Nic Fanciulli remixa clássico da banda Radiohead; ouça agora!

Lançada em 2000 através do álbum Kid A, “Everything in It’s Right Place” sem dúvidas é a música mais lembrada daquele disco  e uma das mais importantes na história da banda. O motivo vai além de sua composição inovadora, emocional e com letra marcante, essa faixa abre um álbum que é considerado uma das obras primas da banda, junto de “Ok Computer”.

Após o grande sucesso do disco anterior e incomodados com a super exposição da banda, Kid A trouxe uma proposta totalmente nova em termos de produção, deixando as guitarras de lado e indo ao limite da experimentação com influência de músicos como Autechre e Aphex Twin, também integrantes da consagrada Warp Records.

Porém, o que era pra ser algo para ouvidos detalhados, acabou se invertendo e o álbum caiu no gosto dos fãs, atingiu posições de destaque nas paradas mundiais, inclusive chegando a ser n 1° da US Billboard 200. Outro destaque foi ‘’How to Disappear Completely’’, considerada mais tarde pelo vocalista Thom Yorke a melhor composição do Radiohead. O disco foi premiado com um Grammy Award na categoria ‘’Best Alternative Music Álbum’’ do ano.

Tanto sucesso não poderia ficar longe dos olhos de outros artistas, principalmente da música eletrônica. Geralmente novos produtores adotam remixes e edições de clássicos como uma forma de chamar atenção da mídia e chegar ao público. Mas isso não fica restrito a novos produtores, os grandes DJ’s também adotam suas próprias versões de influências. Se você procurar por remixes de ‘’Everything…’’, vai encontrar dezenas de nomes desconhecidos, mas também encontrará maravilhosas versões de artistas como Josh Wink, e Andi Muller.

Vale lembrar que essas edições não autorizadas são somente para audição, o artista não é obrigado a disponibilizar o download, mas também não pode comercializa-la, nada mais justo.

Na versão de Nic, ele encontra um meio termo pensado magistralmente, deixando toda a emoção da versão original exposta, e ao mesmo tempo que tráz ritmo de pista no fundo, seu edit vem para ser um dos mais bem elaborados do clássico da também banda inglesa.

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed