus Veláz –Hoje o PRESS ON possui duas pessoas que cuidam da nossa carreira.
Bianca Prudente respeitada produtora baiana, que nos dá um suporte local maravilhoso.

Contato:

biaprudente@gmail.com

(71) 8852-3835

E fazemos parte do casting de djs da agencia TAPE do Rio de Janeiro, que vende diversos djs nacionais e internacional brasil afora, comandada pelo DJ Rodrigo Ardilha.

Link direto para contratação.

http://agenciatape.com.br/bookings/

Luckas Wagg –    Bacana! Gostaríamos de agradecer a você pela atenção e desejar toda a sorte e  muito mais sucesso em sua jornada e projetos, agora deixe seu recadinho pra nossos leitores e suas redes sociais pra quem quiser seguir:

Matheus Veláz –  Foi muito bacana esse bate papo com vocês, muito bom poder dividir um pouco da minha experiência e historia para os leitores e internautas, acho muito importante sites que divulgem a musica eletrônica a fundo como vocês estão fazendo, isso é importante para que a musica eletrônica continue crescendo cada vez mais. E para os futuros djs, nunca desistam, trabalho é  o caminho certo.

Para quem quiser conhecer um pouco mais do meu trabalho e do PRESS ON live, basta acessar as redes sociais:

Matheus velas:

https://www.facebook.com/matheus.velaz

https://soundcloud.com/matheusvelaz

 

PRESS ON:

https://www.facebook.com/pressonlive

https://soundcloud.com/PRESSON

http://www.youtube.com/user/Pressonlive

—————————–
Entrevista por: Luckas Wagg
https://www.facebook.com/luckaswagg

Curta a Ponto House no facebook:
https://www.facebook.com/pontohouse

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Primeiro single de Zedd em 2019 traz participação de Katy Perry

O humano Zedd e a robô Katy Perry vivem uma experiência científica no clipe de “365”

Promessa brasileira lança remix pela Hot Creations

Conheça o DJ Lukke, jovem produtor carioca estabelecido em Los Angeles

Steve Aoki revela collab com Alok

Informação foi divulgada pelo G1

Pôster na Croácia sugere Swedish House Mafia no Ultra Europe

A peça publicitária foi encontrada em Zagrebe

Confira mais 15 nomes anunciados para o Tomorrowland 2019

Do trance ao techno

1º EP de brasileiro traz um dos vocais mais conceituados do underground global

Lançado pela Primata Records, “Avalo”, do paulista Yola, traz a voz da sul-africana Toshi

Celebrando 10 anos, Colours anuncia Joris Voorn

Festa gaúcha vai comemorar uma década em abril

Gabriel Boni remixa Vitor Kley; escute

Remix saiu pela Midas Music, de Rick Bonadio

Ultra anuncia segunda fase do lineup de 2019

Festival vence imbróglio jurídico contra concorrente e está confirmado para Virginia Key

Swedish House Mafia anuncia gig em Ibiza

Anúncio foi feito nos stories do Instagram