Por dentro do Electric Zoo: artistas para ficar de olho (Capítulo 1: Palco Tree House)

A medida em que se aproxima o tão aguardado Electric Zoo, o público já inicia a intensa preparação para o festival mais aguardado do ano até aqui. Faltando apenas 3 dias para o evento, a maior parte dos preparativos já está pronta: ingresso na mão, transporte, hotel, fantasia etc.  Com a expectativa crescendo e se tornando contagiante, todos começam a entrar no clima, cada um à sua maneira.  Nós da Phouse não somos diferentes.

Por isso, como um presente para você que já não aguenta esperar a sexta-feira, preparamos uma pequena seleção dos artistas que vão se apresentar no festival, para que você conheça um pouquinho melhor as feras que farão do seu Electric Zoo uma experiência inesquecível. A série será dividida em 3 capítulos, um para cada palco do festival, e cada capítulo trará 5 artistas que você precisa ficar de olho durante a festa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ...

Tree House: O talento brasileiro

Começamos a série hoje com o palco Tree House, que apresenta uma impressionante seleção de produtores nacionais. Variando de nomes consagrados a grandes astros da cena nacional, o palco conseguiu reunir o que de melhor está acontecendo em terra tupiniquins. Simplesmente um deleite para os amantes da música eletrônica nacional. Em meio a tanta gente boa, ficou difícil escolher cinco, mas estes caras são os nossos destaques:

Liu (19:00-20:00)

O prodígio do flango bass será um dos primeiros artistas a se apresentar no Tree House.  No topo da cena brasileira desde que explodiu com seu grande hit “Don’t Look Back”, o jovem produtor já é um dos mais bem sucedidos expoentes do brazilian bass apesar da pouca idade. Com vários lançamentos de sucesso nas costas e experiência nos maiores eventos nacionais, Liu promete um começo eletrizante para o palco brazuca do Electric Zoo.

Confira aqui o que podemos esperar do aguardado set de Liu:

Dazzo (21:00-22:00)

Considerado um dos produtores mais técnicos do Brasil, o paulista Dazzo também é uma das estrelas que ajudaram na explosão e consolidação do brazilian bass. Com um estilo que busca influências também no techno, Dazzo é músico por formação e se destaca por faixas sofisticadas e muito bem construídas. Para os fãs que já esperavam ansiosamente pelo set, a entrega promete ser ainda melhor do que a encomenda. Nesta quarta-feira, em sua página do Facebook, Dazzo chamou os fãs para o festival prometendo “boas surpresas” em sua apresentação.

Para quem quer um aperitivo do que ele pode estar aprontando, é só conferir o set dele no palco Brazilian Bass do último Tomorrowland Brasil:

Dubdogz (00:00-01:00)

Gêmeos, carismáticos e talentosos, os mineiros do Dubdogz estão tomando a cena nacional e internacional de assalto. Em menos de dois anos de existência, o projeto explodiu no Brasil e já rompeu fronteiras, reunindo diversas apresentações mundo afora. De fato, o Electric Zoo coroará um mês muito especial da dupla, que durante abril realizou uma série de shows na Austrália e na Indonésia. Com passagens por grandes palcos como Tomorrowland Brasil e XXXperience, eles tiveram a honra de ver sua faixa “Sunrise” ser escolhida como a música tema desta primeira edição do Electric Zoo Brasil.

Conheça um pouco de como é a apresentação dos caras, no set tocado por eles no Tomorrowland Brasil do ano passado:

Malik Mustache (01:00-02:30)

Assim que o set de Dubdogz acabar, começa a apresentação de outro duo que já há algum tempo tem dado o que falar na cena brasileira. Malik Mustache, dupla que é dona de hits como “Rock U”, conquistou o Brasil por sua originalidade e sonoridade ímpar, apresentando uma mistura própria entre hip hop e elementos da house music. As produções da dupla já contaram com suporte de grandes nomes da cena internacional, como EDX, Kaskade e Chuckie. Isto é mais ou menos o que você poderá esperar dos caras na sexta-feira:

Chemical Surf (02:30-04:00)

Uma das atrações surpresa a serem anunciadas após o restante do lineup, Chemical Surf tem feito por merecer essa distinção. Um dos projetos de maior sucesso no Brasil atualmente, a dupla tem vasta experiência nacional e internacional, já tendo se apresentado por todo o Brasil e também diversos países da Europa. Grandes eventos também não são novidade no currículo dos caras: EDC Brasil, Tomorrowland Brasil, Lollapalooza e Rock In Rio são alguns dos festivais que o Chemical Surf já traz na bagagem.

Coroados com a honra de encerrar o palco Tree House, Chemical Surf promete ser um dos grandes shows do Electric Zoo Brasil. O aquecimento vem na forma de um set fresquinho da dupla, dado aos fãs como um aquecimento para o Lollapalooza, há poucas semanas. Confira:

Deixe um comentário

No Comments Yet

Comments are closed