fbpx
DJ EDM

Os 10 nomes do mainstream nacional que você precisa ficar de olho em 2016

Não estamos falando de apostas, mas sim de realidades que estão em ascensão plena e estão ajudando a projetar ainda mais nossa música para o mundo.

Eles já não são mais revelações. O trabalho já é reconhecido Brasil afora e uma legião de fãs acompanham cada lançamento e cada show que eles fazem. Muitos deles já levaram o nome do Brasil pelo mundo e têm reconhecimento internacional. Alguns já são artistas consagrados de longa data, outros cravaram seu nome na cena nacional há pouco tempo. Em comum, muito talento e a certeza de que nos meses que ainda restam em 2016, esses 10 nomes estarão sempre entre os mais ouvidos quando se falar de dance music no Brasil.

Elekfantz

Um dos projetos mais bem sucedidos do Brasil, apadrinhado por ninguém menos que Gui Boratto, o Elekfantz tem chamado atenção pela originalidade. Entre os feitos recentes, emplacou a música “Diggin’ On You” na trilha sonora da novela global “A Regra do Jogo”. Esse ano, já realizaram um longo tour pela Europa e lançaram um remix contest de sua faixa mais popular; “She Knows”. O concurso terá como jurados ninguém menos que o lendário Pete Tong e o próprio Gui Boratto.

Liu

O grande fenômeno do brazilian bass, apadrinhado pelo Alok, sem dúvidas é um dos principais nomes que você deve ficar de olho neste ano. Com apenas 19 anos, o paulistano de origem chinesa recentemente explodiu a cena com sua música “Don’t Look Back”, em parceria com Vokker. Confirmado no Tomorrowland Brasil no palco do próprio Alok, Liu tem provocado a curiosidade dos fãs com pequenos previews de sua nova colaboração com o #44 do mundo. O talento singular e o flango bass devem ser suficientes para que Liu se torne um dos maiores nomes do país em pouco tempo.

FTampa

Um dos maiores orgulhos nacionais, FTampa promete um 2016 repleto de novidades. A Phouse obteve com exclusividade acesso a algumas prévias altamente secretas de novas faixas do produtor e tem a adiantar que muita coisa boa está por vir. Grande representante da EDM em um país cada vez mais dominado pelo low BPM, FTampa também brilha frequentemente em escala global. Em 2015, emplacou seu primeiro #1 no Beatport com a faixa Strike It Up, lançada pela Musical Freedom de Tiesto. Também lançou por outros selos gigantes como DOORN e Revealed. Este ano, já marcou presença mais uma vez na gravadora de Hardwell, com a track “Need You”, parceria com Sex Room.

Future Class

Já falamos bastante sobre estes garotos por aqui e vamos falar mais uma vez porque temos a certeza que essa é mais uma aposta que vale a pena você ficar de olho em 2016. Igor Dantas e Alan Decki, que juntos formam o Future Class, tiveram seu bootleg de “System Of A Down – B.Y.O.B” executado pelos maiores artistas do cenário nacional e se apresentaram nada mais nada menos do que no Lollapalooza Brasil.

https://www.youtube.com/watch?v=sphE48wMN2s

Illusionize

No low BPM brasileiro, poucos nomes vão chamar mais a sua atenção do que Illusionize. Natural de Goiânia, o DJ e produtor que teve crescimento explosivo em sua carreira vem com tudo para 2016, já sendo presença confirmada em grandes eventos ao redor do país, como o Tomorrowland Brasil. Autor da famosa faixa “Bass”, com Sharam Jey e Chemical Surf, também deixa os fãs ansiosos para saber qual a próxima bomba a sair de seu estúdio.

Jakko

A grande referência do progressive house nacional já impressiona há alguns anos por seu talento e enorme potencial. Ainda muito jovem, Jakko já tem diversas faixas lançadas por gravadoras como Armada Music, Ultra Records, Revealed Recordings e Protocol Recordings. No final do ano passado, venceu um remix contest organizado por Thomas Gold e Revealed Recordings, tendo a chance de se apresentar no TomorrowWorld, em Atlanta. No Tomorrowland Brasil, está confirmado no palco da Protocol e tem tudo para ser uma das grandes atrações.

Malik Mustache

Talvez muitos ainda não conheçam esse nome, mas com certeza já ouviram a sua música “Rock U”, grande sucesso de 2015/2016, em parceria com o jovem talento VINNE. Já tiveram suporte de diversos artistas mundiais como Kaskade e EDX e ao que tudo indica, você não passará mais um ano sem conhecer esse projeto.

https://www.youtube.com/watch?v=5PO5NHg95yM

Bruno Be

Um dos produtores mais surpreendentes do Deep House no Brasil nos últimos anos, Bruno Be já recebeu elogios de artistas consagrados como Kolombo, Jimpster e Phonique, sendo que por este último, foi escolhido como melhor produtor brasileiro da atualidade. Com certeza não é pouca coisa e Bruno deverá continuar provando que todo esse suporte tem justificativa.

Wav3motion

Iniciado em 2013, o projeto Wav3motion já se apresentou em vários lugares do Brasil e também no maior festival de Hardstyle do mundo, o Defqon1, na primeira edição que rolou no Chile em 2015. Leonardo, o nome por trás do projeto, recentemente assinou contrato com a gravadora Holandesa X-Bone, uma sublabel da mais relevante gravadora do gênero, a Scantraxx.

Vintage Culture

Lukas Ruiz, o Vintage Culture, já é sem dúvida um dos maiores artistas da dance music nacional. Em 2015, ele concretizou esse posto com apresentações e lançamentos que levaram seus fãs à loucura. Por mais consagrado que já esteja, Vintage Culture ainda tem muito a conquistar. Ele já começou a desbravar o mundo com diversos shows fora do país e por uma triste infelicidade não teve a honra de tocar no mainstage do Ultra Miami há pouco mais de um mês. Consolidado em seu país natal, ele agora se concentra em ganhar o mundo e a Phouse tem certeza que 2016 será o ano em que Vintage Culture será um nome ouvido nos quatro cantos do planeta.

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS