Nato Medrado

Aposta da Armada, Nato Medrado acompanha tour de Armin van Buuren

Conheça o trabalho do DJ paulista, único brasileiro a lançar álbum pela Armada Music e companhia de Armin van Buuren em duas gigs brasileiras

É comum observarmos alguns nomes que apareceram “do nada” no catálogo de uma gravadora com o poderio da Armada Music, por exemplo. Nesses casos, uma dúvida paira no ar: como esse artista chegou lá? No caso do paulista Nato Medrado, é inegável que sua carreira teve um impacto estrondoso após a parceria com o selo gerenciado pelo holandês Armin van Buuren. Mas, nem de longe, Nato é um nome novo na cena.

Há pelo menos uma década o DJ e produtor, que também é dono de um live poderoso, vive uma rotina de produção e experimentação intensa. Seu estilo musical sempre permeou entre o techno e o progressive house com traços bons do pop contemporâneo, que pode ser comparado à forma como artistas como James Blake, The xx e Chet Faker introduziram em suas músicas (não estamos aqui falando de semelhança sonora, ok?).

Apesar da longa experiência, Nato demorou para ganhar destaque no cenário nacional e internacional, e somente após o lançamento do álbum Without Name, pela Armada, ele pode gozar de maior visibilidade. “A gravadora foi um ponto de virada em minha carreira. Desde o momento em que recebi o e-mail de um dos A&R da casa, eu sabia que algo realmente importante estava para acontecer”, comenta Medrado, sobre a importância da label em sua caminhada.

Lançado no ano passado, Without Name posicionou o brasileiro de forma estratégica no cenário e, sem dúvida alguma, é um dos álbuns mais bem-sucedidos de um produtor eletrônico brasileiro nos últimos tempos. “É um trabalho intenso, profundo, e acima de tudo fiz o que realmente gostaria de fazer, sem a preocupação com rótulos ou marcas. Talvez isso explique o sucesso que o disco está fazendo”, acrescenta. Até aqui, são mais de 500 mil streamings no Spotify, destaque em diferentes playlists e suportes de nomes como Martin Garrix e claro, o próprio Armin — é curioso que, mesmo pertencendo ao dito universo underground, o artista vem chamando a atenção e recebendo apoio de peixes grandes do mainstream.

“She Says” foi lançada em dezembro, pela Austro Music

No Brasil, o release ganhou um vinil e foi lançado pela Austro Music, selo eletrônico da gigante Som Livre. O licenciamento em território nacional permitiu uma inserção ainda melhor das músicas por aqui, e durante o ano passado não foi raro ouvir as faixas de Nato em situações do cotidiano, como no trânsito, em restaurantes e outros lugares. “A Austro foi de fundamental importância nesse processo complexo que é o lançamento de um álbum, e ainda de quebra conseguimos lançar uma edição colecionável em vinil — uma parceria única e exclusiva no país.”

Na semana passada, lançou um EP de remixes, assinado por produtores de peso do cenário nacional e internacional. Leo Janeiro, Tinlicker, Mumbaata e Alex Justino foram alguns dos responsáveis por entregar excelentes produções, além de uma reinterpretação criada pelo próprio Nato. Em poucos dias, as faixas do EP já ganharam o suporte de artistas do calibre de Above & Beyond e Sander van Doorn. “O EP de remixes tem uma história interessante: eu costumo fazer versões exclusivas de meus sons para minha apresentação em formato live, e a ‘Arauto (Nato Medrado Alternative Version)’ veio tendo uma repercussão excelente nos meu sets. Foi quando surgiu a ideia de lançarmos alguns remixes de faixas do álbum”, continuou contando o brasileiro.

Todos essas conquistas tão especiais serão celebradas ao longo do feriado mais importante do calendário de festas brasileiro. Durante o Carnaval 2018, Nato Medrado estará em tour com o próprio Armin van Buuren. O brasileiro e o holandês dividem o lineup em duas gigs — no Sunflower Festival, dia 11, e no Laroc, dia 12 (no Brasil, Armin ainda toca no Camarote Salvador, também no dia 12, e no Rio Music Carnival). “Será a primeira vez que vou dividir a cabine com aquele que considero desde sempre um dos maiores artistas da história da música eletrônica”, completa o DJ, que ainda planeja um ano de novas realizações. “O que 2018 nos reserva, não é mesmo? Temos uma equipe fantástica, um planejamento bem solido e ações bem estruturadas. Será um ano de consolidação do meu trabalho, fortalecendo cada vez mais o alicerce da minha carreira. Pretendo lançar ao menos uma faixa ou EP por mês, então podemos esperar MUITA música!”

Após um trabalho de tamanha consistência nos últimos anos e a qualidade incontestável de tudo o que foi lançado, Medrado encontra-se em um momento de plena consciência frente a sua arte. “A ideia é espalhar cada vez a mensagem sonora da união, da paz, das melodias e do amor — afinal o que importa é a boa e velha música!”, conclui.

Alan Medeiros é colaborador eventual da Phouse.

LEIA TAMBÉM:

10 nomes do underground brasileiro para ficar de olho em 2018

Line fechado e expectativa alta: Sunflower Festival rola em fevereiro

Rio Music Carnival anuncia Alesso, Armin, Diplo e Dennis DJ como headliners

Experiência dentro e fora das pistas: Diogo Accioly fala sobre a carreira

Gui Boratto homenageia pioneiro do tango em show inusitado em Paris; assista!

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PHOUSE MUSIC
SPOTLIGHT