ref="">
Connect with us
Sevenn – Its Always You
Green Valley – Só Track Boa Leaderborder
Festa Acapulco – Leadborder

Entrevista

Aposta da Armada, Nato Medrado acompanha tour de Armin van Buuren

Alan Medeiros

Publicado há

Nato Medrado
Conheça o trabalho do DJ paulista, único brasileiro a lançar álbum pela Armada Music e companhia de Armin van Buuren em duas gigs brasileiras

É comum observarmos alguns nomes que apareceram “do nada” no catálogo de uma gravadora com o poderio da Armada Music, por exemplo. Nesses casos, uma dúvida paira no ar: como esse artista chegou lá? No caso do paulista Nato Medrado, é inegável que sua carreira teve um impacto estrondoso após a parceria com o selo gerenciado pelo holandês Armin van Buuren. Mas, nem de longe, Nato é um nome novo na cena.

Há pelo menos uma década o DJ e produtor, que também é dono de um live poderoso, vive uma rotina de produção e experimentação intensa. Seu estilo musical sempre permeou entre o techno e o progressive house com traços bons do pop contemporâneo, que pode ser comparado à forma como artistas como James Blake, The xx e Chet Faker introduziram em suas músicas (não estamos aqui falando de semelhança sonora, ok?).

Apesar da longa experiência, Nato demorou para ganhar destaque no cenário nacional e internacional, e somente após o lançamento do álbum Without Name, pela Armada, ele pode gozar de maior visibilidade. “A gravadora foi um ponto de virada em minha carreira. Desde o momento em que recebi o e-mail de um dos A&R da casa, eu sabia que algo realmente importante estava para acontecer”, comenta Medrado, sobre a importância da label em sua caminhada.

Lançado no ano passado, Without Name posicionou o brasileiro de forma estratégica no cenário e, sem dúvida alguma, é um dos álbuns mais bem-sucedidos de um produtor eletrônico brasileiro nos últimos tempos. “É um trabalho intenso, profundo, e acima de tudo fiz o que realmente gostaria de fazer, sem a preocupação com rótulos ou marcas. Talvez isso explique o sucesso que o disco está fazendo”, acrescenta. Até aqui, são mais de 500 mil streamings no Spotify, destaque em diferentes playlists e suportes de nomes como Martin Garrix e claro, o próprio Armin — é curioso que, mesmo pertencendo ao dito universo underground, o artista vem chamando a atenção e recebendo apoio de peixes grandes do mainstream.

“She Says” foi lançada em dezembro, pela Austro Music

No Brasil, o release ganhou um vinil e foi lançado pela Austro Music, selo eletrônico da gigante Som Livre. O licenciamento em território nacional permitiu uma inserção ainda melhor das músicas por aqui, e durante o ano passado não foi raro ouvir as faixas de Nato em situações do cotidiano, como no trânsito, em restaurantes e outros lugares. “A Austro foi de fundamental importância nesse processo complexo que é o lançamento de um álbum, e ainda de quebra conseguimos lançar uma edição colecionável em vinil — uma parceria única e exclusiva no país.”

Na semana passada, lançou um EP de remixes, assinado por produtores de peso do cenário nacional e internacional. Leo Janeiro, Tinlicker, Mumbaata e Alex Justino foram alguns dos responsáveis por entregar excelentes produções, além de uma reinterpretação criada pelo próprio Nato. Em poucos dias, as faixas do EP já ganharam o suporte de artistas do calibre de Above & Beyond e Sander van Doorn. “O EP de remixes tem uma história interessante: eu costumo fazer versões exclusivas de meus sons para minha apresentação em formato live, e a ‘Arauto (Nato Medrado Alternative Version)’ veio tendo uma repercussão excelente nos meu sets. Foi quando surgiu a ideia de lançarmos alguns remixes de faixas do álbum”, continuou contando o brasileiro.

Todos essas conquistas tão especiais serão celebradas ao longo do feriado mais importante do calendário de festas brasileiro. Durante o Carnaval 2018, Nato Medrado estará em tour com o próprio Armin van Buuren. O brasileiro e o holandês dividem o lineup em duas gigs — no Sunflower Festival, dia 11, e no Laroc, dia 12 (no Brasil, Armin ainda toca no Camarote Salvador, também no dia 12, e no Rio Music Carnival). “Será a primeira vez que vou dividir a cabine com aquele que considero desde sempre um dos maiores artistas da história da música eletrônica”, completa o DJ, que ainda planeja um ano de novas realizações. “O que 2018 nos reserva, não é mesmo? Temos uma equipe fantástica, um planejamento bem solido e ações bem estruturadas. Será um ano de consolidação do meu trabalho, fortalecendo cada vez mais o alicerce da minha carreira. Pretendo lançar ao menos uma faixa ou EP por mês, então podemos esperar MUITA música!”

Após um trabalho de tamanha consistência nos últimos anos e a qualidade incontestável de tudo o que foi lançado, Medrado encontra-se em um momento de plena consciência frente a sua arte. “A ideia é espalhar cada vez a mensagem sonora da união, da paz, das melodias e do amor — afinal o que importa é a boa e velha música!”, conclui.

Alan Medeiros é colaborador eventual da Phouse.

LEIA TAMBÉM:

10 nomes do underground brasileiro para ficar de olho em 2018

Line fechado e expectativa alta: Sunflower Festival rola em fevereiro

Rio Music Carnival anuncia Alesso, Armin, Diplo e Dennis DJ como headliners

Experiência dentro e fora das pistas: Diogo Accioly fala sobre a carreira

Gui Boratto homenageia pioneiro do tango em show inusitado em Paris; assista!

