Burning Man Acidente no Burning Man

Burning Man não chega a acordo com EUA para mudanças em 2020

Entenda o impasse entre a organização do festival e o governo dos Estados Unidos

Após receber uma declaração final de impacto ambiental do governo (o US Bureau of Land Management, ou BLM) no dia 14 de junho, a equipe do Burning Man leu, avaliou e posicionou algumas novidades sobre o acordo que deve definir medidas para o futuro do festival — a partir do ano que vem.

Em declaração feita através do blog oficial, os organizadores concordaram em manter o limite do público participante em 80 mil pessoas durante os próximos dez anos — anteriormente, eles haviam feito uma solicitação para aumentar esse número para cem mil. Porém, outras ações não agradaram nem um pouco a organização, e não foram aceitas.

Um dos pedidos feitos através do comunicado era o de haver revistas na entrada em “veículos, participantes, vendedores, contratados, funcionários e voluntários”, visando combater o possível uso de armas e drogas no festival, mas o Burning Man se mostrou totalmente relutante a isso. “Nós enviamos nossas sérias preocupações ao BLM sobre os reais impactos constitucionais, de direitos civis, ambientais, culturais e operacionais dessa proposta”, disseram.

LEIA TAMBÉM:

Outra parte da declaração também solicitava que houvesse dez milhas (cerca de 16 quilômetros) de barreiras físicas cercando todo o local — medida a que o festival também se opôs, garantindo que o perímetro iria continuar seguro como já estava sendo feito. O BLM também solicitava lixeiras por todo o local, mas segundo os organizadores do Man, isso iria contra sua filosofia de “não deixar rastros por onde passa”, um dos dez princípios que fundamentam o evento.

Assim, as negociações entre Burning Man e governo devem render novos capítulos. Os líderes do festival ressaltaram que apesar de algumas medidas ainda estarem em discussão, nenhuma delas entrará em vigor na edição deste ano — que acontece de 25 de agosto a 02 de setembro, no tradicional deserto de Black Rock.

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS