A resposta brasileira ao ADE está encerrando seu sétimo ano com a primeira Edição América Latina, em São Paulo.

Como você já viu aqui na Phouse, amanhã teremos os primeiros movimentos de mais um Rio Music Conference paulistano — que, tal qual eventos como Rock in Rio, mantém a “cidade maravilhosa” no nome mesmo nas edições realizadas em outras capitais. Apesar de São Paulo já servir de sede pra eventos do RMC desde 2012 e da conferência já ter se consolidado como o maior encontro de música eletrônica da América do Sul, esta será a primeira Edição América Latina, e, como sempre, traz alguns dos principais nomes dos bastidores do mercado da música de pista pra debates e workshops.

Com um crescimento cada vez mais notável no Brasil e no mundo, a dance music se estabeleceu como um dos principais elementos da vida de MUITA gente, e consolidou-se num verdadeiro mercado estruturado pra trabalhar todas essas demandas. Assim, conferências voltadas a esse business como WMC, em Miami, e ADE, em Amsterdam, movimentam gente do mundo inteiro em verdadeiras overdoses de palestras-workshops-showcases-baladas. Desde 2009, porém, não é mais necessário ir tão longe: naquele ano surgiu o Rio Music Conference, que desde então só tem se expandido e agregado ao cenário nacional. Não à toa, seu fundador Claudio da Rocha Miranda Filho é o único brasileiro a fazer parte do quadro de conselheiros da AFEM [Association For Electronic Music], uma “ONG criada para representar os interesses das companhias e dos indivíduos que têm a música eletrônica de pista como negócio”.

Salientar a importância desse tipo de evento é chover no molhado: ter uma espinha dorsal que reúna os profissionais de determinado mercado para discuti-lo é tão fundamental que basicamente todas as áreas profissionais realizam encontros anuais desse tipo. Apesar de seu tom lúdico e artístico, não teria como ser diferente com a dance music, e a consolidação do RMC foi crucial para avançar muitas casas no desenvolvimento desse mercado no nosso País — contemplando não só DJs e produtores, mas também os empresários, agentes, bookers, promoters, jornalistas, hosts, curadores de lineups e demais profissionais que fazem toda essa roda girar.

Neste RMC São Paulo, teremos cerca de 30 painéis com temas como O Lado Business da Música, Mulheres na Música, ECAD e direitos autorais, Geração EDM, Crowdfunding, Streaming na Era Digital, Música na Rua, Festivais da América do Sul e Live Sets; mediadores/participantes do calibre de Claudia Assef, Eduardo Roberto e Carla Castelotti, do THUMP, Sandro Horta, da DJcom, Ban Schiavon, Bruna Calegari e João Anzolin, da Hot Content, Adrian Ribeiro, Andre Mota, Mateus B e Rafael Araújo, da AIMEC, Luckas Wagg, da Phouse [este não sei quem é], a equipe da famosa Insomniac, além de diversos DJs/produtores como Marky, Renato Ratier [que também é fundador do D-EDGE], Zopelar, L_cio, Ingrid, Carlos Capslock, Glaucia ++, Andre Salata, Gabe, Wehbba, Victor Ruiz e Vintage Culture. Ufa! Só por esses nomes já dá pra sacar que se trata de um evento imperdível pra quem quer se manter atualizado sobre essa nossa cena.

O lance começa amanhã, com uma confraternização geral, e os painéis e workshops se dão entre terça e sábado. Paralelamente, rola a Club Week, uma programação de diversas festas em casas noturnas parceiras do RMC, e ainda a parceria com o EDC, na qual todos os inscritos na conferência ganham 50% de desconto pra edição brazuca do festival. Você pode conferir a programação completa aqui.

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Expoente do tech house, Dakar mira nova sonoridade

Enquanto muitos começam a se aventurar no estilo, o paulistano vislumbra “algo mais acessível ao público brasileiro”

Dub Clap é o 1º brasileiro a lançar por selo de Jamie Jones e Lee Foss

Novo projeto de Londrina participa de faixa no novo EP do inglês Jaden Thompson

Calvin Harris fecha nova residência em Ibiza para 2019

DJ tocará durante seis noites no Ushuaïa

Conheça RHR, DJ que conquistou o underground nacional com seu som freestyle

Depois de tocar em eventos como Dekmantel e DGTL, o artista é uma das atrações deste sábado no Caos

Tomorrowland terá edição especial no ADE

“OUR STORY – 15 Years of Tomorrowland” vai rolar nos dias 17 e 18 de outubro

Daft Punk fará parte de exposição sobre música eletrônica em Paris

Kraftwerk, Jean-Michel Jarre e Laurent Garnier também contribuirão com a mostra

Escute “Yesterday”, collab de Vintage Culture com Pimpo Gama

Via Spinnin’, faixa é o primeiro lançamento de Vintage em 2019

Jeffrey Sutorius lança selo e 1ª música pós-Dash Berlin

Artista explica as motivações por trás da BODYWRMR

Alphabeat lança tech house e future bass com levada pop

Collabs entre BUDAL e Vile Gass e ChampZ, Magic Ink e Júlia Gomes são os sons desta sexta-feira

Plusnetwork traz nova edição do Circoloco ao Brasil

Festa volta ao país depois de cinco anos