Deixe um comentário

Notícia

John Digweed anuncia coletânea para celebrar os 20 anos de seu selo

Phouse Staff

Publicado há

Transitions
Foto: Reprodução
Bedrock Records celebra 20 anos em alto estilo

John Digweed anunciou nesta quarta-feira (23) a pré-venda da Bedrock XX, coletânea comemorativa dos 20 anos de sua Bedrock Records.

Para a curadoria, o produtor montou uma verdadeira seleção de artistas. Nomes como Guy J, Josh Wink, Paco Osuna, Alan Fitzpatrick, Marc Romboy e Pig&Dan trabalharam em 21 faixas exclusivas, que irão compor a VA. O disco será lançado em 22 de junho.

+ Confira os depoimentos de John Digweed para série sobre os 20 anos do Ultra Music Festival

“Este é um projeto incrivelmente especial para nós. Os artistas no álbum consistem em alguns dos pesos pesados mais talentosos da cena house/techno, e eu estou certo de que vocês ficarão impressionados com a qualidade das tracks. Espero que curtam, e obrigado pelos 20 anos de grandes festas e música na Bedrock”, declarou Digweed em release de imprensa.

Há ainda uma série limitada de box sets de vinil e CD, com design pomposo criado pelo artista britânico Malone Design. É possível conferir o material e realizar a compra através do site oficial.

Confira a tracklist:

CD1 (Mixed By John Digweed)
1. Eagles & Butterflies Vs John Digweed & Nick Muir – Crazy Diamond Reprise
2. Yunus Guvenen – K’Aisha
3. Guy J – End Of Lost Cause
4. John Digweed & Nick Muir – Organia
5. Quivver – On & On
6. Robert Babicz – Dream Machine
7. Josh Wink – BPM
8. Martin Eyerer – El Circulo
9. Fairmont – Malinalli
10. Musumeci – WSSOF
11. Monkey Safari – Xelerator

CD2 (Mixed By John Digweed)
1. Marc Romboy – Laika
2. Hannes Bieger – Mauna Loa
3. Ruede Hagelstein – Chromapark
4. Paco Osuna – Your Lights
5. Sam Paganini Ft. Zøe – Endless
6. Lee Van Dowski – Ironclad
7. Pig&Dan – Pick Me Up
8. Oliver Lieb – Osyris
9. Alan Fitzpatrick – Vibes
10. Ian O’Donovan – Whiteout

+ Dance Paradise transmite edição histórica de um dos maiores podcasts da cena eletrônica global

Continue Lendo

Notícia

Projeto de house music de Diplo e Mark Ronson lança sua primeira música

Phouse Staff

Publicado há

Foto: Reprodução
Silk City aposta nas raízes da house music

Nós já cansamos de dizer por aqui que o Diplo é imparável, e parece que a cada dia ele justifica ainda mais o adjetivo. Depois de começar com todo o gás o LSD — grupo com Sia e Labrinth — e lançar música nova praticamente a cada duas semanas, o produtor acaba de debutar mais um de seus trocentos projetos paralelos: o Silk City, com o também DJ e produtor Mark Ronson.

Com vocal do australiano Daniel Merriweather, “Only Can Get Better” parece uma celebração às origens da house music, com uma estética que remete ao estilo clássico do gênero. Esta deve ser a toada do projeto da dupla, já que, de acordo com o próprio Diplo, o Silk City é uma homenagem à vida noturna de grandes cidades que abraçaram a dance music desde os primórdios.

“O Silk City é uma homenagem a algumas das maiores cidades da dance music: Chicago, Londres, Paris, Detroit. O Mark Ronson e eu nos conhecemos como DJs há 20 anos, e nossos caminhos nos levaram a todos os lugares desde então. É ótimo podermos nos juntar novamente e fazer música”, escreveu o americano no Twitter ontem, quando anunciou o lançamento do single.

A criação do Silk City já havia sido revelada no comecinho de 2018, com o primeiro show marcado para o tradicional Governors Ball Music Festival, que rola agora entre 1º de junho e o dia 03, em Nova Iorque.

+ Com Diplo e Will Smith, hino oficial da Copa do Mundo sai nesta sexta-feira

Continue Lendo

Notícia

Com Diplo e Will Smith, hino oficial da Copa do Mundo sai nesta sexta

Phouse Staff

Publicado há

Música Copa
Foto: Reprodução
Música conta ainda com os vocais de Nicky Jam e Era Istrefi

A música eletrônica está tomando de assalto os principais eventos do futebol mundial. Depois de Hardwell ser anunciado como headliner do festival da Champions League, Diplo lançará em breve o hino oficial desta Copa do Mundo, de acordo com a imprensa internacional.

Produzida pelo artista, a música deve sair nesta sexta-feira, 25, com participação de ninguém menos que Will Smith — o cantor americano de reggaeton Nicky Jam e a jovem cantora pop albanesa Era Istrefi também estarão presentes.

A informação foi revelada inicialmente pela revista VIBE, e posteriormente confirmada por outros veículos, como a Billboard — além do próprio Will Smith, que soltou ontem uma foto no Instagram ao lado de Nicky, com uma legenda que deixa bem clara a parceria.

Em 2014, o mundial brasileiro teve como músicas oficiais “Dar Um Jeito” — parceria entre Avicii, Santana, Wyclef Jean e Alexandre Pires —, “La La La”, de Shakira com Carlinhos Brown, e “We Are One”, de Pitbull com Jennifer Lopez e Claudia Leite.

LEIA TAMBÉM:

Hardwell é a grande atração do festival da Champions League

Diplo lança música para a trilha de “Deadpool 2”

Continue Lendo

Publicidade

Scorsi – Autograf 300×250
Green Valley So track Boa – 300×250
Acapulco 300×250

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse